A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Eduardo França Mídia & Comunicação Integrada. Eduardo França Promoção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Eduardo França Mídia & Comunicação Integrada. Eduardo França Promoção."— Transcrição da apresentação:

1 Eduardo França Mídia & Comunicação Integrada

2 Eduardo França Promoção

3 Existem dois tipos de promoção:  Vendas  Imagem Tipos de promoção

4 Eduardo França Promoção de vendas Atividade mercadológica através da qual se oferece ao consumidor um benefício extra e temporário para induzi-lo a adquirir o produto ou serviço

5 Eduardo França Quando usar a promoção de vendas  Para estimular uma resposta rápida  Na introdução de produtos que exijam experimentação  Para aumentar vendas e giro de estoque  Em táticas de curto prazo  Para aumentar a participação de mercado  Para obter de clientes a indicação de prospects

6 Eduardo França Públicos de promoção de vendas Internos  Equipe de vendas  Equipe de atendimento  Equipe de suporte  Representantes Externos  Intermediários  Influenciadores  Compradores finais

7 Eduardo França  Campanhas de incentivo  Liqüidação  Sampling (amostra)  Oferta especial  Shrink pack  Concurso  Campanha “Indique um amigo”  Troca direta ( juntou...trocou )  Vale-brinde ( achou...ganhou )  Cuponagem Recursos usados em promoção de vendas

8 Eduardo França  Rapidez na penetração da marca ou produto  Gerar experimentação  Apelo visual no ponto de venda para aumentar compra por impulso  Criar relação de fidelidade com consumidores  Conquistar clientes dos concorrentes Vendas a não- usuários Razões para usar a promoção de vendas

9 Eduardo França  A promoção passa, sua imagem fica  Observe antes se é legal  Campanhas de incentivo devem durar entre três e seis meses  Garanta motivação e treinamento dos promotores  Loja cujo lay-out é intocado provoca pouco impulso nos clientes usuais  Quanto mais tempo o cliente fica na loja maior é o seu potencial de consumo Dicas para usar a promoção de vendas

10 Eduardo França M erchandising M

11 Eduardo França  Colocação em prática das estratégias promocionais através do uso de non mídias, como embalagens, displays, cartazes, stoppers  No Brasil também tem conotação de inserção de marca ou produto em programas de TV, filmes e outras atividades de alcance público. Essa ação em inglês recebe o nome de tie-in Definições

12 Eduardo França  85% das decisões de compra ocorrem dentro do estabelecimento varejista  Consumidores são fortemente influenciados pelo material promocional no PDV  Permanência média de cada pessoa nos supermercados é de 24,9 minutos, com índice de compra de US$ 1,40 por minuto* Razões para usar o merchandising Fonte: POPAI

13 Eduardo França  Durante o processo de compra, o tempo de decisão em frente à gôndola não passa de cinco segundos em média. Levando em consideração que são segundos “em movimento”, devido ao percurso do carrinho.  A identificação do produto no mercado não é feita somente por marcas. A embalagem é também um fator discriminatório por sua forma, cor e texto. Pontos Importantes

14 Eduardo França  Aprendemos:  1,0% pelo paladar  1,5% pelo tato  3,5% pelo olfato  11 % pela audição  83 % pela visão Sentidos humanos Fonte: Veronis, Shler & Assoc.

15 Eduardo França “Tudo o que não é bem exposto não é visto. Se não é visto, não é comprado.” Regina Blessa

16 Eduardo França Situação do produto • apenas o desconto • com apoio de propaganda • com display na loja • com display e propaganda Incremento de venda + 40% +130% +200% +460% Fonte: Nielsen

17 Eduardo França • Cartazes de ofertas de preço ou promoção • materiais em geral • cartazes (papelaria em geral) • brindes (compre isto e ganhe aquilo) • cupons (admitiu usar esse recurso) • concursos e sorteios • costumam ler encartes/tablóides das lojas c/ ofertas • afirmaram planejar as compras com encartes • afirmaram aproveitar as ofertas dos encartes 50% 44% 33% 9% 1% 9% 86% 45% 91% Impacto dos Materiais Fonte: POPAI Brasil

