A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 05 Assunto: Terminologia básica e classificação dos custos. Classificação dos custos: Diretos, Indiretos, Fixos e Variáveis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 05 Assunto: Terminologia básica e classificação dos custos. Classificação dos custos: Diretos, Indiretos, Fixos e Variáveis."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 05 Assunto: Terminologia básica e classificação dos custos. Classificação dos custos: Diretos, Indiretos, Fixos e Variáveis.

2 Despesas... Despesas com Vendas: São gastos relacionados com as vendas dos produtos: Comissões de Vendas, Marketing Frete sobre vendas Publicidade e propaganda, etc. Despesas administrativas: São gastos necessários para administrar a empresa, para conduzir o negócio. Aluguel do escritório, Honorários dos diretores, Material de expediente, Assinatura de jornais, Salários do pessoal da administração.

3 Despesas... Despesas financeiras: São os gastos relacionados à remuneração dos capitais de terceiros. Empréstimos Financiamentos Juros passivos (pagos) Descontos concedidos Correção monetária Comissões bancárias (Talões, juros, taxas bancárias).

4 Custo Total x Custo Unitário Denomina-se Custo Total (CT) o somatório dos custos de todas as unidades transacionadas (produzidas, fornecidas, serviços prestados etc) dentro de determinado período de tempo Por outro lado, o custo de cada unidade produzida (ou fornecida) é denominado Custo Unitário (Cun) do produto ou serviço. Cun = CT/n n = número de unidades produzidas

5 Classificação dos Custos I) Apropriação aos Produtos Fabricados: a.Custos Diretos b.Custos Indiretos II) Níveis de produção: a.Custos Fixos b.Custos variáveis

6 Custos Diretos Custos Diretos são os custos suscetíveis de serem alocados facilmente aos bens ou serviços resultantes, ou seja, possuem parcelas definidas apropriadas a cada unidade ou lote produzidas. Exemplos: – Matérias-primas – Embalagens – Mão-de-obra direta

7 Custos Indiretos Custos Indiretos São aqueles custos que devido à dificuldade ou impossibilidade de mensuração NÃO são apropriados diretamente ao produto, mas SIM por meio de rateios e estimativas. Exemplos: – Aluguel da fábrica – Gastos com limpeza na fábrica – Salário do supervisor de produção – Mão-de-obra indireta Atenção: se a empresa produz apenas um produto, todos seus custos são diretos

8 Custos Fixos e Variáveis Outra classificação usual (e mais importante que todas as demais) é a que leva em consideração a relação entre o valor total de um custo e o volume de atividade numa unidade de tempo. Divide basicamente os Custos em: Fixos; Variáveis.

9 Custos Fixos São custos que são fixos independentes do volume produzido. Não importa se a fábrica produziu, por exemplo, 500 kg ou 10 kg o custo será o mesmo. O aluguel da fábrica em certo mês é de determinado valor, independentemente de aumentos ou diminuições naquele mês do volume elaborado de produtos. Exemplos: – Aluguel da fábrica- Seguro dos equipamentos – Depreciação- Aluguel de Equipamento – Salários dos Diretores- Energia do prédio comercial

10 Custos Fixos Observação importante: O custo fixo total é variável na unidade Exemplo: Mês1.: Aluguel de 100, a empresa produz 5 produtos, o custo do Aluguel para cada produto produzido é de 20. Mês2.: Aluguel continua Fixo de 100 porém, a empresa produziu mais 5 novos produtos, ou seja, total de 10 produtos produzidos. O Custo Fixo Unitário (CFu) do Aluguel para cada produto passa a ser de 10, logo o Custo Fixo unitário (CFu) é VARIÁVEL.

11 Custo Fixo Unitário Diminui conforme aumenta o volume de produção

12 Custos Variáveis São aqueles custos que se alteram em função do volume de produção da empresa. Ou seja, quanto mais produzir, maior será o custo variável. Exemplos: Matéria-prima aplicada/consumida Mão-de-obra direta Embalagens Hora Extra do pessoal da produção

13 Custos Variáveis Observação importante: O custo variável total é fixo unitariamente Exemplo: Mês1.: Consumo de Matéria Prima de 100g, a empresa fabrica 2 produtos, logo o Custo Variável de MP unitário (por produto )é de 50g. Mês2.: A empresa aumentou a sua produção para 3 produtos, devemos aumentar a compra da MP para 150g pois cada produto consome obrigatoriamente 50g, logo, o Custo Variável total é FIXO na UNIDADE (CVu) de cada produto (idênticos).

14 Custo Variável Unitário É constante, é fixo. Ex.: Suponha uma indústria de borracha cuja matéria-prima seja o látex e que tenha ocorrido uma primeira compra de 200 kg por R$3,00/Kg. Assim, seriam gastos então R$600,00 em látex. Em uma segunda compra de mais 100 kg pelo mesmo preço (R$3,00/Kg), totalizaria R$300,00. CVu = R$600 (1ª compra) + R$300 (2ª compra) = R$900 / 300kg = R$ 3,00

15 Comportamento dos Custos Fixos e Variáveis Em relação a Produção TotalEm relação as Unidades $ CF Q CV $ CVu CFu Q Os Custos Fixos, são Fixos com relação a Produção, mas quanto mais se produzir menor será sua influência no custo das unidades produzidas. Os Custos Variáveis, são Variáveis com relação às quantidades produzidas, mas nas unidades eles são Fixos. Unitário Total

16 CUSTOS FIXOS x VARIÁVEIS CUSTOS TOTAIS x UNITÁRIOS Produção Custos Fixos (CF) Custos Fixos Unitários (CFu) Custos Variáveis (CV) Custos Variáveis Unitários (CVu) AumentaInalteradoDiminuiAumentaInalterado DiminuiInalteradoAumentaDiminuiInalterado

17 Características Gerais É de grande importância notar que a classificação em Fixos e Variáveis leva em consideração a unidade de tempo. A divisão em Fixos e Variáveis também tem outra característica importante: considerando a relação entre período e volume de atividade, não se está comparando um período com outro.

