A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria Comportamental da Administração Participantes: Adilson Cavalheri Cezar Mendonça.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria Comportamental da Administração Participantes: Adilson Cavalheri Cezar Mendonça."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria Comportamental da Administração Participantes: Adilson Cavalheri Cezar Mendonça

2 Originado em 1950 nos EUA Visão inovadora da Teoria Administrativa baseada no comportamento humano nas organizações … Visão inovadora da Teoria Administrativa baseada no comportamento humano nas organizações …

3 Como surgiu ?

4 Surgiu como evolução das divergências de opiniões da Escola das Relações Humanas Surgiu como evolução das divergências de opiniões da Escola das Relações Humanas

5 ... que recusava a compreensão de que a satisfação do trabalhador gerava de forma intrínseca a eficiência do trabalho que recusava a compreensão de que a satisfação do trabalhador gerava de forma intrínseca a eficiência do trabalho...

6 e ainda a percepção de que nem sempre os funcionários seguem comportamentos exclusivamente racionais ou essencialmente baseado em sua satisfação. e ainda a percepção de que nem sempre os funcionários seguem comportamentos exclusivamente racionais ou essencialmente baseado em sua satisfação.

7 Isso tudo gerou uma nova teoria...

8 A Teoria Comportamental ou Behaviorista

9 Veja algumas Características: Ênfase na ciências do comportamento Ênfase na ciências do comportamento Abandono das posições normativas e prescritivas das teorias anteriores Adoção de posições explicativas e descritivas

10 Uma nova proposta sobre motivação humana

11 Acredita-se que para explicar o comportamento organizacional, utiliza-se a teoria comportamental fundamentando- se no comportamento individual de cada pessoa.

12 Resumindo É necessário conhecer as necessidades humanas para melhor compreensão do comportamento humano …

13 … e usar a motivação como ferramenta para elevar a qualidade de vida nas organizações.

14 Necessidades de Maslow

15 Auto- realização Estima (ego) Sociais (amor) Necessidade de segurança Necessidades fisiológicas Necessidades Secundárias Necessidades Primárias

16 Necessidades fisiológicas Necessidades fisiológicas: O nível mais baixo da necessidade humana, mas de vital importância. Ex.: Alimentação, sono, repouso, abrigo, desejo sexual.

17 Necessidade de segurança Necessidades de segurança: Ex.: Estabilidade, proteção Contra ameaças ou privações, fuga ao perigo.

18 Sociais (amor) Necessidades sociais: Surgem no comportamento, quando as necessidades mais baixas (fisiológicas e de segurança) se encontrão relativamente satisfeitas

19 Estima (ego) Necessidades estima: Necessidade relacionado com a maneira pelo a qual o indivíduo se vê e se avalia. Envolve a auto apreciação, autoconfiança, a necessidade de aprovação social e de respeito, de status e de prestígio e de consideração.

20 Auto- realização São as necessidade humanas mais elevadas e que estão no topo da hierarquia. São as necessidades de cada pessoa realizar o seu próprio potencial e de continuamente se auto-desenvolver.

21 Teoria X e teoria Y McGrecor

22 Criado com a idéia de comparar dois estilos opostos de administração.

23 De um lado, um estilo baseado na teoria tradicional, excessivamente mecânica e pragmática (deu-se o nome de teoria X). De outro lado, um estilo baseado nas concepções modernas a respeito da comportamento humano (deu-se o nome de teoria Y)

24 Teoria X Concepção tradicional de teoria. Ela se baseia em convicções errôneas sobre o comportamento humano

25 De acordo com a Teoria X: O homem é indolente e preguiçoso por natureza, ele evita o trabalho. Falta-lhe ambição, não gosta de assumir responsabilidade...

26 Um modelo de administração rígido, em que as pessoas trabalhão dentro de padrões previamente planejados

27 Segundo ela, o único estimulo para o trabalho é somente pelo salário. Se o estímulo salarial não vem, o trabalho não sai.

