A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O céu sob a ótica da astronomia Terra e Universo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O céu sob a ótica da astronomia Terra e Universo."— Transcrição da apresentação:

1 O céu sob a ótica da astronomia Terra e Universo

2 Tema: Elementos astronômicos visíveis Ano: 6ª/7º ano Volume 1 Competências e Habilidades: - Ler, interpretar, observar; - articular como os fenômenos celestes ditam o ritmo da vida na Terra; - diferenciar elementos astronômicos de não astronômicos.

3 Narrativa da equipe de professores Após levantamento prévio com os alunos, sobre Astronomia, observamos a necessidade de trabalhar atividades sobre tal conteúdos que, visa auxiliar e colaborar na eliminação do analfabetismo científico auxiliando-os na formação de cidadãos engajados na globalização de atitudes positivas para o Planeta Terra, fazendo-os a entender a importância da Astronomia em nossas vidas.

4 Problematização: Vocês observaram o céu na noite de 08 de setembro de 2013? Fig.01 – No Sul do país deu para ver ocultação de Vênus pela Lua. Sequência de fotos feita em Bento Gonçalves, RS, pelo Prof. Paulo Rebeque.

5 Figura 01

6 1- Vênus acima da Lua; 2- Vênus descendo, a caminho do horizonte, mais rápido que a Lua; 3- Cadê Vênus? Entrou atrás da Lua, pela parte escura; 4- Mais tarde Vênus reaparece abaixo da parte clara do disco lunar. Isso nos faz pensar o quanto paramos para contemplar o céu noturno. Vocês têm esse hábito? Quais os elementos astronômicos visíveis que compõem o céu? Já brincaram de primeira estrela que vejo...? Acreditam mesmo nisso? Como os fenômenos celestes ditam o ritmo da vida a Terra?

7 Recurso didático para trabalhar : Sequência Didática Metodologia de Ensino Aula 01: Objetivos Específicos -Levantar os conhecimentos prévios dos alunos sobre os elementos astronômicos visíveis que compõe o céu. Conteúdos -Elementos astronômicos visíveis no céu

8 Dinâmica A atividade de sensibilização tem início solicitando aos alunos que respondam perguntas do tipo: O que vocês conhecem do céu? O que existe no céu? O que viram no céu? Em grupo de 4 alunos, deverão anotar as respostas e depois cada grupo faz um comentário oralmente do que escreveram, interfiro quando surgir comentários diferentes.

9 Aula 2: Objetivos Específicos Diagnosticar as representações dos alunos quanto ao céu diurno e no céu noturno. Analisar em conjunto com os alunos, as diferenças e semelhanças dos elementos presentes nos desenhos. Conteúdos Céu diurno e Céu noturno

10 Dinâmica Peço para os grupos desenharem numa cartolina ou folha, o céu diurno e noturno, e em seguida peço para os grupos apresentarem seus desenhos. Após apresentação dos grupos retomo os desenhos (que serão guardados para a exposição) e oralmente com a classe faço perguntas sobre o céu diurno e o noturno, por exemplo:O Sol está presente no céu durante o dia? Por que? Onde o Sol está á noite? A Lua está presente somente à noite? Por quê alguns desenharam a Lua durante o dia? Alguém reparou a fase em que a Lua pode ser vista durante o dia? As estrelas estão presentes no céu apenas durante à noite? Para onde vão ou onde estão as estrelas durante o dia? De acordo com as apresentações é possível verificar se o conceito dia e noite, foi incorporado, se o aluno já observou que é possível, ver a Lua durante o dia e que as estrelas, embora estejam no céu durante o dia, não podem ser vistas, pois o brilho da estrela que está mais próxima de nós, o Sol, ofusca o brilho das demais. Após as apresentações, os alunos fixam os cartazes em um o mural ao lado correspondente do céu diurno e noturno. Avalio a responsabilidade de realizar e participar da atividade (comprometimentos com os estudos).

