A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise do negócio Diagnóstico Estratégico Análise ambiental (Análise estratégica Interna e Externa) Missão / Propósitos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise do negócio Diagnóstico Estratégico Análise ambiental (Análise estratégica Interna e Externa) Missão / Propósitos."— Transcrição da apresentação:

1 FASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise do negócio Diagnóstico Estratégico Análise ambiental (Análise estratégica Interna e Externa) Missão / Propósitos / Normas Organizacionais Visão Instrumentos prescritivos e quantitativos Inst. Prescritivos – Objetivos / Metas / Estratégias / Políticas / Projetos / Planos Inst. Quantitativos – Projeções econ-financeiro / Planejamento Orçamentário / Recursos necessários e expectativas de retorno Controle e Avaliação Indicadores de desempenho Ações corretivas

2 ANÁLISE DO NEGÓCIO O QUE É O NEGÓCIO DE UMA ORGANIZAÇÃO??? 1.Negócio e limites de atuação 2.Nem muito amplo, nem muito estreito 3.Negócio e atividades principais 4.Negócio e unidades estratégicas de negócio

3 Qual é o nosso NEGÓCIO. A organização existe para oferecer que tipo de serviço, ou que tipo de contribuição, à comunidade? Exemplo do “negócio” de uma ONG Direitos humanos e saúde.

4 Qual é a MISSÃO da organização. Quem somos? Qual é a nossa finalidade? Que fazemos para reconhecer, antecipar e responder à finalidade? Como devemos responder aos nossos Grupos de Influências? Quais são nossas cultura e filosofia? Que nos faz ser distinto e único? Exemplo de missão (O que queremos como organização?): Atuar como centro de referência na defesa e na promoção do respeito à diversidade humana, através de ações mobilizadoras, informativas, educativas e sociais.

5 “ Nossa missão é oferecer os melhores produtos e serviços melhorando nossa qualidade a cada dia e procurando encantar sempre o cliente”. ?

6 Repensar sua Missão SIM OU NÃO???

7 SLOGAN Missão TIM: “Facilitar a vida das pessoas pela comunicação sem fronteiras”. Slogan TIM: “Viver sem fronteiras”

8 Qual é a nossa VISÃO do futuro, em relação a área em que atuamos? Como se pretende que a organização seja vista e reconhecida? É uma projeção das oportunidades futuras do negócio da organização e uma concentração de esforços na sua busca; Onde desejamos colocar a organização? Como incorporar as inovações necessárias ao seu atingimento? É semelhante a um sonho. Mas ao contrário do sonho, ela diz respeito à realidade. Exemplo de visão de futuro: uma sociedade em que os gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais sejam respeitados em todos os âmbitos de suas vidas.

9 CONDUTA ORGANIZACIONAL Princípios Valores Políticas Crenças / Doutrinas

10 PRINCÍPIOS Devem ser o núcleo central para com o estabelecimento da Missão. Empresa Matsushita “Proporcionar cada vez mais valor para todas as partes interessadas como fabricantes de produtos eletroeletrônico.” “Reconhecer nossas responsabilidades como fabricantes de produtos eletroeletrônicos, fomentar o progresso, promover o bem-estar geral da sociedade e dedicar-nos a um desenvolvimento maior da cultura mundial.”

11 CRENÇAS / DOUTRINAS É o crer da Organização. Resulta dos Princípios que a Organização cultiva. Empresa Matsushita “O progresso e o desenvolvimento podem ser obtidos apenas através dos esforços combinados e da cooperação de todos os membros da companhia. Todos nós, por conseguinte, em nenhum momento esqueceremos de nos dedicarmos ao aprimoramento contínuo de nossa companhia.”

12 VALORES Sinalizam o que se persegue em termos de padrão de comportamento de toda a equipe na busca da excelência. Consistem na colocação em prática da Ética. Estabelecem um vínculo entre a Missão e a Tomada de decisão Comunicação; Ética; Parceria;Autoconhecimento; Competência;Melhoria contínua; Responsabilidade Os sete Valores espirituais da Empresa Matsushita “1. Serviço à Nação através da indústria 2. Lealdade Decisões mais éticas 3. Harmonia e Cooperação 4. Luta pelo melhoramento 5. Cortesia e Harmonia 6. Ajustamento 7. Gratidão.”

