A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO COMPONENTES: Ana Cristina Guimarães Elisângela Cardoso Luciene dos Santos Silva Maria das Graças Vieira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO COMPONENTES: Ana Cristina Guimarães Elisângela Cardoso Luciene dos Santos Silva Maria das Graças Vieira."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO COMPONENTES: Ana Cristina Guimarães Elisângela Cardoso Luciene dos Santos Silva Maria das Graças Vieira Mariana Santos de Jesus DISCIPLINA: Educação e Tecnologia Contemporânea ORIENTADOR: Menandro Celso de Castro Ramos Salvador/2012

2

3 “...é sumamente relevante para o desenvolvimento humano o processo de apropriação, por parte do indivíduo, das experiências presentes em sua cultura. O autor enfatiza a importância da ação, da linguagem e dos processos interativos na construção das estruturas mentais superiores (VYGOTSKY, 1987)”

4

5

6

7 Os Recursos são todo e qualquer item, equipamento ou parte dele, produto ou sistema fabricado em série ou sob-medida utilizado para aumentar, manter ou melhorar as capacidades funcionais das pessoas com deficiência.

8 Os são definidos como aqueles que auxiliam diretamente uma pessoa com deficiência a selecionar, comprar ou usar os recursos são normalmente transdisciplinares envolvendo profissionais de diversas áreas, tais como: Fisioterapia / Terapia ocupacional / Fonodiólogia / Educação / Psicologia / Enfermagem / Medicina / Engenharia / Arquitetura / Design.

9 MOTORA e FALA: PIC; SPC e BLISS; Sistema-de Falas; Anagrama-Comp; Bliss-comp; PCS-comp; Note Vox. VISUAL: Vários Periféricos; Biblivox; Dosvox; Contaletras; Sonix; El toque Mágico.

10 AUDITIVA: Logo; Selos; Protótipo Hipermídia; Treinamento Computadorizado; Mecanismos Cognitivos; Desenvolvimento de Noções Mecânicas. MENTAL: Logo; Equipe de Profissionais Multidisciplinar; Fatores Negativos e Positivos.

11 Promessa do governo federal : 150 milhões até 2014 Investimentos realizados: Centro Nacional de Referência em TA (CNRTA) para desenvolvimento de equipamentos – Campinas/SP salas de recursos multifuncionais em escolas públicas

12 Tecnologia Assistiva na Educação infantil Tecnologi a Assistiva Amadurecimen to Convívi o Participaçã o Inclusã o Social “Para as pessoas sem deficiência, a tecnologia torna as coisas mais fáceis. Para as pessoas com deficiência, a tecnologia torna as coisas possíveis.” ( RADABAUGH,Mary pat. 1993)

13 BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Marcos Político-Legais da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva / Secretaria de Educação Especial. Brasília, DF: Secretária de Educação Especial, p. GALVÃO FILHO, T. A. A Tecnologia Assistiva: de que se trata? In: MACHADO, G. J. C.; SOBRAL, M. N. (Orgs.). Conexões: educa ç ão, comunica ç ão, inclusão e interculturalidade. 1 ed. Porto Alegre: Redes Editora, p , Dispon í vel em: >.Acesso em 06 out GALVÃO FILHO, T.A; DAMASCENO, Luciana Lopes. A Tecnologia Assistiva em Ambiente Computacional e Telem á tico na Educa ç ão de Alunos com Necessidades Especiais. Dispon í vel em: >. Acesso em 06 out SALLA, Fernanda; MEIRELES, Elisa. Nova Escola, Inclusão plugada. In: Turma Heterogênea. São Paulo: Moderna,2012.p SARTORETTO, Mara Lúcia; BERSCH, Rita. Projeto Formação de Professores do AEE em Tecnologia Assistiva - Curso de Atendimento Educacional Especializado com Enfoque na Produção Pedagógica Acessível e na Comunicação Alternativa. Disponível em: >. Acesso em 03 Out ww ww.assistiva.com.br

14 Muito Obrigada!!!


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO COMPONENTES: Ana Cristina Guimarães Elisângela Cardoso Luciene dos Santos Silva Maria das Graças Vieira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google