11 Aula 3: Objetivos Específicos Finalizar a análise em conjunto com os alunos sobre as diferenças e semelhanças dos elementos presentes nos desenhos. Iniciar a manipulação do software Stellarium. Conteúdos Conhecendo e manipulando o software Stellarium,

12 Dinâmica Retomar as discussões da aula anterior, destacando as diferenças e aproximações entre o céu noturno e diurno, principalmente, sobre o que não conseguimos visualizar. Levar os alunos na sala de informática e apresentar o software Stellarium, para que cada um possa manipulá-lo. Comparando a visualização do céu diurno e noturno através do software. Retirando a atmosfera noturna, condição que possibilita a visualização de outros elementos do céu durante o dia.

13 Aula 4 Objetivos Específicos Conhecer e diferenciar os elementos que compõe o Sistema Solar, como: a Lua, outros satélites,os planetas inclusive a Terra, algumas estrelas, cinturão de asteróides e o Sol. Conteúdos Apresentando o Sistema Solar

14 Dinâmica Iniciar a aula com o vídeo: Sistema Solar em três Dimensões – Solar System In 3D, mostrando os diferentes elementos que compõem nosso Sistema Solar.. Após, o vídeo realizar com os alunos a leitura do Texto (5): Características de alguns elementos do Sistema Solar, onde vou lendo, faço algumas interrupções, fazendo perguntas sobre cada uma das características, de forma que os alunos possam associar o que viram nas imagens do vídeo com as informações do texto.

15 Aula 05: Objetivos Específicos Mobilizar a escola, para uma visita dos trabalhos realizados, que ficará exposto na Escola. Conteúdos Montagem da exposição dos cartazes confeccionados e das pesquisas.

16 Dinâmica Montagem da exposição dos cartazes confeccionados e das pesquisas. Avaliação da proposta juntamente com os alunos.

17 Avaliação Na aula 1: Avalio a responsabilidade de realizar e participar da atividade (comprometimentos com os estudos). Na aula 2: os cartazes serão avaliados na exposição. Nas aulas 3 e 4 : avalio a participação do grupo na apresentação, organização da confecção dos cartazes. Na aula 4: Avaliação - participação, responsabilidade, cooperação e respeito de se trabalhar em grupo e, justamente nesse envolvimento é que poderemos ver o empenho de cada um em pesquisar, entender e estudar o que aprenderam durante o 1º semestre.

18 Referências Bibliográficas CAPÍTULO 7 - KANT E LAPLACE: A FORMAÇÃO DO SISTEMA SOLAR. Disponível em Acesso em 21/06/2012. GLEISER, M. Inevitabilidade Humana. Será que nós somos uma conseqüência inevitável das leis da natureza? Ou não passamos de acidente? SÃO PAULO. Caderno do Professor– Ciências, Ensino Fundamental II - 6ª série/7ºano, volume 1. Secretaria do Estado da Educação. São Paulo, TEXTO 2: EvoluçãoEstelar. Disponível em:. Acesso em 07/09/2013. Software Stellarium. Disponível em: Acesso em: 07/09/2013.

19 Material utilizado Figura 01:O céu em 08 de setembro de Disponível em < Acesso em 08/09/ Vídeos: Crab Nebula. Disponível em:.Acesso em 05/09/2013. Formação estelar em nebulosas. Sua relação com supernovas e mostra a colisão de asteróides com planetas. Disponível em Acesso em 05/09/2013. Vídeo: Sistema Solar em três dimensões – Solar System In 30.Disponível em

20 No eixo temático Terra e Universo, encontramos um trecho que traduz alguns pontos importantes deste trabalho: Compreender o universo, projetando-se para além do horizonte terrestre para dimensões maiores de espaço e de tempo, pode nos dar novo significado aos limites do nosso planeta, de nossa existência no cosmos, a passo que, paradoxalmente, as várias transformações que aqui ocorrem e as relações entre os vários componentes do ambiente terrestre podem nos dar a dimensão da nossa enormresponsabilidade pela biosfera. (BRASIL,1998, p. 41).

21 Grupo 01: Adriana Aparecida Dias Aparecida Amélia Felício Rosermy Aparecida Bellotto Baratella Salete Aparecida Tafuri Ercolini Simone Aparecida da Rosa D.R.E.Bragança Paulista 2013


Carregar ppt "O céu sob a ótica da astronomia Terra e Universo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google