A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Carlos Roberto de Arruda Educação : Formação do homem em seu aspecto INTEGRAL (Desenvolvimento biopsicossocial); Utilização da Educação Física, como área.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Carlos Roberto de Arruda Educação : Formação do homem em seu aspecto INTEGRAL (Desenvolvimento biopsicossocial); Utilização da Educação Física, como área."— Transcrição da apresentação:

1 Carlos Roberto de Arruda Educação : Formação do homem em seu aspecto INTEGRAL (Desenvolvimento biopsicossocial); Utilização da Educação Física, como área do conhecimento para compreensão dos processos cognitivos; Atividades psicomotoras enquanto promotoras de aprendizagens de crianças normais ou protadoras de Necessidades Educativas Especiais (NEE); O Desenvolvimento Psicomotor

2

3 A psicomotricidade vem justamente destacar a relação existente entre a motricidade, a mente e a afetividade, e facilitar a abordagem GLOBAL da criança [...] (grifo nosso) (Arruda, 2005, p.25); A psicomotricidade vem justamente destacar a relação existente entre a motricidade, a mente e a afetividade, e facilitar a abordagem GLOBAL da criança [...] (grifo nosso) (Arruda, 2005, p.25); Motricidade ampla (Rolar, sentar, engatinhar, andar,correr, arremessar, passar, receber, rebater, quicar) ; Importância da dança Aspecto físico -(coordenação, desembaraço, harmonia,...); Aspecto intelectivo - ( atenção, memória, imaginação, reflexão...); Aspecto Social – Favorece as relações sociais; Aspecto cultural- Transmissão de idéias, costume social;

4 Motricidade Fina - Recorte, colagem, modelagem, desenho livre, desenho (direcionado), dobradura, dramatização etc; Noção de esquema corporal: Capacidade de movimentar o próprio corpo de maneira integrada. É adquirido à medida que o indivíduo vai tendo a representação de seu corpo, suas partes e da realidade espacial e temporal [...] (Arruda, 2005, p. 28); Lateralidade: Dominância homolateral (bilateral) da mão, pés, olhos e ouvidos. Preferencial na ação, vinculado a um hemisfério cerebral.

5 A Criança de 0 a 3 anos Segundo Wallon e Vygotsky, as interações sociais oportunizam as experiências que contribuem para aprendizagens atuais e futuras (alicerces nos aspectos intelectual e afetivo); Desenvolvimento da linguagem, motricidade ampla... A imitação é extremamente importante para compreensão de papéis sociais;

6 A criança de 3 a 6 anos Wallon considera importante observar a criança em seus diferentes campos de atuação ( que nessa faixa etária se amplia); A escola ( instituição) responsável por apresentar um campo interdependente bastante variado (intelectual, físico, motor) Importância das atividades livres, dirigidas, com regras etc.

7 A criança de 7 a 10 anos A criança nesta fase apresenta um expressivo aumento do acervo cultural e o pensamento lógico é mais evidente. A socialização neste período é maior ; Wygotsky aponta a importância do papel do professor, uma vez que cabe a ele a mediação entre os conteúdos curriculares e a criança.

8 Considerações Finais Os objetivos dos capítulos foram: Oportunizar a discussão sobre as necessidades da criança em adquirir um amplo de conhecimento capaz de proporcionar a esse indivíduo uma efetiva inserção social. Compreender a importância do conhecimento das diferentes necessidades da criança e de que forma a intervenção docente contribui positivamente nesse processo. Evitar a sub-estimulação ou a superestimulação, ambas prejudiciais a criança.

9

10

11


Carregar ppt "Carlos Roberto de Arruda Educação : Formação do homem em seu aspecto INTEGRAL (Desenvolvimento biopsicossocial); Utilização da Educação Física, como área."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google