18 Eduardo França • Displays • Adesivos • Balcão para demonstração • Bandeirolas • Bandeja para degustação • Banner • Cartaz de carrinho • Faixas de gôndolas Materiais de PDV • Infláveis • In store mídia • Luminosos • Móbile • Papel forração • Sinalizador de vitrine ou entrada • Sinalizador de ilha • Stopper e wobbler • Take one

19 Eduardo França  Descubra qual a imagem visual que seu produto tem no PDV. Pesquise os pontos fortes e francos da embalagem, do material promocional, dos displays e da localização  Identifique e atenda às necessidades de seu consumidor  Adote um dia da semana para rodar os PDVs e enxergar o que os consumidores enxergam diariamente  Exija que sua agência de propaganda tome conhecimento do que acontece com seu produto dentro do PDV Dicas para o Planejamento

20 Eduardo França Junto a clientes  Gerar fidelidade total  Reverter aversão ao produto  Suprir necessidades básicas O que a promoção não fará Pela empresa  Substituir propaganda  Suprimir erros estratégicos  Superar problemas de embalagem e qualidade  Substituir treinamento da equipe

21 Eduardo França Promoção de imagem Seu principal objetivo é reforçar ou criar um novo conceito para a imagem da empresa ou produto. Não resulta em vendas e nem tem retorno no curto prazo

22 Eduardo França Patrocínio Patrocinar um time, clube, atleta... Há uma tendência natural do ser humano imitar quem está acima do comum, quem tem fama e prestígio, procurando identificar-se com ele. Vivemos em nos mesmos a fama que essas pessoas têm.

23 Eduardo França Patrocínio Quando planejado coerentemente contribuem para a formação e construção de uma forte personalidade de marca dos produtos / serviços. O patrocínio inteligente agrega valor às marcas.

24 Eduardo França Patrocínio As atividades de patrocínio caracterizam-se como atividades de promoção e, em sua maioria, de promoção institucional.

25 Eduardo França Mas é... Patrocínio Mecenato ou

26 Eduardo França O que as empresas esperam patrocinando?  Satisfação em servir à comunidade  Melhora da imagem institucional na comunidade  Promoção da cultura  Obtenção de benefícios culturais  Contribuição à educação em geral  Melhora do ambiente organizacional

27 Eduardo França E do mecenato?  A proteção dos artistas  A proteção do patrimônio cultural e artístico  A montagem de acervos  A doação de obras de arte  As fundações

28 Eduardo França  Cultural  Social  Esportivo  Educacional  Ecológico ou Ambiental Tipos de patrocínio

29 Eduardo França Conceitos transmitidos por patrocínios MaturidadeVigorSofisticação CompromissoAlegriaBeleza Responsabilidade EnergiaSeriedade SocialEsporteCultura

30 Eduardo França Conceitos transmitidos por patrocínios MaturidadeVigorSofisticação CompromissoAlegriaBeleza Responsabilidade EnergiaSeriedade SocialEsporteCultura

31 Eduardo França Conceitos transmitidos por patrocínios MaturidadeVigorSofisticação CompromissoAlegriaBeleza Responsabilidade EnergiaSeriedade SocialEsporteCultura

32 Eduardo França  Patrocínio exclusivo  Co-patrocínio (2 a 6 cotas)  Apoio Formas de patrocínio

33 Eduardo França  Adequação do público e do evento à imagem da empresa  Relação custo x benefício  Qualidade e capacidade dos locais onde eventos serão realizados  Capacidade de gerar mídia espontânea  Participação de concorrentes e outros patrocinadores  Seriedade do promotor do evento  Flexibilidade para ações promocionais paralelas O que o patrocinador deve avaliar

34 Eduardo França O patrocínio será um mero instrumento de promoção se for adotado esporadicamente ou baseado em oportunidade somente. Importante

35 Eduardo França Quanto maior for o número de detalhes apresentados em um projeto, maiores são as chances de encontrar um patrocinador. Dica

36 Eduardo França Um bom projeto se constrói com a:  Avaliação – demandas potenciais de um produto artístico  Adaptação – formato do produto adaptado à demanda  Ativação – o oferecimento e a venda do projeto  Análise – resultados antes/durante/depois Um Projeto

37 Eduardo França  Toda obra é do tamanho da divulgação e todo patrocínio é do tamanho proporcional da obra.  Para ter visibilidade é preciso ser noticiado,  Para ser noticiado é preciso ser notícia e,  Para ser notícia é preciso criar fatos.  Ex.: 1975 – Primeiro passeio ciclístico para estimular o uso da bicicleta. Dicas

