A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Travar a expressão de uma emoção é tão difícil como evitar um espirro António Damásio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Travar a expressão de uma emoção é tão difícil como evitar um espirro António Damásio."— Transcrição da apresentação:

1 Travar a expressão de uma emoção é tão difícil como evitar um espirro António Damásio

2 Emoções Afectos Sentimentos Emoções Componentes da emoção Emoções primárias e secundárias António Damásio Universalidade

3 Introdução Este trabalho tem como objectivo o estudo das emoções, tema central em Psicologia. Estudar o comportamento humano é o objectivo maior da Psicologia e entender porque nos emocionamos e a maneira como a emoção influência o nosso comportamento, faz parte desse objectivo. Emoção é assim, numa definição mais geral, um impulso neural que move um organismo para a acção.

4 Emoções Qualquer ser humano tem emoções, que podem ser agradáveis ou desagradáveis ao longo da vida. Em certas situações surge no Homem uma sucessão de emoções (cadeia de reacções emotivas) – exemplo: medo, surpresa, culpa. Nem sempre o sujeito está preparado para dar respostas racionais às dadas situações que surgem ao longo da vida.

5 Emoções Presentes em todos os seres humanos (agradáveis ou desagradáveis) Sucessão de emoções (cadeia de reacções emotivas) – exemplo: medo, surpresa, culpa. Nem sempre o sujeito está preparado para dar respostas racionais às situações que surgem ao longo da vida.

6 Emoções Para originar emoções as situações têm que ser inéditas (segundo Fraisse e Piajet), isto é, têm que ser novas, insólitas e inesperadas. Quanto mais jovem for, mais se está susceptível a experimentar as emoções.

7 Afectos Está presente em qualquer ser humano Predisposições inatas existentes no íntimo das pessoas Plataforma interna de capacidades inatas Capacidade apreciativa da realidade Quando se concretizam, originam sentimentos e emoções.

8 Sentimentos Reacções afectivas ténues e relativamente duradouras Aquilo que interiormente vivemos Vividos na esfera privada de cada ser humano Derivam das emoções, que com o tempo vão perdendo intensidade Fenómeno ideo-afectivo

9 Emoções Reacções agradáveis ou desagradáveis Públicas e voltadas para o exterior Intensas e passageiras isto é, de curta duração Desencadeadas por um motivo específico, exterior à situação Assumem por vezes formas explosivas e desajustadas

10 António Damásio Neurocientista luso-americano Diferencia emoções e sentimentos, de um modo diferente Associa as emoções a alterações corporais Associa sentimentos à experiência consciente

11 Emoções primárias Têm que ser as mesmas em todas as pessoas das diferentes culturas (exemplo: alegria, tristeza) Têm que se manifestar desde muito cedo na vida do ser humano (exemplo: medo, cólera) Emoções Secundárias Segundo Robert Plutchik existem oito emoções básicas e, variando a sua intensidade, originam emoções secundárias Exemplo: timidez, apreensão, pânico, terror

12 António Damásio Primárias: As emoções são inatas Úteis para a sobrevivência do ser humano Secundárias: Dependem das aprendizagens anteriormente feitas Avaliação cognitiva dos conhecimentos

13 Componentes da emoção Reacções fisiológicas: São reacções corporais associadas a emoções (visíveis ou não). Sistema nervoso autónomo - Controla o funcionamento interno do organismo Simpático – actua em situações de emergência Parassimpático – actua em situações de acalmia Sistema nervoso central Sistema límbico (hipotálamo) – activa o sistema simpático Sistema activador reticular – alerta as várias áreas do córtex cerebral

14 Componentes da emoção Reacções expressivas: São reacções visíveis no rosto do Homem. Exemplo: sorrisos, lágrimas A expressão emocional tem como objectivo a comunicação da emoção a outras pessoas

15 Componentes da emoção Experiência consciente: Consiste em saber o que o ser humano sente interiormente quando vive as diversas emoções (quando está emocionado) intensidade duração As pessoas têm dificuldade em observar-se a si próprias, em descrever as suas emoções

16 Universalidade As emoções caracterizam-se pela sua generalidade, identificando-se de modo semelhante Identificamos uma emoção através da sua expressão facial das pessoas

17 Reflexões... Comentários...

18 Consegues Suprimir a ira, disfarçar a tristeza? António Damásio

19 Podemos conseguir evitar a expressão de uma emoção em parte, mas não totalmente António Damásio

20 Travar a expressão de uma emoção é tão difícil como evitar um espirro António Damásio

21 Porque é que pagamos tanto para ver actuar os bons actores, especialistas em controlar a expressão das suas emoções? António Damásio

22 As emoções são curiosas adaptações que fazem parte integrante do mecanismo através do qual os organismos regulam a sua sobrevivência António Damásio

23 Analisa as emoções e classifica-as.. Porquê.. ?

24 Figura 1

25 Figura 2

26 Figura 3

27 Figura 4

28 Figura 5

29 Figura 6

30 Figura 7

31 Figura 8


Carregar ppt "Travar a expressão de uma emoção é tão difícil como evitar um espirro António Damásio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google