A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Método Mãe Canguru Hospital Guilherme Álvaro Santos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Método Mãe Canguru Hospital Guilherme Álvaro Santos."— Transcrição da apresentação:

1 Método Mãe Canguru Hospital Guilherme Álvaro Santos

2 Hospital Guilherme Álvaro - HGA

3 Serviço Publico de referencia para Baixada Santista Capacitação para profissionais da área de saúde Centro de Referencia para capacitação em Amamentação pelo MS e UNICEF 1º Hospital Amigo da Criança no Estado de São Paulo e 2º no Brasil (1993) Prêmio Fernando Figueira MS – (2007) Pioneiro na implantação do método MÃE CANGURU desde 1991.

4 Método Mãe Canguru - HGA

5 EQUIPE INTERDISCIPLINAR O papel da equipe interdisciplinar na UTI-NEONATAL: Desenvolver uma boa interação com a família. Entender o grau de compreensão da família com as informações recebidas. Zelar pela prevenção dos vínculos afetivos e familiares. Garantir para o bebê um espaço mais saudável e capaz de colaborar com seu desenvolvimento. Proporcionar segurança à mãe para o aprendizado com os cuidados necessários ao recém-nascido.

6 Equipe Interdisciplinar – UTI-Neo

7

8 SERVIÇO SOCIAL No Método Mãe Canguru, concebendo o indivíduo, enquanto sujeito, contribuindo no desenvolvimento da sua cidadania e a conseqüente valorização como ser social, tem como objetivo:

9 Buscar a garantia da prestação do serviço, numa perspectiva da universalidade e integralidade. Fortalecer a família, pois é o canal de aprendizado dos afetos e das relações sociais. Identificar as necessidades dos usuários e as condições sociais em que está inserido. SERVIÇO SOCIAL

10 Identificar e apoiar a família nas situações de risco social. Informar os familiares sobre seus direitos e deveres. Interpretar para a equipe os aspectos relevantes no âmbito social.

11 SERVIÇO SOCIAL

12 PSICOLOGIA Identificar e orientar mães em dificuldades psicológicas que interfiram na realização da maternagem satisfatória. Acompanhar e assistir no 1º ano de vida mãe e bebê, para detectar precocemente sinais de perturbações na constituição psíquica do bebê.

13 PSICOLOGIA

14 TERAPIA OCUPACIONAL Junto ao bebê de risco: Facilitar o DNPM o mais precocemente possível visando à qualidade de vida.

15 TERAPIA OCUPACIONAL OBJETIVO ESPECÌFICO Avaliar Prevenir Detectar Orientar Tratar Possíveis distúrbios no DNPM

16 ATUAÇÃO - TO UTI neo Aloj. Conj. Amb. De Baixo Peso Amb. de neuro- ped. Amb. de TO para acompanhamento pós alta até completar 7anos de idade

17 TERAPIA OCUPACIONAL Intervenção diária até a alta para o Amb. de Baixo Peso (estimulação precoce) Estimulação do DNPM através da família a partir das orientações dadas pela T.O. Retornos obedecendo geralmente os retornos da pediatria. Em caso de ADNPM estimulação semanal no setor de T.O. até a normalização Apos alta do Amb. de Baixo Peso, acompanhamento somente da T.O. com reavaliações tri ou semestrais até 7anos –detectar déficit escolar

18 ATUAÇÃO FONOAUDIOLOGICA O objetivo da atuação com RN prematuro é prevenir os distúrbios da comunicação, ou seja, identificar e minimizar eventuais seqüelas da prematuridade, já que muitos apresentam alterações no processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem.

19 Atuação Fonoaudiológica A atuação fonoaudiológica, envolve vários aspectos relacionados á prevenção e tratamento dos distúrbios da comunicação. Os dois aspectos mais abordados são: Detecção precoce de alterações auditivas por meio de técnicas eletrofisiológicas (OEA) e comportamentais.Detecção precoce de alterações auditivas por meio de técnicas eletrofisiológicas (OEA) e comportamentais. Adequação da alimentação por via oral e acompanhamento da transição da alimentação do peito para alimentação salgada.Adequação da alimentação por via oral e acompanhamento da transição da alimentação do peito para alimentação salgada.

20 Atuação Fonoaudiológica

21 Orientar a mãe quanto á pega, posicionamento, extração manual do leite materno e armazenamento. Informar as vantagens e aspectos fonoaudiológicos da amamentação exclusiva

22 Atuação Fonoaudiológica O grande desafio é a manutenção do Aleitamento Materno Exclusivo!!

23 Método Mãe Canguru Após 17 anos de vivência com Método Mãe Canguru: Mudança no paradigma de assistência ao prematuro Presença da mãe durante período de internação do RN. Co-participação materna na recuperação de seu filho. Fortalecimento do vínculo e duração da amamentação. Promoção da autoconfiança materna.

24 Método Mãe Canguru – Alojamento

25 Experiência nova, sofrida mais vitoriosa. Boa experiência, muito aprendizado. Começo difícil, muita preocupação, amadurecimento, mais união com a família. Mesmo tendo plano de saúde, confiava na equipe. Aprendi muito com a assistência na internação e o acompanhamento no ambulatório. DEPOIMENTO

26 Complicado no início pelas dificuldades, a ansiedade, a culpa, mas recebi muito apoio, superei, adquiri confiança. Agradeço a Deus, ao hospital e a equipe por minha felicidade. Recebi muito apoio e ajuda. Notei a diferença no tratamento desse filho com o mais velho também prematuro, que tive em outro serviço. DEPOIMENTO

27 Durante a internação foi uma experiência difícil, preocupação, nervosismo; mas aprendi muito, com o apoio e a atenção recebida. Aprendi muito. Foi difícil no início, mas fiquei com tanta confiança no serviço, que não queria ter alta. Tive a prova que o Método Mãe Canguru é bom, porque quando fui para a casa, não fazia direito e, no retorno o bebê perdeu peso, mas quando fui reforçada para fazer, o bebê engordou e se desenvolveu. DEPOIMENTO

28 Foi um ano preocupante, mas proveitoso e de aprendizado. Ter um bebê prematuro foi horrível e difícil; mas, a equipe me tranqüilizou e me ajudou a superar as dificuldades DEPOIMENTO

29 Método Mãe Canguru

30 DEUS NOS CHAMOU PARA UM COMPROMETIMENTO MAIOR, NÃO PARA UMA RECOMPENSA ATRAENTE. PAUL DEBESSE


Carregar ppt "Método Mãe Canguru Hospital Guilherme Álvaro Santos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google