38 Eduardo França Marketing Cultural No Brasil, investir em Marketing cultural como política de comunicação institucional é uma estratégia eficaz de relações públicas. Ex.: CCBB, Instituto Cultural Itaú, Claro Hall Manoel M. Machado Neto

39 Eduardo França É um investimento a longo prazo que não resulta em vendas diretas ou consumo específico de produtos. Constitui elementos integrados a uma estratégia de marketing que possibilita o posicionamento de uma marca institucional ou de um produto no imaginário de um ou mais segmentos de público. Marketing Cultural

40 Eduardo França  Critério Banco do Brasil  Não patrocina times, patrocina a seleção para não desagradar clientes  Apoio na Paraolimpíada  Ninho – Nestlé  Passou a ser top of mind após estratégia alinhada ao marketing esportivo Marketing Esportivo

41 Eduardo França E ventos E

42 Eduardo França Evento é um instrumento institucional e promocional, utilizado na comunicação dirigida, com a finalidade de criar conceito e estabelecer a imagem de organizações, produtos, serviços, idéias e pessoas, por meio de um acontecimento previamente planejado. Gilda Fleury Meirelles

43 Eduardo França Classificação de Eventos Reunião Dialogal Baseada na informação, no questionamento e na discussão – palestra, conferência, seminário, simpósio, convenção, entrevista, entre outros.

44 Eduardo França Reunião Coloquial Baseada no entretenimento, no lazer, na aproximação entre as pessoas e na confraternização – coquetel, café da manhã, almoço, jantar, brunch, happy hour, entre outros. Classificação de Eventos

45 Eduardo França Competitivos Concurso, torneio, entre outros. Classificação de Eventos

46 Eduardo França Expositivos ou Demonstrativos Feira, salão, mostra, exposição, desfile, lançamento de produtos, inauguração, entre outros. Classificação de Eventos

47 Eduardo França Categorias Institucional Quando visa criar ou firmar o conceito e a imagem da empresa, entidade, governo ou pessoa Promocional ou Mercadológico Quando objetiva a promoção de um produto ou serviço de uma empresa, governo, entidade ou pessoa, com fins mercadológicos.

48 Eduardo França Áreas de Interesse Artística Científica Cultural Folclórica Educativa Informativa Cívica Política Governamental Empresarial Lazer Social Desportiva Religiosa Turística

49 Eduardo França Planejamento Objetivos É o que se pretende alcançar com o evento, seja ele institucional ou promocional. Públicos São aqueles que se pretendem atingir com a realização do evento. Estratégias São as ações desenvolvidas e executadas para se alcançar os objetivos propostos e atingir os resultados desejados.

50 Eduardo França  São campos neutros para se apresentar junto ao concorrente  Atingem público selecionado  Transferem o prestígio do evento para marca ou produtos expostos  Conferem boa oportunidades para lançamentos e Promoções  Quem vai está disposto e aberto a contato  Locais ideais para desafiantes provocarem indiretamente comparação com o líder do segmento Eventos

51 Eduardo França Os 10 mandamentos da Promoção

52 Eduardo França 1 Não tentar executar aquilo que os outros componentes do marketing podem fazer melhor

53 Eduardo França 2 Ser a melhor alternativa para atingir os objetivos

54 Eduardo França 3 Obter o máximo efeito pelo menor custo

55 Eduardo França 4 Estar de acordo com os padrões de comportamento daqueles para os quais é destinada e de acordo com a imagem da marca

56 Eduardo França 5 Atrair a atenção e provocar ação de aceitação

57 Eduardo França 6 Ser simples, clara, fácil de entender

58 Eduardo França 7 Utilizar tanto apelos emocionais quanto racionais

59 Eduardo França 8 Ser única, singular e exclusiva

60 Eduardo França 9 Ser honesta, evidentemente honesta

61 Eduardo França 10 Ser suficientemente desejada por todos de quem seu sucesso dependa, recebendo por parte da empresa total apoio e que a equipe de funcionários perceba e imite.


Carregar ppt "Eduardo França Mídia & Comunicação Integrada. Eduardo França Promoção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google