13 VALORES Questões que Quer ou pode Perseguir. SLOGAN: “o cliente sempre tem razão” “os colaboradores são nossa principal força” Ser singular em algo valioso que possa agradar um grupo amplo Clientes e fornecedores são nossos parceiros Valorização das pessoas

14 POLÍTICAS EMPRESARIAIS

15 POLÍTICA ORGANIZACIONAL Clientes Colaboradores Governo Concorrentes Fornecedores Comunidade

16 POLÍTICAS EMPRESARIAIS CARACTERÍSTICAS Flexibilidade Abrangência Coordenação Ética CLASSIFICAÇÃO Gerais Específicas OBJETIVOS Estabelecer as bases sobre como os objetivos e metas serão alcançados; Mostrar aos colaborados o que eles podem fazer para contribuir para o alcance dos resultados da empresa; Estabelecer limites ao PE desenvolvido.

17 POLÍTICAS São as “regras” que formalizam as ações orientadas para a Visão da Organização e permitindo o exercício da Missão. Política Poder em ação Base de sustentação para o P.E Empresa Matsushita Produção – aprimorar técnicas e procedimentos de operação e manutenção que maximizem as condições de segurança, eficiência e redução de custos. Finanças – manter a relação entre capital próprio e de terceiros, de maneira a não comprometer a estabilidade financeira da empresa. Suprimentos – buscar permanentemente a padronização de materiais e equipamentos.

18 ANÁLISE AMBIENTAL “ Se conhecemos o inimigo ( ambiente externo ) e a nós mesmos ( ambiente interno ), não precisamos temer o resultado de uma centena de combates.Se nos conhecemos, mas não ao inimigo, para cada vitória sofreremos uma derrota.Se não nos conhecemos nem ao inimigo, sucumbiremos em todas as batalhas” Sun Tzu É O PROCESSO DE IDENTIFICAÇÃO DE OPORTUNIDADES, AMEAÇAS, FORÇAS E FRAQUEZAS QUE AFETAM A ORGANIZAÇÃO NO CUMPRIMENTO DA SUA MISSÃO

19 Ambiente INTERNO – explicitar os atributos positivos e negativos internos da Empresa perante o mercado, concorrência e a si própria: – FORÇAS ( Strenghts ) – FRAQUEZAS ( Weaknesses ) Ambiente EXTERNO – detectar influências externas de contextos politicos, legais, sociais, tecnológicos e mercadológicos, criando: – OPORTUNIDADES ( Opportunities ) – AMEAÇAS ( Threats ) Construir Matriz de enquadramento da POSTURA ESTRATÉGICA Análise Ambiental - SWOT

20 ANÁLISE DO AMBIENTE ONDE ESTAMOS ? QUEM SÃO OS MELHORES? POR QUE ? O QUE ELES ESTÃO FAZENDO? O QUE NÓS ESTAMOS FAZENDO ?

21 Organização Política Economia Demografia Tecnologia Natureza Cultura Política Econômica Públicos Macroambiente COMPONENTES DO AMBIENTE AMBIENTE GERAL ou macroambiente ou ambiente externo AMBIENTE OPERACIONAL ou microambiente, ou ambiente-tarefa ou ambiente próximo Fornecedores Mão-de-Obra Clientes Concorrência AMBIENTE INTERNO: recursos, aspectos estruturais, produtivos, humanos

22 Ambiente Externo MACROAMBIENTE Econômico – (des)valorização da moeda nacional, TXx de juros, fusões e aquisições entre as empresas mundiais, aumento do comércio entre os países, etc. Tecnológicos – Internet, automação, biotecnologia, etc. Sociais (culturais, demográficos, ecológicos)– Envelhecimento da população, fim do emprego, preocupação ambiental. Políticos e legais – Incentivos fiscais, mudanças de legislação, monopólios e concessões. MICROAMBIENTE/ AMBIENTE COMPETITIVO E DE RELACIONAMENTO Concorrentes – avaliar os seus recursos Fornecedores – poder de negociação, diferenciação Clientes – suas características e comportamento Mão-de-obra – capacitados para realizar as tarefas organizacionais

23 Análise do ambiente externo Identificação das forças/variáveis e indicadores ambientais; Ordenação das forças/variáveis ambientais; Avaliação do grau de seu impacto Porte da Organização; Setor em que opera; Natureza da Organização; Segmento em que atua. Avaliação do efeito do impacto Positivo – Configurado em oportunidades Negativo – Configurado em ameaças "Não são as espécies mais fortes que sobrevivem, nem as mais inteligentes, mas aquelas mais sensíveis às mudanças." Charles Darwin

24 Variáveis e Indicadores SOCIAIS Desemprego CULTURAL Maior permanência no lar ECONÔMICA Maior consumo de energia, Água, etc. POLÍTICA Aumento período licença maternidade

25 Avaliação do efeito do impacto Comportamento de algumas variáveis / indicadores Variáveis / Indicadores OportunidadesAmeaçasAções POLÍTICA Aumento período licença maternidade SOCIAIS Maior Desemprego CULTURAL Maior permanência no lar ECONÔMICA Maior consumo de energia,Água, etc.

