A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Centro de Ciências da Saúde Ano de início do Mestrado : 2004 Conceito na CAPES: 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Centro de Ciências da Saúde Ano de início do Mestrado : 2004 Conceito na CAPES: 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Centro de Ciências da Saúde Ano de início do Mestrado : 2004 Conceito na CAPES: 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMITÊ ASSESSOR DA PRPGP Coordenadora: Profa. Clarice Madalena Bueno Rolim Coordenadora Subst: Profa. Margareth Linde Athayde

2 Permitir a formação de recursos humanos na área de medicamentos incluindo a nanotecnologia e as plantas medicinais e na área de Análises Clínicas e Toxicológicas; Egressos selecionados nos primeiros lugares seleção de doutorado da UFRGS, UFSC, USP Produção tecnológica relevante, 5 patentes depositadas no INPI Crescimento anual do número de publicações científicas em periódicos indexados e de qualidade na área Aumento do número de projetos aprovados em órgãos de fomento no triênio (FINEP, CNPq, FAPERGS, SCT/RS, INCT_if, CT-INFRA). Interação com outros PPGs/instituições Apresentar fluxo regular de alunos e índice de evasão abaixo de 4% Todos os alunos orientam IC Na avaliação entre os pares (38 PPGs farmácia) os indicadores do Programa sinalizaram a alta possibilidade de subir de conceito e criação do doutorado para 2012 Apresentar tempo de titulação médio de 25 meses PONTOS FORTES DO PROGRAMA

3 Maioria pertencem a grupos de pesquisa ainda em consolidação Produção intelectual desequilibrada entre corpo docente permanente; Desequilíbrio na atuação docente de pesquisa, orientação e acadêmica Demanda de discentes abaixo do esperado Baixa disponibilidade de bolsas (49 alunos, 10 CAPES, 1 REUNI, 2 CNPq bolsa balcão) até julho de 2010 eram 5 CAPES) Recursos insuficientes Relação orientador/discente não compatível com a área na CAPES Laboratórios compartilhados entre aulas da graduação e pesquisa de pós-graduação Internacionalização é incipiente (o doutorado deverá estimular) Ausencia do doutorado impede a permanencia de mestres com alto potencial PONTOS FRACOS DO PROGRAMA

4 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Elaboração da APCN para doutorado (Alta) APCN finalizada em 30 de agosto 2010 Parecer desfavorável na IES Aprovação na CAPES 1 Estimular o pós- doutoramento dos docentes buscando novos intercâmbios nacionais e internacionais (Alta)Disponibilidade do professor em afastamento total (bolsas) Aprovação do projeto e obtenção de bolsas 1 Captar novos docentes para o núcleo permanente (Alta) Dentro da UFSM há professores com perfil adequado Disponibilidade de tempo do docente Critérios da área 2 METAS RELATIVAS AO EIXO 1 - PROPOSTA DO PROGRAMA

5 METASVIABILIDA DE AMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Esforço conjunto para aumentar o número de bolsistas de produtividade e o número de projetos com financiamento por órgãos de fomento (Alta) Dois novos bolsistas em 2010 DemandaReduzido número de bolsas na área 2 METAS RELATIVAS AO EIXO 1 - PROPOSTA DO PROGRAMA Promover a articulação com grupos de pesquisa nacionais e internacionais para estabelecimento de novos projetos em colaboração, incluindo PROCAD (Alta) Grupos com interesse Espaço físico; Restrição orçamentária Aprovação do projeto 3

6 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Proposta para Professor Visitante (media) Editais todos os anos Não aprovação na chamada interna Profissionais disponíveis 3 Promover Atividades inter e multidisciplinares de pesquisa e formação dos discentes (média) Existe, porém de forma frágil Informal e isolada Resistência a multidisciplina ridade 2 METAS RELATIVAS AO EIXO 1 - PROPOSTA DO PROGRAMA

7 METAS RELATIVAS AO EIXO 2 - CORPO DOCENTE PQ 13 3 col 14 3 col 15 5PQ 3 col

8 METAS (5 anos) VIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Incremento de 10% na produção intelectual qualificada com participação discente (Alta) O histórico Dedicação exclusiva; maturidade cientifica Numero reduzido de bolsas 2 Possuir pelo menos um docente a cada dois anos em pós- doutoramento (Alta) Mais de 50% dos professores aptos Disponibilidade do professor em afastamento total (bolsas ); Aprovação do projeto e obtenção de bolsas 2 Desenvolver estratégias para que nos próximos 3 anos 3 novos docentes possam ser permanentes (Alta) professores colaboradores do programa Produção compatível com os critérios da CAPES Critérios da área 3 METAS RELATIVAS AO EIXO 2 - CORPO DOCENTE

9 METAS RELATIVAS AO EIXO 3 ATIVIDADES DE PESQUISA * *projetos agrupados caracterizando a linha do professor Para que todos os projetos tenham o link com dissertações e produção qualificada

10 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Todo docente deve submeter, pelo menos, um projeto para financiamento por ano (Alta) Editais disponíveis na área Disponibilida de de tempo Aprovação por agências de fomento 4 Estabelecer a interdisciplinaridade nos projetos objetos de pesquisa (Alta) Consolidar os projetos de cooperação existentes Cultural; Histórico; (tradição) Grupos consolidados disponíveis 3 Todo projeto deve ter vinculação com as linhas de pesquisa (Alta) As linhas de pesquisa são amplas Cooperação entre grupos muito diferentes Dificuldade de vinculação ao coleta 4 METAS RELATIVAS AO EIXO 3 ATIVIDADES DE PESQUISA

11 Trabalhos completos * Número de docentes Docente/produção5,04,74,94,3 METAS RELATIVAS AO EIXO 4 - PRODUÇÃO INTELECTUAL 31 aceitos** * Dados atualizados em 08/09/2010 ** Dados retirados do Lattes, na mesma data.

