A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Nos organismos multicelulares, a troca de informação por meio de moléculas, que são SINAIS ou MENSAGEIROS QUÍMICOS, começa na vida embrionária e constitui,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Nos organismos multicelulares, a troca de informação por meio de moléculas, que são SINAIS ou MENSAGEIROS QUÍMICOS, começa na vida embrionária e constitui,"— Transcrição da apresentação:

1

2  Nos organismos multicelulares, a troca de informação por meio de moléculas, que são SINAIS ou MENSAGEIROS QUÍMICOS, começa na vida embrionária e constitui, durante toda a vida, o principal meio de comunicação entre as células.  Esses sinais são importantes para que os tecidos e órgãos se formem de modo ordenado e, após a estruturação do corpo, são necessários para coordenar o crescimento e o funcionamento das diferentes partes do organismo.

3  Os mensageiros químicos influenciam o metabolismo, a multiplicação celular, a secreção, a fagocitose, a produção de anti-corpos, a contração muscular e muitas outras atividades celulares.  Praticamente, todas as funções celulares e teciduais são reguladas por SINAIS QUÍMICOS.

4 O sistema de comunicação atua através de duas moléculas:  Moléculas sinalizadoras ou ligantes – se prendem a locais específicos das moléculas receptoras ou receptores;  Moléculas receptores – deve ser capaz de reconhecer especificamente a outra molécula (ligante) e de desencadear uma resposta celular, quando ainda unida com o respectivo ligante.

5 Célula epitelial não especifica Célula Receptora específica de uma célula epitelial Célula epitelial Ligante Célula sinalizadora Célula receptora

6 TRÊS TIPOS DE COMUNICAÇÃO  Comunicação por SECREÇÃO HORMONAL  Comunicação por SECREÇÃO PARÁCRINA  Comunicação por SECREÇÃO NEUROTRANSMISSOR

7 Principais formas de tradução de sinais

8 Secreção Hormonal células-alvo  Moléculas denominadas hormônios, que são geralmente secretados pelas Glândulas Endócrinas, são lançadas no espaço extracelular, penetram nos capilares sanguíneos e se destribuem por todo o corpo, indo atuar a distância, nas chamadas células-alvo. Célula-alvo é aquela que tem receptor para o Hormônio

9 Receptores para moléculas secretadas

10 Comunicação por SECREÇÃO HORMONAL

11 SECREÇÃO PARÁCRINA COMUNICAÇÃO PARÁCRINA  Ocorre pela secreção de moléculas que atuam nas células vizinhas, sendo retidas no local de produção ou, então, inativadas logo após exercerem suas funções. Nesse modo de comunicação, é chamado de COMUNICAÇÃO PARÁCRINA, os sinais químicos atuam nas proximidades do local onde foram secretados, normalmente sobre células de outro tipo.  COMUNICAÇÃO AUTÓCRINA  COMUNICAÇÃO AUTÓCRINA – a secreção atua sobre o mesmo tipo de célula.

12

13  SECREÇÃO DE NEUROTRANSMISSOR  Pela secreção de moléculas chamadas neurotransmissores.  Essa secreção tem lugar nas sinapses, que são locais especializados onde as células nervosas (os neurônios), através de seus numerosos prolongamentos, estabelecem contato uma com as outras.  Os neurotransmissores são liberados, também, pelos prolongamentos das células nervosas que fazem conexão com células musculares e com células secretoras.

14  O neurotransmissor atravessa um espaço muito pequeno, de apenas alguns nanômetros, entre o terminal do prolongamento nervoso (axônio) e a outra célula nervosa, a célula muscular ou a célula secretora.  A comunicação entre as células também pode ser realizada através de moléculas que passam por CANAIS existentes entre as células contíguas. Esses canais são constituídos por moléculas proteicas das membranas das duas células – regiões denominadas de junções comunicantes ou gap junctions.

15

16 Principais formas de tradução de sinais


Carregar ppt " Nos organismos multicelulares, a troca de informação por meio de moléculas, que são SINAIS ou MENSAGEIROS QUÍMICOS, começa na vida embrionária e constitui,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google