A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

.Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor Idade.Escola de Pais.Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ".Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor Idade.Escola de Pais.Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor."— Transcrição da apresentação:

1 .Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor Idade.Escola de Pais.Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor Idade.Escola de Pais APe / ABS / AB MBC / MCN / MN / MBC UNeB

2

3 Objetivo: Mostrar e incentivar cada membro a comprometer-se na prática da Oração Intercessória, considerando que este é um Ministério do qual Jesus nos deu exemplo. O Conteúdo da Oração: 1.Deve incluir louvor 2.Deve incluir confissão 3.Deve incluir preocupações pessoais. Objetivo: Mostrar e incentivar cada membro a comprometer-se na prática da Oração Intercessória, considerando que este é um Ministério do qual Jesus nos deu exemplo. O Conteúdo da Oração: 1.Deve incluir louvor 2.Deve incluir confissão 3.Deve incluir preocupações pessoais.

4 Nossa responsabilidade com os outros:. Orar pelos desanimados. Pelos que nos ferem. Por aqueles que nos solicitam orações. Por nossos parentes e amigos. Responsabilidade da Coordenadora de Oração:. Convidar todos a participar. Promover reuniões especiais com os grupos. Manter um ambiente espiritual nas reuniões da Igreja. Manter uma lista com nomes dos participantes. Nossa responsabilidade com os outros:. Orar pelos desanimados. Pelos que nos ferem. Por aqueles que nos solicitam orações. Por nossos parentes e amigos. Responsabilidade da Coordenadora de Oração:. Convidar todos a participar. Promover reuniões especiais com os grupos. Manter um ambiente espiritual nas reuniões da Igreja. Manter uma lista com nomes dos participantes.

5

6 Objetivo:. Motivar os membros da igreja, famílias e cada pessoa para buscar uma comunhão íntima com Deus. Requisitos e Responsabilidades da Coordenadora. Dons para organizar, encorajar e liderar.. Boa reputação na igreja. Confiança por parte dos líderes. Tempo para trabalhar e motivar esse ministério. Convidar as pessoas no PG, a separar um tempo para leitura.. Motivar a igreja ao culto familiar e a devoção pessoal.

7 A principal missão é incentivar, motivar, oferecer idéias a todos os membros da igreja, de todas as idades, a se comprometerem com Cristo através da Devoção Pessoal e do Culto Familiar. Na Devoção Pessoal cada um tem o seu estilo pessoal e diferentes maneiras de realizar seu momento com Deus.

8

9 Propósito: Fortalecer, os novos membros de nossa igreja. Motivo: Dar atenção aos recém-batizados, considerando o grande índice de apostasia atualmente. Justificativa: Um grande número de pessoas se convertem cada ano, e necessitam ser atendidos em suas necessidades como recém-nascidos espirituais

10 A Diretora responsável deverá: Estudar com a comissão da igreja este folder (Fechando a Porta de Trás). Solicitar ao (a) secretário (a) da igreja a relação dos nomes das pessoas que irão ser batizadas (novos membros) a fim de providenciar com antecedência um Guardião Espiritual e o (Livro Bem-vindo à Família de Deus e o Certificado do Guardião) para cada batizando. Combinar com o Coordenador de PG, e na reunião de líderes de PGs estudar este folder.

11 NOTA IMPORTANTE O Ministério da Conservação funcionará como resultado da ação conjunta das seguintes pessoas: Diretora dos Ministérios da Mulher, Secretário(a) da igreja, Coordenadores e Lideres PGs, Guardiões Espirituais.