12 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORID ADE (1-5) Ter um incremento de 20% no triênio na produção intelectual qualificada; Histórico da produção Dedicação exclusiva dos alunos; Sobrecarga administrativa dos docentes Periódicos de qualidade com escopo seletivo; Falta de periodicos A1 e A2 em algumas linhas 1 Atingir 60% da produção com a participação discente ou de egressos 2009 foi 58,7%Dedicação exclusiva dos alunos O NP fazer parte de outros PPGs 2 Atingir, no máximo, 20% dos docentes permanentes com produção inferior a 50% da média Atualmente há 20% nesta situação Laboratório mal equipado; Pesquisa não relevante para periódicos de qualidade Escassez de financiamento externo 1 METAS RELATIVAS AO EIXO 4 - PRODUÇÃO INTELECTUAL

13 Capacidade de formação MESTRADO Número de discentes matriculados em cada ano Número de titulados em cada ano METAS RELATIVAS AO EIXO 5- ATIVIDADES DE FORMAÇÃO

14 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNASPRIORID ADE (1-5) Aumentar o ingresso e titulação de mestres em 20% ao ano, com qualidade média Acúmulo de funções no NP, Espaço físico nos laboratórios; Verbas institucionais Financiamentos das agencias de fomento 1 No mínimo 80% do NP tenha 3 orientados. Tendo 3 titulados por ano médiaAcúmulo de funções no NP, Alto custo da pesquisa nas áreas Baixa qualificação da demanda; Recursos de Custeio 2 Que todos os professores PQ solicitem a cota CNPq de bolsas altaAcúmulo de funções no NP, Engessamento na prestação de contas; Novas vagas de docente permanente 1 METAS RELATIVAS AO EIXO 5-ATIVIDADES DE FORMAÇÃO

15 Total de egressos:82 Porcentual de egressos como professores universitários, IFETs ou pesquisadores em institutos de pesquisa ou semelhantes: 20% Porcentual de egressos que participam em Programas de PG (doutorado): 47% Demais destinos relevantes dos egressos Serviço publico: Outros:Industria farmaceutica, Ministerio agricultura, Exercito, Policia Federal (pericia) 23% 10% EIXO 6 – DESTINO DOS EGRESSOS

16 EIXO 7- ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO SATISFAÇÃO INTERNA Ampliação da estrutura física (laboratorios, sala de aula, sala para reuniões, sala para coordenação, biblioteca setorial) Sala para alunos com computadores, sala de convivencia Auxilio para congressos Sistema de aquisição de material de consumo e permanente Pagina do programa atualizada Disponibilidade de Bolsas

17 METASVIABILI DADE AMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORI DADE (1-5) Todos os professores permanentes submetam propostas de financiamento a pesquisa altaCurrículo compatível; Acúmulo de funções Critérios de avaliação dos editais; Editais muito específicos 2 Todos os professores participem de Projetos CT-Infra altaCurrículo compatível; Acúmulo de funções Critérios de avaliação 1 METAS RELATIVAS AO EIXO 8 - INFRA-ESTRUTURA Readequação do espaço do CCS após ocupação do novo prédio; alta 1

18 EIXO 8– INSERÇÃO SOCIAL Impacto social - Recursos humanos atuando em projetos sociais: Laboratório regional de saúde: diagnóstico de doenças fúngicas Associação de diabéticos de santa Maria- marcadores inflamatórios Ambulatórios municipais- atenção a saúde Gestante adolescente - Freqüência de anemia, deficiência de acido fólico e hipoteireoidismo Prefeitura municipal - Combate a equinococose cística (JICA) Assistência Farmacêutica na atenção básica em sáude: Proposta de inserção interdisciplinar e reorientação profissional da educação farmacêutica, médica e de enfermagem Impacto tecnológico e/ou econômico: Convênios com industrias farmacêuticas, Secretaria da Ciência e Tecnologia do RS

19 METASVIABILIDADEAMEAÇAS INTERNAS AMEAÇAS EXTERNAS PRIORIDADE (1-5) Gerar, pelo menos 10% da produção a partir de projetos com inserção na comunidade mediaPercepção da inovação do projeto Estabelecimento de parcerias 2 METAS RELATIVAS AO EIXO 9 - INSERÇÃO SOCIAL

20 CONSOLIDAÇÃO DOS 9 EIXOS 1- Elaboração da APCN para doutorado 2- Captar novos docentes para o núcleo permanente 3- Todo docente deve submeter, pelo menos, um projeto para financiamento por ano 4- Atingir, no máximo, 20% dos docentes permanentes com produção inferior a 50% da média Principais metas:

21 CONSOLIDAÇÃO DOS 9 EIXOS 5- Aumentar o ingresso e titulação de mestres em 20% ao ano 6- Todos os professores participem de Projetos CT-Infra 7- Gerar, pelo menos 10% da produção a partir de projetos com inserção na comunidade 8- Estimular o pós-doutoramento dos docentes buscando novos intercâmbios nacionais e internacionais


Carregar ppt "Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Centro de Ciências da Saúde Ano de início do Mestrado : 2004 Conceito na CAPES: 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google