A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A abordagem Estruturalista; Abordagem Comportamental Augusto Cardoso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A abordagem Estruturalista; Abordagem Comportamental Augusto Cardoso."— Transcrição da apresentação:

1 A abordagem Estruturalista; Abordagem Comportamental Augusto Cardoso

2 Mc Gregor (Teoria Y); McGREGOR: As estratégias de liderança são influenciadas pelas crenças do líder acerca da natureza humana. Ele desenvolveu duas teorias para ilustrar tal situação. Teoria X e Y.

3 TEORIA XTEORIA Y O ser humano é avesso ao trabalho. O ser humano vê o esforço físico e mental no trabalho de forma tão natural quanto querer descansar. A maioria das pessoas precisa ser controlada, dirigida, coagida e punida, para que finalmente trabalhe A maioria das pessoas busca naturalmente se autocorrigir, para atingir os objetivos que se propuseram alcançar. O ser humano não consegue assumir responsabilidades. O ser humano não só aprende a aceitar as responsabilidades, como passa a procurá-las. A participação dos funcionários é um instrumento de manipulação dos mesmos. A participação dos funcionários é uma forma de valoriza suas potencialidades intelectuais, como: imaginação e criatividade. O líder adota um estilo autocráticoO líder adota um estilo participativo. A motivação por estímulo só funciona até certo ponto e a autoridade passa a ser fundamental para assegurar a direção e o controle sobre os funcionários. Sua viabilidade é possibilitada através do esclarecimento das exigências gerais do trabalho, do estabelecimento de metas, de um processo gerencial para prazos limitados e da avaliação dos resultados O ser humano prefere ser dirigido, ter pouca responsabilidade, pouca ambição e ter garantia do trabalho.

4 Maslow As necessidades humanas obedecem a uma ordem de importância Esses ordens de importâncias podem ser dispostas numa hierarquia como em uma pirâmide: Na base estão as necessidades básicas No topo as mais importantes

5 São cinco as necessidades do indivíduo Necessidades fisiológicas: nível mais baixo de pirâmide (extrínsecas ao individuo/natureza); Alimentação, repouso, abrigo, exercícios, sexo etc. estão ligadas a sobrevivência da pessoa Necessidade de segurança: o segundo nível surge quando o primeiro nível é razoavelmente satisfeito. Refere-se a segurança, a busca pela proteção contra a ameaça, à fuga ao perigo.

6 Necessidades sociais: como o segundo o terceiro nível surge quando os dois primeiros estão razoavelmente satisfeitos. Algumas das necessidades sociais são: de afeto, de participação de aceitação por parte do grupo, de amizade etc. Necessidade de auto-estima: ele envolve autoconfiança, a necessidade de aprovação social e de respeito, de Status, de prestígio etc. Necessidade de realização do potencial: são as que estão no topo da hierarquia estão ligadas ao autodesenvolvimento pessoal e profissional.

7 A hierarquia das necessidades, segundo Maslow Auto-realização Férias, cursos universitários, organização de caridades Necessidade de estima Status, respeito,auto-estima Parcas de prestígio Títulos de sócios em clubes, cartões de agradecimentos Necessidades sociais Amizade, amor, filiação, associação Necessidades de segurança Segurança física e financeira Fechaduras, seguros Necessidades fisiológicasFarinha, feijão, água encanada

8 Teoria das Necessidades (Herzberg) A teoria de Frederik Herzberg, trata da motivação no trabalho e composto por fatores externos e internos.

9 Fatores interno / fatores motivacionais: responsabilidade, reconhecimento e realização, estão intimamente relacionados com a satisfação no trabalho. Os fatores externos / fatores higiênicos: condições de trabalho, benefícios, salários, ambiente físico. Estão relacionados com a insatisfação,


Carregar ppt "A abordagem Estruturalista; Abordagem Comportamental Augusto Cardoso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google