12 Definindo as Funções: Líder dos Ministérios da Mulher: Providenciar os seguintes materiais: Certificado do Guardião e o livrinho Bem-vindo à Família de Deus, Lista de sugestões para a sociabilização dos novos conversos, Fazer a entrega do livrinho no dia do batismo, e do certificado ao Guardião Espiritual, Participar regularmente das reuniões dos líderes de PGs, verificar o acompanhamento dos novos conversos pelos Guardiões, Reunir a cada três meses os Guardiões Espirituais para avaliação e troca de experiências,

13 Promover um encontro por semestre (junta panelas) entre novos membros e guardiões, Fazer uma avaliação, juntamente com os líderes dos PGs, e cada seis meses, checar a lista de batizados para ver onde estão, Dia de Ação de Graças- Culto de Gratidão pelos novos conversos ( no quarto sábado de novembro) TROFÉUS PARA CRISTO

14 Líder do Pequeno Grupo: Providenciar, o Guardião Espiritual, é prudente que sejam escolhidos homens para acompanhar homens, mulheres para acompanhar mulheres, e jovens para os jovens. Promover atividades que contribuam para a sociabilização do recém batizado ( ver idéias para sociabilização). Atender o recém-converso e visitá-lo quando sentir sua falta nas reuniões. Ajuda-ló a se envolver em algum ministério.

15 Caberá ao Guardião Espiritual: Velar pelo bem-estar do recém batizado durante um ano, Cultivar amizade, Ajudá-lo a conhecer a Bíblia, Incentivar o estudo da lição da Escola Sabatina, Ensinar a fazer o culto familiar, Motivar a fazer o culto do pôr-do-sol Visitar, Orar junto, Convida-lo para uma refeição em sua casa. Procurar ajuda-lo em alguma necessidade material ou espiritual ( com a ajuda dos demais membros dos Pequenos Grupos) Envolver o recém-batizado em um projeto missionário.

16 Como sociabilizar os Novos Membros. Os recém chegados na fé devem receber um trato paciente e benigno, e é dever dos membros mais antigos da igreja cogitar meios e modos para prover auxílio, simpatia e instrução. Evang. Pág. 351

17 Idéias de Sociabilização Fazer amizade com outros membros. É o primeiro passo, lembre-se de que, de acordo com os conhecedores do assunto, cada novo membro precisa ter pelo menos sete novos amigos na igreja dentro de seis meses, Orar pelo novo converso e com a família dele, Convidá-lo para um pôr-do-sol, Convidá-lo para almoçar, Comemorar o aniversário, Telefonemas de ânimo, felicitações e apoio.

18 Prepare um NINHO para ele. (Núcleo de Integração e Hospitalidade) Estimular nossos irmãos mais velhos a compartilhar seus lares, e confraternizar-se com os recém chegados na fé. Isso será muito saudável para a igreja e o novo membro. Distribua Responsabilidades.. Ajude a descobrir e usar seus talentos,. Insentive a ter uma vida de oração.

19 Convide os Novos Membros a participar da programação. Eles podem anunciar um hino, cantar uma música, fazer leitura bíblica ou oração.. Motive-o a participar dos diversos eventos da igreja, afim de que sintam integrados e aceitos como membros da família de Deus. Ex: camporee, congressos, encontros de casais, escola de pais, instituto bíblico, etc.. Incluí-lo em um grupo musical;. Planeje um passeio para conhecer nossas Escolas e Instituições.. Encoraje-os a trazer outros amigos para a igreja.

20 Estimule o novo membro a oferecer:. Uma série de estudos bíblicos a um novo interessado. (com auxilio do guardião ou ancião). Quanto mais o novo membro procurar comunicar luz, tanto mais luz receberá. (Ellen G. White; Parábolas de Jesus, pág. 354).. Observe se a pessoa tem sua bíblia, lição, meditação e vestimentas adequadas.. Ensine-o a estudar a lição;. Coloque em suas mãos nossos melhores livros.

21 Convide os novos membros a acompanhar os mais experientes na visitação. Muitos teriam boa vontade de trabalhar, se lhes ensinassem a começar. Necessitam ser instruídos e animados. (Ellen G. White; A Ciência do Bom Viver, pág. 149)

22

23 Objetivo: Desenvolver um Ministério da Recepção com uma visão mais ampla envolvendo a participação de homens e de mulheres, através de seus dons, integrados com outros departamentos da igreja, tendo como prioridade recepcionar membros e visitas em todas as reuniões da igreja. Visão de Missão: Cada amigo visitante que adentrar em nossos templos é um candidato à salvação, alguém por quem Cristo deu a vida, e é minha função, como recepcionista, facilitar sua entrega a Jesus.

