A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Nacional de Vigilância Sanitária Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência de Orientação e Controle Sanitário de Viajantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Nacional de Vigilância Sanitária Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência de Orientação e Controle Sanitário de Viajantes."— Transcrição da apresentação:

1 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência de Orientação e Controle Sanitário de Viajantes GCOVI/GGPAF Controle sanitário de navios de cruzeiro Fabio Miranda da Rocha 14-18/06/2010, Fortaleza/CE, Brasil

2 Missão da Anvisa "Proteger e promover a saúde da população garantindo a segurança sanitária de produtos e serviços e participando da construção de seu acesso” Controle sanitário de navios de cruzeiros

3 Navios de Cruzeiro x Risco Sanitário Aglomerado de pessoas em um espaço físico limitado/confinado; Grande quantidade de bebidas e refeições consumidas; Intensa produção de resíduos sólidos e dejetos; Ambientes climatizados artificialmente; Escalas em pontos turísticos – exposição a vários riscos Controle sanitário de navios de cruzeiros

4 CENÁRIO NO BRASIL Controle sanitário de navios de cruzeiros

5 Condições naturais favoráveis para o desenvolvimento do turismo marítimo. + Estabilidade econômica do Brasil. Controle sanitário de navios de cruzeiros Aumento exponencial no número de navios de cruzeiro circulando na costa brasileira nos últimos anos.

6 Controle sanitário de navios de cruzeiros Risco Sanitário

7 Controle sanitário de navios de cruzeiros Risco Sanitário

8 Controle sanitário de navios de cruzeiros Porto de Santos Fonte: Concais S.A. Risco Sanitário Nº Total de passageiros 1035%

9 Turismo náutico Risco Sanitário Diminuição de RH Desafios técnicos impostos Controle sanitário de navios de cruzeiros +-- = Aumentar a eficiência e efetividade com menos inspetores;

10 Estratégia para controle sanitário de Navios de Cruzeiro Controle sanitário de navios de cruzeiros

11 Marco norteador: A indústria de navios de cruzeiro é a principal responsável pelo controle sanitário a bordo. Controle sanitário de navios de cruzeiros Objetivo: Melhorar a qualidade sanitária dos produtos e serviços oferecidos a bordo dos navios de cruzeiros.

12 Pilares da estratégia: 1)Troca de Experiências com a indústria e países; 2)Aumento da sensibilidade de notificações de casos suspeitos de doenças a bordo; 3) Alto investimento em Capacitação; 4) Padronização de ações de vigilância; 5) Ampla publicidade de ações (Manual, hotsite, ranqueamento e relatórios) Controle sanitário de navios de cruzeiros

13 1)Troca de Experiências com a indústria e países com notória expertise; Reuniões Anuais com a indústria para discussão de ações; Elaboração de Manual de Navios de Cruzeiro (Operacional). Controle sanitário de navios de cruzeiros

14 2) Aumento da sensibilidade de identificação de casos suspeitos de doenças a bordo: Definição de casos suspeitos; Medidas pré-embarque; Notificação eletrônica de eventos a bordo (diretamente da equipe de saúde de bordo): rotina e especial – 7 dias da semana licacao=2518 Controle sanitário de navios de cruzeiros

15 3) Alto investimento em Capacitação 1º Ciclo: com as indústrias prestadoras de serviços (máquinas de serviço, spas, jacuzzis, etc. 2º Ciclo: Teórico 3º Ciclo: Treinamento em serviço Controle sanitário de navios de cruzeiros

16 4) Padronização de ações de vigilância Programa fiscal nacional; Definição de fiscais responsáveis (perfil e capacitação); Instrumento de inspeção único; Avaliação e Acompanhamento contínuos; Consolidação e análise estatística padronizada; Controle sanitário de navios de cruzeiros

17 Metodologia/critérios: Número de escalas no Brasil Procedência das embarcações Dados sanitários da embarcação (idade do navio, termos legais de outras temporadas, número de passageiros a bordo, nota de avaliação pelo CDC, nota de avaliação na última temporada, etc) Capacidade operacional para realização de inspeções. ELABORAÇÃO DE PROGRAMA FISCAL Controle sanitário de navios de cruzeiros

