A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Sérgio Paulo Vianna Cintra Aula 4. Comércio Eletrônico (CE ou e-commerce) – Descreve o processo de compra, venda, transferência ou troca de produtos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Sérgio Paulo Vianna Cintra Aula 4. Comércio Eletrônico (CE ou e-commerce) – Descreve o processo de compra, venda, transferência ou troca de produtos,"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Sérgio Paulo Vianna Cintra Aula 4

2

3 Comércio Eletrônico (CE ou e-commerce) – Descreve o processo de compra, venda, transferência ou troca de produtos, serviços ou informações via rede de computadores, incluindo a Internet. E-Business: – Não apenas compra e venda, mas também o atendimento a clientes, colaboração com parceiros, e-learning e transações dentro de uma organização.

4 Dimensões: Produto, Processo e Agente de Entrega. – Comércio tradicional: Produto físico, processado pela loja física e entregue em mãos. – Comércio eletrônico puro: Produto virtual, processado por um sistema de vendas e entregue em suporte digital (ex. toque de celular).

5 Business-to-business (B2B): – Os vendedores e os compradores são empresas. Operam a maioria das transações e dos lucros do comércio eletrônico. Comércio colaborativo (c-commerce): – Empresas cooperam eletronicamente como parceiros empresariais ao longo da cadeia de fornecimento.

6 Business-to-Consumer (B2C): – Venda de empresas para consumidores finais. Apesar de não ser o mais lucrativo, atrai uma nova forma de mercado. Consumer-to-Consumer (C2C) – Venda ou troca de produtos entre consumidores finais (Ex. MercadoLivre).

7 Consumer-to-Business: – Reverte a lógica de venda trazendo o consumidor como orientação ativa do processo de negócio. O cliente anuncia uma demanda que a empresa tentará resolver. Comércio intraorganizacional (intrabusiness) – Uma organização usa o CE para melhorar suas operações de consumo.

8 Government-to-citizens (G2c ou e-Gov): – Entidades governamentais fornecem serviços aos cidadãos usando a lógica de comércio e atendimento eletrônico. Comércio móvel (m-commerce): – Quando o e-commerce é realizado em uma rede sem fio (celular).

9 Catálogos eletrônicos: – Catálogos já existem a muito tempo, no entanto o CE reformulou sua relação. Os clientes buscam informações sobre produtos e os comerciantes promover produtos. – Os catálogos eletrônicos com busca e indexação dinamizou o que se entendia como centro de informação para clientes, se tornando hoje a essência do e-commerce e uma ferramenta para empresas off-line.

10 Leilões eletrônicos (e-auctions) – A Internet fornece uma infra-estrutura eficiente para executar leilões com menor custo administrativo e com muito mais vendedores e compradores envolvidos. – Podem ser diretos (quando alguém oferta um produto em leilão, ex. MercadoLivre) ou reversos (quando um comprador coloca sua demanda para ser atendida por empresas, como e-Pregão).

11 Venda eletrônica – É a venda direta de produtos ou serviços por vitrines eletrônicas. Podem advir de catálogos ou leilões. – Funciona 24h por dia, 7 dias por semana, por todo ano. – Oferece itens exclusivos, normalmente com preços mais baixos. – Fornecem mais informações e extensão para os consumidores.

12 Homebanking – Operações bancárias através da Internet. Reduz o tempo de realizar certas transações e aumenta o controle sobre as contas. Pagamentos eletrônicos – Sistemas complementar ao de comércio que disponibiliza ferramentas seguras para pagamento e recebimento de moedas pelo mundo (ex. Paypal, MercadoPago).

13 Entender que a Internet faz parte do todo – Integrar com a estratégia de marketing. Participar da rede – Links com parceiros significam visitas potenciais. Compreender melhor o consumidor – Compreender exatamente a demanda do consumidor para saber exatamente qual produto ou serviço melhor irá lhe atender.

14 Lembrar do comércio cooperativo e fidelidade – A cooperação entre empresas pode ser um diferencial competitivo importante para o comércio eletrônico. A fidelização de clientes mantém o contato empresa-cliente. Use as comunidades – A participação de consumidores em fóruns, lista de discussão e chats podem aumentar o contato com a empresa, criando fidelidade.

15 Que produtos são melhores para vender on- line? – Produtos digitais, como softwares ou informações. – Produtos que necessitam de muita informações, como livros, músicas ou filmes. – Produtos que não precisam ser manipulados ou experimentados. – Produtos incomuns para uma área.

16 Crescimento e adequação do M-Marketing, e M-Commerce Utilização dos canais dos Smartphones para venda direta ao consumidor Utilização das informações cedidas pelos usuários de Smartphones para promoção das vendas Mailing Marketing

17 Funcionam como agentes de vendas de lojas, magazines, fabricantes e vendedores virtuais. Integram a facilidade do Marketing e da propaganda e são remunerados pela condução à venda. Ao ofertarem notícias e entretenimento, através de banners, ofertam produtos e serviços dos afiliados

18 Estudo de Caso Pensar sobre o Shopping UOL, como integrador de negócios e comércio, destacando suas modalidades e falando sobre elas.

19

20


Carregar ppt "Prof. Sérgio Paulo Vianna Cintra Aula 4. Comércio Eletrônico (CE ou e-commerce) – Descreve o processo de compra, venda, transferência ou troca de produtos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google