A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sexualidade como Atividade de Vida Diária. Direitos Sexuais Humanos  Durante o XV Congresso Mundial de Sexologia, ocorrido em Hong Kong (China), entre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sexualidade como Atividade de Vida Diária. Direitos Sexuais Humanos  Durante o XV Congresso Mundial de Sexologia, ocorrido em Hong Kong (China), entre."— Transcrição da apresentação:

1 Sexualidade como Atividade de Vida Diária

2 Direitos Sexuais Humanos  Durante o XV Congresso Mundial de Sexologia, ocorrido em Hong Kong (China), entre 23 e 27 de agosto p.p., a Assembléia Geral da WAS – World Association for Sexology, aprovou as emendas para a Declaração de Direitos Sexuais, decidida em Valência, no XIII Congresso Mundial de Sexologia, em 1997.

3 Declaração dos Direitos Sexuais  Sexualidade é uma parte integral da personalidade de todo ser humano. O desenvolvimento total depende da satisfação de necessidades humanas básicas tais quais desejo de contato, intimidade, expressão emocional, prazer, carinho e amor.

4 Declaração dos Direitos Sexuais  Sexualidade é construída através da interação entre o indivíduo e as estruturas sociais. O total desenvolvimento da Sexualidade é essencial para o bem estar individual, interpessoal e social.

5 A sexualidade permeia a maior parte de nossas ações...  Os direitos sexuais são direitos humanos universais baseados na liberdade inerente, dignidade e igualdade para todos os seres humanos. Nu recostado – Vittorio Gobbis 1931

6 Saúde Sexual  Saúde sexual é um direito fundamental, então saúde sexual deve ser um direito humano básico.  Saúde sexual é o resultado de um ambiente que reconhece, respeita e exercita estes direitos sexuais.

7 Direitos Sexuais  Liberdade Sexual  O DIREITO À AUTONOMIA SEXUAL, INTEGRIDADE SEXUALE E À SEGURANÇA DO CORPO SEXUAL  Privacidade sexual  Prazer Sexual  Expressão Sexual  Livre Associação sexual  ÀS ESCOLHAS REPRODUTIVAS LIVRE E RESPONSÁVEIS  À INFORMAÇÃO BASEADA NO CONHECIMENTO CIENTÍFICO  À EDUCAÇÃO SEXUAL COMPREENSIVA  A SAÚDE SEXUAL

8 Como os valores influenciam a nossa sexualidade ?  Valores de cada geração  Valores individuais

9 Mitos sobre idosos e seu desempenho sexual  O papel da mídia  O que a ciência afirma  O que as diversas culturas afirmam  O que “eu” acredito...

10 Objetivos da TO:  Desenvolver possibilidades físicas e afetivas de melhora do desempenho sexual: –Encorajar os idosos a experimentarem diferentes posições –Ensinar técnicas de conservação de energia –Ensinar o benefício que o repouso antes da atividade sexual pode trazer –Encorajar os idosos a descobrirem outras formas de alcançar a satisfação sexual:degenitalização, masturbação, sexo oral, entre outras. –Garantir que há condições clínicas estáveis para atividade sexual junto ao médico responsável.  Libertar de condicionamentos sexuais, feridas e traumas passados, quebra de tabus, bloqueios e falsos conceitos.

11 Objetivos da TO:  Aumentar a consciência corporal, transformando o sentido de quem você é, permitindo ultrapassar velhas limitações.  Ensinar a ouvir e respeitar nosso corpo e nossos sentidos.  Aumentar a auto-estima, a sensibilidade e a intuição.  Ajudar a manter um relacionamento baseado no amor e não na carência e aprofundar a relação sexual e a intimidade, entre outros benefícios que a atividade sexual traz.

12 Pompoarismo  Pompoarismo é a arte da mulher sobre o controle dos músculos vaginais. Também conhecido como exercícios de Kegel, o pompoarismo pode ajudar a mulher a:  Fortalecer toda a musculatora do assoalho pélvico  alcançar o orgasmo mais facilmente;  ter orgasmos mais fortes e prazerosos;  deixar a vagina mais sensível;  prevenir a incontinência urinária;  beneficiar a hora do parto entre outros.

13 Bolas Tailandesas  Utilizada a séculos por mulheres da tailandia, podemos dizer que todas as mulheres daquele país tem como primeira peça íntima após a puberdade, as bolas tailandesas. Feitas para estimular e desenvolver o controle da musculatura vaginal, principalmente o períneo e os músculos pubococcígeos, que são os músculos diretamente envolvidos no ato sexual, além de evitar o afrouxamento destes músculos, ou recuperando a força dos mesmos.

14 Etapas do Processo Terapêutico Ocupacional: 1. Permissão: Criar situações terapêuticas que facilitem a expressão dos problemas sexuais vivenciado pelo cliente. 2. Educação: Oferecer ao idoso informações sobre as mudanças fisiológicas do envelhecimento que interferem na sexualidade,mitos e esteriótipos relacionados ao envelhecimento,fatores psicossociais que podem estressar o idoso, sexualidade. 3. Sugestões específicas: Realizar sugestões e exercícios individualizados que possam melhorar o desempenho sexual. Pode ser necessário realizar encaminhamentos para outros profissionais. 4. Terapia: Requer terapeutas e outros profissionais especializados na área.


Carregar ppt "Sexualidade como Atividade de Vida Diária. Direitos Sexuais Humanos  Durante o XV Congresso Mundial de Sexologia, ocorrido em Hong Kong (China), entre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google