18 Inspeções não programadas Presença de eventos de saúde pública (anormalidades clínicas ou óbito a bordo); Denúncias de irregularidades sanitárias; Emissão de CICSB/CCSB; Reinspeções para verificação do cumprimento de medidas sanitárias notificadas em inspeções anteriores (neste caso, as inspeções podem ser direcionadas para o risco detectado em inspeção anterior); Algum outro fator de risco identificado. ELABORAÇÃO DE PROGRAMA FISCAL Controle sanitário de navios de cruzeiros

19 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Roteiro de Inspeção Controle sanitário de navios de cruzeiros

20 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual de preenchimento Controle sanitário de navios de cruzeiros

21 5) Ampla publicidade de ações (Manual, hotsite, ranqueamento e relatórios) Criação de Hotsite; Publicação do Manual e suas alterações no ambiente virtual; Disponibilização de relatórios de inspeção e investigação epidemiológica; Publicação dos Scores sanitários (2012); Controle sanitário de navios de cruzeiros

22 RESULTADOS Controle sanitário de navios de cruzeiros Resultados

23 Agência Nacional de Vigilância Sanitária 2008 a 2010 Resultados Controle sanitário de navios de cruzeiros

24 Agência Nacional de Vigilância Sanitária n= 86 Perfil das Bandeiras Resultados Controle sanitário de navios de cruzeiros

25 Agência Nacional de Vigilância Sanitária n= 86 Resultados Controle sanitário de navios de cruzeiros Perfil da idade das embarcações Nº Embarcações Idade (anos)

26 Agência Nacional de Vigilância Sanitária - + Notificações Controle sanitário de navios de cruzeiros (2602 viajantes afetados) (2429 viajantes afetados) 2009/2010

27 RESULTADOS Dados Analisados 2008/2009 Controle sanitário de navios de cruzeiros Resultados

28 Agência Nacional de Vigilância Sanitária n= 40 Notificações Controle sanitário de navios de cruzeiros Scores dos navios inspecionados

29 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Comparativo entre o número de embarcações e o número ocorrência de eventos (viajantes afetados) de interesse à saúde a bordo Controle sanitário de navios de cruzeiros Resultados 426 eventos 4582 eventos 43 44

30 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Controle sanitário de navios de cruzeiros Resultados

31 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Controle sanitário de navios de cruzeiros Resultados

32 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Controle sanitário de navios de cruzeiros Conclusões CONCLUSÕES

33 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Avaliação satisfatória do atual instrumento de inspeção, pois está possibilitando identificar, de forma padronizada, situações de perigo ou risco sanitários a bordo, além de permitir analisar associações entre os risco sanitários a bordo com ocorrência de eventos; As companhias marítimas apresentam crescente interesse, resolutividade e agilidade na correção de perigos e riscos identificados; Controle sanitário de navios de cruzeiros Conclusões

34 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Embarcações de maior porte, idade e nº de viajantes a bordo possuíam maior tendência de apresentarem eventos a bordo; Irregularidades sanitárias na área de alimentos e água (halogenação) apresentaram alta associação com ocorrência de diarréia; Controle sanitário de navios de cruzeiros Conclusões

35 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Marianna Pirrone Patrícia de Freitas Erickson Costa Luiz Campos Olimar Santos Shirley Gábia Isabela Teixeira Acary Oliveira Afonso Infurna Sheila Rejane Maria Aparecida Sobral Marestela Hupes Maria Aparecida Oliveira Denise Gama Eduardo Marinho Manoel Amorim Fernanda Carmem Morastoni Claudete Gomes Dhavincy Lyonard Francisco Wanzeller Eulália Perone Marcos Bonfin Miriam Gonçalves Adriana Aquino Avani Barbara Edna Cabral Jerfeson Nepomuceno Oséas Costa

36 Agência Nacional de Vigilância Sanitária OBRIGADO! Gerencia de Infra-estrutura, Meios de Transporte e Viajantes Gerente: Karla Freire Baeta Equipe: Camila Lacerda, Cristiano Gregis, Julio Colpo, Viviane Marques, Leonardo Leitão, Fabio Rocha, Ana Clara, Enedina Reis, Janaína Pacheco e Noemi Cabral


Carregar ppt "Agência Nacional de Vigilância Sanitária Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência de Orientação e Controle Sanitário de Viajantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google