28 Teoria Y Uma moderna concepção de teoria que se fundamenta no comportamento humano. Nela, não existe um preconceito a respeito da natureza humana

29 De acordo com a teoria Y: Administrar é criar oportunidades, liberar potenciais, remover obstáculos, incentivar o crescimento pessoal, entre outros.

30 Pressuposições da Teoria XPressuposições da Teoria Y As pessoas são preguiçosas e indolentes As pessoas evitam o trabalho As pessoas evitam a responsabilidade a fim de se sentirem mais seguras As pessoas precisam ser controladas e dirigidas As pessoas são ingênuas e sem iniciativa As pessoas são esforçadas e gostam de ter o que fazer O trabalho é uma atividade tão natural quanto brincar ou descansar As pessoas procuram e aceitam responsabilidades e desafios As pessoas podem ser automotivadas e autodirigidas As pessoas são criativas e competentes

31 Teoria Z A teoria administrativa tem sido permeada de modismos nas últimas décadas: APO, CCQ, Teoria X e Y, enriquecimento de cargos, Desenvolvimento Organizacional etc., constituíram novidades que ficaram na moda muito tempo. No início da década de 1980, surgiu outra novidade em alta moda: a Teoria Z, que se fundamenta nos seguintes princípios:

32 1- Emprego estável. 2- Pouca especialização 3- Avaliação do desempenho constante e promoção lenta. 4- Igualitarismo no tratamento

33 5- Democracia e participação 6- Valorização das pessoas A Teoria Z proporciona a base para todo programa de administração orientado para os recursos humanos da empresa: todas as decisões organizacionais devem ser tomadas através do consenso, com ampla participação das pessoas e orientadas para longo prazo. A Teoria Z é um modelo de administração participativa.

34 Processo decisório

35 É um processo complexo e depende tanto das características pessoais do tomador de decisão quanto da situação em que esta envolvido e a maneira de como perceber esta situação

36 Processo decisório 1- Tomador de decisão: é a pessoa que faz uma escolha ou opção entre várias alternativas de ação. É o agente que está frente a alguma situação. 2- Objetivos: são os objetivos que o tomador de decisão pretende alcançar com suas ações. 3- Preferências: são os critérios que o tomador de decisão usa para fazer sua escolha pessoal.

37 4- Estratégia: é o custo de ação que o tomador de decisão escolhe para melhor atingir os objetivos.Depende dos recursos de que pode dispor e da maneira como percebe a situação. 5- Situação: São os aspectos do ambiente que envolve o tomador de decisão, muitos dos quais fora do seu controle, conhecimento ou compreensão e que afetam sua escolha. 6- Resultado: é a conseqüência ou resultante de uma dada estratégia

38 Etapas decisória 1- Percepção da situação que envolve algum problema; 2- Análise e definição do problema; 3- Definição dos objetivos; 4- Procura de alternativas de solução ou de cursos de ação; 5- Avaliação e comparação dessas alternativas; 6- Escolha (seleção) da alternativa mais adequada ao alcance dos objetivos; 7- Implementação da alternativa escolhida.

39 Comportamento Organizacional

40 As organizações só cederão alcançar seu objetivos somente com a cooperação mútua de todas pessoas envolvidas.

41 A organização espera que o empregado obedeça a sua autoridade e o empregado espera que a organização se comporte corretamente com ele e opere com justiça.

42 Resumo Comportamento organizacional é o estudo do funcionamento e da dinâmica das organizações e de como os grupos e os indivíduos se comportam dentro deles. É a ciência interdisciplinar Comportamento organizacional é o estudo do funcionamento e da dinâmica das organizações e de como os grupos e os indivíduos se comportam dentro deles. É a ciência interdisciplinar

43 Bibliografia:

44 Obrigado !


Carregar ppt "Teoria Comportamental da Administração Participantes: Adilson Cavalheri Cezar Mendonça."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google