18 Exercícios

19 1 – Faça a classificação dos custos dos itens abaixo: CF = Custos Fixos, CV = Custos Variáveis e D = Despesas. Exercícios Aluguel do prédio da fábrica Salário do vigia da fábrica Seguros da fábrica Matéria-prima Embalagem Energia da fábrica Manutenção das máquinas Horas extras Propaganda e marketing Salários da diretoria Salários dos Supervisores de produção Encargos de Depreciação Material de embalagens Salários da Administração Mão-de-obra direta Depreciação das máquinas Despesa de entrega

20 2 – Observe os dados abaixo, representativos de custos de uma empresa industrial (fábrica de calçados): Matéria-prima $ Encargos de Depreciação $ Material de embalagens $ Aluguéis da fábrica $ Gastos na Administração $ Mão-de-obra $ Energia elétrica (prédio) $ Encontre o valor do custo fixo, variável e total da empresa nesse período Exercícios

21 Exercício 3: A Cia. Heta apresentou os seguintes saldos em determinado período: Matéria-prima consumida: R$ 1.000; Mão-de-obra direta: R$ 500; Salário da administração: R$ 400; Manutenção da fábrica: R$ 80; Energia elétrica das máquinas da fábrica, medida globalmente: R$220,00 Aluguel do prédio administrativo: R$ 50; Depreciação da fábrica: R$ 100; Materiais indiretos: R$ 350; Seguros da fábrica: R$ 120; Salário do setor de faturamento: R$ 85; Mão-de-obra indireta: R$ 700. Calcular: Custos Diretos, Custos Indiretos de Fabricação (CIF) e o Custo de Produção (CP). Exercícios

22 1. O custo quanto à formação e quanto à apuração definido como "aquele que varia em função do volume de atividade da empresa no período" e "aquele que não pode ser apropriado diretamente em cada tipo diferente de bem que está sendo produzido no momento da sua ocorrência" é um custo classificado respectivamente como: ( ) a. fixo e indireto; ( ) b. variável e indireto; ( ) c. variável e direto; ( ) d. direto e fixo; 2. Os custos que não variam em função do volume de atividade da empresa são: ( ) a. fixo total e variável total; ( ) b. fixo total e variável unitário; ( ) c. fixo unitário e variável total; ( ) d. fixo unitário e variável unitário; ( ) e. fixo total e total (fixo total + variável total). Exercícios

23 3. O custo fixo unitário nos limites de capacidade máxima e dentro do período é: ( ) a. crescente com o acréscimo da quantidade produzida; ( ) b. decrescente com o acréscimo da quantidade produzida; ( ) c. decrescente com o decréscimo da quantidade produzida; ( ) d. constante para qualquer quantidade produzida; ( ) e. crescente para qualquer quantidade produzida. 4. O custo variável unitário nos limites da capacidade máxima e dentro do período é: ( ) a. crescente com o acréscimo da quantidade produzida; ( ) b. decrescente com o acréscimo da quantidade produzida; ( ) c. decrescente com o decréscimo da quantidade produzida; ( ) d. constante para qualquer quantidade produzida; ( ) e. crescente para qualquer quantidade produzida. 5. Dependendo do nível de produção em que a empresa está operando, acima de uma unidade, o custo variável unitário pode ser: ( ) a. maior que o custo fixo total; ( ) b. maior que o custo variável total; ( ) c. menor que o custo variável total; ( ) d. maior que o custo total (fixo + variável) ( ) e. todas as opções acima.

24 Nº ItemNome ItemValor 1Compra, à vista, de máquinas Transferência de matéria-prima do almoxarifado p/ a produção Apropriação e pagamento da conta de luz do setor financeiro150,00 4Apropriação e pagamento do aluguel da fábrica2.000,00 5Apropriação e pagamento de salários e encargos do pessoal da produção8.500,00 6Apropriação de salários e encargos sociais referente a pessoal de vendas1.800,00 7Compra, a prazo, de matéria-prima para ser estocada3.000,00 8Depreciação dos computadores da diretoria da empresa1.300,00 9Pagamento de fretes e carretos de produtos vendidos400,00 10Apropriação da energia elétrica consumida nas máquinas da fábrica3.000,00 11Apropriação dos salários e encargos dos supervisores da fábrica2.000,00 12Depreciação das máquinas da fábrica4.000,00 13Apropriação dos gastos com seguros da fábrica1.000,00 14Apropriação da energia elétrica consumida na iluminação geral da fábrica300,00 15Pagamento de comissões a vendedores1.500,00 Exercícios

25 Informar: Custos Fixos do período em reais. Custos Variáveis do período em reais. Exercícios


Carregar ppt "Aula 05 Assunto: Terminologia básica e classificação dos custos. Classificação dos custos: Diretos, Indiretos, Fixos e Variáveis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google