A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SEBRAE Cenários de atuação do Sebrae PPA - 2013-2016 Junho/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SEBRAE Cenários de atuação do Sebrae PPA - 2013-2016 Junho/2012."— Transcrição da apresentação:

1 / SEBRAE Cenários de atuação do Sebrae PPA Junho/2012

2 / SEBRAE Cenário macroeconômico Junho

3 / SEBRAE Cenário Externo: PIB Incertezas em relação à crise na Zona do Euro e desaceleração do ritmo de crescimento da China restringem o crescimento da economia mundial.

4 / SEBRAE Cenário Externo: PIB Lenta recuperação do PIB dos Estados Unidos, em um cenário de dívida pública crescente. Fonte: FMI (relatório de abril/12)

5 / SEBRAE Cenário Externo: PIB A renda per capita do italiano, por exemplo, demoraria cerca de 15 anos para voltar aos níveis estaria no 4º trim. 2011, se não tivesse ocorrido a crise em 2008.

6 / SEBRAE Cenário Externo: perspectivas Recuperação lenta e gradual da economia dos EUA. Eventual agravamento da crise na Zona do Euro (não descartado) tende a prejudicar o fluxo financeiro internacional (escassez e encarecimento) assim como as transações comerciais globais. Desaceleração do ritmo de crescimento da economia chinesa tende a deprimir os preços das commodities, principalmente, minerais e metálicas. Com a retração dos mercados globais, há o risco de a China direcionar maior quantidade de seus produtos para países emergentes, como o Brasil, acirrando ainda mais a concorrência como os produtos nacionais, interna e externamente. Preços das commodities agrícolas devem permanecer em altos patamares, em face do crescimento (vegetativo) da população mundial.

7 / SEBRAE Cenário Externo: conclusão Economia mundial pouco contribuirá para o crescimento da economia brasileira, nos próximos anos.

8 / SEBRAE Cenário Interno Crescimento do PIB brasileiro no 1º trim/12 foi puxado pelo Consumo das Famílias, podendo-se destacar, pela ótica da produção, a recuperação da indústria.

9 / SEBRAE Cenário Interno Taxas de crescimento do PIB vêm decrescendo desde 2010, quando se compara um determinado trimestre com o mesmo trim. do ano anterior.

10 / SEBRAE Cenário Interno Indústria vem puxando o crescimento do PIB para baixo, pela ótica da oferta.

11 / SEBRAE Cenário Interno Produção industrial tem registrado queda no ritmo de crescimento, refletindo a perda de competitividade da indústria brasileira frente aos produtos importados.

12 / SEBRAE Cenário Interno Taxa de câmbio (RS/US$) se manteve valorizada, de jan/10 a mar/12, favorecendo as importações em detrimento das exportações. Mas, desde mar/12, vem se desvalorizando e já atinge o patamar de R$ 2,02 por dólar.

13 / SEBRAE Cenário Interno No curto prazo, processo de desindustrialização fica mais evidenciado que no longo prazo, pois mais setores foram impactados negativamente.

14 / SEBRAE Cenário Interno Pela ótica da demanda (PIB), percebe-se contribuição cada vez menor dos Investimentos. Importações cresceram de forma expressiva, ocupando espaço da indústria, enquanto o consumo das famílias tem sustentado o crescimento do PIB.

15 / SEBRAE Cenário Interno Aumento do nível de emprego e crescimento real da renda têm proporcionado elevação constante do consumo das famílias.

16 / SEBRAE Cenário Interno Aumento da renda possibilitou migração de 32 milhões de consumidores, das classes D/E para a classe C, de 2003 a 2011.

17 / SEBRAE Cenário Interno Volume de crédito (capital de giro e crédito pessoal, por exemplo) têm aumentado continuamente.

18 / SEBRAE Cenário Interno Taxas de juros bancárias (crédito pessoal e capital de giro, por exemplo) não vinham refletindo as reduções na taxa básica de juros (Selic), que atingiu seu menor nível histórico (8,0% a.a.).

19 / SEBRAE Cenário Interno E isso se devia, em grande parte, à crescente inadimplência, fruto do elevado nível de endividamento da população, que vem restringindo o consumo.

20 / SEBRAE Cenário Interno O crédito direcionado para o microempreendedor, pelo sistema financeiro, também tem crescido de forma expressiva, nos últimos anos.