24 Divisão do Trabalho em Equipes (sugestões). Equipe de Boas Vindas; 10 pessoas. Equipe de Secretárias; 1 a 3 pessoas. Equipes de telefonistas; 3 a 5 pessoas. Equipes de Monitores; 5 pessoas. Equipe de Oração Intercessória; 5 pessoas. Equipe de Visitação; 5 pessoas

25 13 Atitudes para uma fantástica Recepção: 1.Apresentação impecável 2.Postura 3.Sorriso 4.Empatia 5.Escutar 6.Gentil 7.Disposição 8. Rapidez 9. Tranqüilidade 10. Sinceridade 11. Comunicação Correta 12. Precisão 13. Compromisso A primeira impressão é a que fica.

26 Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo. Colossenses 3;23,24

27

28 Objetivo: Incentivar o trabalho da mulher como evangelista no lar, na igreja ou PG, e na comunidade. Tipos de Evangelismo: Pessoal e Público Coordenador de Interessados: fornece os nomes para a Equipe de visitação Objetivo: Incentivar o trabalho da mulher como evangelista no lar, na igreja ou PG, e na comunidade. Tipos de Evangelismo: Pessoal e Público Coordenador de Interessados: fornece os nomes para a Equipe de visitação

29 Projeto Um Milhão em Ação. Cadastramento no Pequeno Grupo. Envolver 56 mil membros em toda União Nordeste. Saber qual a meta da sua igreja e participe Projeto Um Milhão em Ação. Cadastramento no Pequeno Grupo. Envolver 56 mil membros em toda União Nordeste. Saber qual a meta da sua igreja e participe Capelania Evangélica Hospitalar Levar palavras de conforto ao paciente Falar de Jesus como bálsamo para a dor, de maneira moderada Apoiar e confortar os acompanhantes do paciente Ajudar e prover as necessidades pessoais do paciente dentro do possivel. Capelania Evangélica Hospitalar Levar palavras de conforto ao paciente Falar de Jesus como bálsamo para a dor, de maneira moderada Apoiar e confortar os acompanhantes do paciente Ajudar e prover as necessidades pessoais do paciente dentro do possivel.

30

31 Objetivos:. Capacitar o aluno a tornar-se um cidadão consciente e participante da vida social, econômica, política, um descobridor e leitor da palavra de Deus.. Estimular os membros a se envolverem nesta cruzada social, atuando como alfabetizadores voluntários.. Fortalecer a vida da comunidade onde a igreja se encontra.. Quebrar preconceitos com relação à igreja. É uma oportunidade de proporcionar as pessoas uma melhor qualidade de vida. Coordenadora responsável: dê preferência as pessoas ligadas a área de educação Objetivos:. Capacitar o aluno a tornar-se um cidadão consciente e participante da vida social, econômica, política, um descobridor e leitor da palavra de Deus.. Estimular os membros a se envolverem nesta cruzada social, atuando como alfabetizadores voluntários.. Fortalecer a vida da comunidade onde a igreja se encontra.. Quebrar preconceitos com relação à igreja. É uma oportunidade de proporcionar as pessoas uma melhor qualidade de vida. Coordenadora responsável: dê preferência as pessoas ligadas a área de educação

32

33 Objetivo: Proporcionar às pessoas dessa faixa etária atividades, encontros e palestras visando o seu crescimento espiritual, social, intelectual e fisíco. Responsabilidades da Coordenadora:. Fazer uma relação das pessoas que podem ajudar a planejar atividades para esse grupo.. Relação de todas as pessoas que estão nessa faixa etária. Incluir os homens também.

34

35 Objetivo: Orientar os pais na nobre tarefa de educar os filhos. Responsabilidades da Coordenadora:. Preparar uma equipe. Divulgar o programa. Fazer propaganda. Fazer escala de palestrantes


Carregar ppt ".Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor Idade.Escola de Pais.Oração Intercessória.Devoção Pessoal.Conservação.Recepção.Evangelismo.Alfabetização.Melhor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google