A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL. Introdução É um valor intermediário da série, ou seja, um valor compreendido entre o menor e o maior valor da série. É também.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL. Introdução É um valor intermediário da série, ou seja, um valor compreendido entre o menor e o maior valor da série. É também."— Transcrição da apresentação:

1 MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL

2 Introdução É um valor intermediário da série, ou seja, um valor compreendido entre o menor e o maior valor da série. É também um valor em torno do qual os elementos da série estão distribuídos e a posiciona em relação ao eixo horizontal. Em resumo, a medida de tendência central procura estabelecer um número no eixo horizontal em torno do qual a série se concentra. As principais medidas de tendência central são: média, mediana e moda.

3 Somatório – Notação Sigma (∑) Quando queremos representar uma soma de n valores do tipo x 1 + x x n, podemos codificá-la através da expressão:

4 Exemplos:

5 O somatório de uma soma é a soma dos somatórios. De fato, se desenvolvermos obtemos:

6 O somatório de uma diferença é a diferença dos somatórios. O somatório do produto de uma constante por uma variável é o produto pelo somatório da variável.

7 Considerando a um número real qualquer e desenvolvendo obtemos: O somatório da divisão de uma variável por uma constante é a divisão do somatório da variável pela constante.

8 O número de parcelas é determinado pela diferença entre o valor de i indicado no extremo superior e o valor indicado no extremo inferior, adicionando-se uma unidade. Desta forma, é constituída de (7-2)+1=6 parcelas. Portanto: Habitualmente, i varia sempre de 1 a n:


Carregar ppt "MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL. Introdução É um valor intermediário da série, ou seja, um valor compreendido entre o menor e o maior valor da série. É também."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google