21 / SEBRAE Cenário Interno Medidas implementadas pelo governo, com o objetivo de alavancar a economia, devem ter um impacto maior no segundo semestre/2012 e nos próximos anos.

22 / SEBRAE Cenário Interno Tais medidas não devem comprometer a meta de superávit primário, de R$ 97 bilhões, para Aliás, de janeiro a maio deste ano, quase 50% dessa meta já havia sido atingida.

23 / SEBRAE Cenário Interno Inflação, medida pelo IPCA, vem caindo, o que tem permitido reduções constantes na taxa básica de juros (Selic).

24 / SEBRAE Cenário Interno Projeções

25 / SEBRAE Cenário Interno Segundo projeções dos analistas financeiros, PIB deve crescer menos que 2,0% em 2012, mas retoma níveis maiores de crescimento nos anos seguintes.

26 / SEBRAE Cenário Interno Crescimento da produção industrial deve ficar entre 3,2% e 4,3% nos próximos anos, enquanto o projetado para o Comércio deve ficar próximo a 6,0%.

27 / SEBRAE Cenário Interno IPCA fecha 2012 abaixo de 5,0%, mas sofre pequena elevação em 2013, como reflexo da desvalorização cambial e aumento da demanda interna. Em todos os anos, porém, deve se situar acima da meta (4,5% a.a.), mas sob controle.

28 / SEBRAE Cenário Interno Taxa básica de juros (Selic) pode chegar a 7,5% ao final de 2012 (menor nível histórico), voltando a se elevar nos anos seguintes até 2015, para conter a inflação.

29 / SEBRAE Cenário Interno Taxa de câmbio (R$/US$) finaliza 2012 e 2013 em R$ 1,95 por dólar, caindo para R$ 1,90 (2014) e voltando a subir em Com isso, a concorrência com produtos importados tende a continuar acirrada.

30 / SEBRAE Cenário Interno: Perspectivas Crescimento da economia brasileira mais dependente do mercado interno do que do mercado externo. Consumo das Famílias e Investimentos devem continuar a alavancar o PIB brasileiro neste e nos próximos anos. Medidas de estímulo à economia, Plano Brasil Maior e câmbio desvalorizado tendem a proporcionar maior competitividade à indústria nacional. Inflação (IPCA) deve fechar 2012 e próximos anos acima da meta, mas abaixo do teto, sinalizando que está sob controle. Redução das taxas de juros (crédito pessoal, capital de giro, investimentos etc) tende a alavancar o consumo e reduzir custo financeiro das empresas. Elevado nível de endividamento da população e da inadimplência deve comprometer crescimento maior do consumo.

31 / SEBRAE Oportunidades

32 / SEBRAE Cenário de Atuação do Sebrae Promover com maior ênfase a Inovação e a Sustentabilidade nas MPE, para que se tornem mais competitivas e aproveitem melhor as oportunidades de negócios. EventosAno Setores Investimentos/desoneração * (estimativas) Copa das Confederações 2013 Construção civil, turismo, TIC, Comércio varejista, Serviços, Vestuário, Madeira e móveis e Agronegócios R$ 142 bilhões Copa do Mundo 2014 Olimpíadas (RJ) 2016 Idem acima R$ 30 bilhões Internet Indeterminado Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), e-commerce e web 2.0 ND Pré-sal (Petrobrás) até 2020 cadeia produtiva do petróleo US$ 111 bilhões Outros investimentos do PAC de 2012 a 2015 Minha Casa Minha Vida R$ 390 bilhões Energia R$ 300 bilhões Petróleo e gás R$ 228 bilhões Transportes R$ 117 bilhões Total R$ 1,03 trilhão Plano Brasil Maior e Medidas de Estímulo à Economia Julho de 2012 Confecções, Couros, Calçados, Call Center e Software, Têxtil, Naval, Aeronáutico, Material elétrico, Autopeças, Bens de capital, Plásticos, Móveis, Ônibus, Hotéis e Design house (chips) R$ 63 bilhões* Painel de oportunidades

33 / SEBRAE Obrigado!


Carregar ppt "0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SEBRAE Cenários de atuação do Sebrae PPA - 2013-2016 Junho/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google