26 Análise do ambiente competitivo e de relacionamento Análise estrutural do setor Nível de rivalidade Ameaça de entradas Ameaça de substitutos O poder de compra do comprador O poder de negociação do fornecedor Análise de relacionamento Relacionamento institucional Relacionamento funcional Relacionamento competitivo Públicos relevantes Público mútuo Público almejado Público indesejável Gestão das relações Parcerias Redes Alianças estratégicas Operacionalização das relações

27 Forças Competitivas de uma Indústria Entrantes Potenciais Concorrentes na Indústria Rivalidade nas empresas existentes Compradores Ameaça de novos entrantes Poder de negociação dos compradores Poder de negociação dos concorrentes Fornecedores Substitutos Ameaça de serviços ou produtos substitutos

28 Ambiente Interno Aspectos Organizacionais – estrutura da organização, procedimento, regras, hierarquia de objetivos, capacidade gerencial e administrativa,etc. Aspectos funcionais Pessoal – sistema de AD, práticas de recrutamento, programas de treinamento, etc. Marketing – segmentação de mercado, estratégia de preço, estratégia de distribuição, etc. Financeiros – oportunidades de investimento, lucratividade, liquidez, etc Produção - layout das instalações, uso da tecnologia,etc. Logística – suprimentos, armazenagem, transportes, processamento pedidos

29 Recursos Recursos utilizados na análise das mudanças do ambiente interno: Benchmarking Reengenharia Cadeia de valores um sistema de atividades econômicas interdependentes que garantem o negócio por meio dos relacionamentos mantidos pela org. em unidades mais elementares.

30 FORÇAS OPORTUNIDADES ALAVANCAGEM FRAQUEZASAMEAÇAS PROBLEMAS LIMITAÇÕES VULNERABILIDADES ANÁLISE SITUACIONAL

31 MATRIZ FOFA/SWOT 1 quadrante: POTENCIAL Quadrante das potencialidades de ação ofensiva. Representa a força e o vigor da organização para aproveitar as oportunidades 2 quadrante: INTERMEDIÁRIO Quadrante da capacidade defensiva onde as forças da organização conseguem formar uma Barreira às ameaças do ambiente externo 3 quadrante: INTERMEDIÁRIO Quadrante de debilidade onde as fraquezas da organização impedem ou dificultam o aproveitamento das oportunidades 4 quadrante: DECLÍNIO Quadrante das vulnerabilidades que representa a Fraqueza da organizaçào no lidar com as ameaças

32 Grandes Escolhas Problemas Estratégias Objetivos Estratégicos Projetos

33 Muito do nosso planejar é para poder resolver problemas. Mas... O que é problema??

34 1. Identificar Problemas Os fatores críticos de sucesso identificados se constituem em importante insumo para a estratégia de atuação da instituição. Uma vez conhecidos, é preciso identificar sua presença ou ausência, ou seja, identificar os problemas que fazem com que não se tenham as condições consideradas como críticas para o sucesso.

35 PROBLEMA CAUSA 1 CAUSA 2 CAUSA 3 CAUSA 1.1CAUSA 1.2 CAUSA 2.1CAUSA 3.1CAUSA 2.2 CAUSA 3.2 EFEITO 1 Efeitos Causas Causas = razões da ocorrência CAUSA EFEITO Planejamento Estratégico - conceitos e ferramentas

36 sala com temperatura inadequada numero baixo de equipamentos Poucas linhas telefônicas Falta de agilidade Falta de proatividade n. insuficiente Proced. complexo Sem padronização atend. absenteísmo Linha em aberta Linha sem atendimento Linha ruidosa Linhas indisponíveis / não toca

37 Como é possível notar pelo gráfico o defeito "Linha ruidosa" (defeito nas uniões dos fios telefônicos ou emendas mal feitas) representa 49% de todos os defeitos ocorridos no período e que os dois maiores defeitos "Linha ruidosa" e "Linha Aberta" (deixar o telefone fora do gancho) representam juntos 70% de todos os defeitos. Corrigindo estes dois defeitos teremos uma melhoria de 70% no sistema.

38 Plano de ação Deve-se definir também no plano de ação as metas para cada objetivo

39

40 CRONOGRAMA

41

42 ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pontos fortes e fracos Oportunidades e ameaças Onde a organização está hoje Propósitos e objetivos da organizaçã o Estratégia Consiste na determinação do curso de ação que possibilitará a realização dos objetivos organizacionais

43 O que é Estratégia Definição de ESTRATÉGIA como: –Plano – dire ç ão, metodo – olhar à frente –Padrão – comportamento – olhar para tr á s –Posição – cria ç ão de, ú nica – olhar para baixo e para fora –Perspectiva – à maneira de – olhar para dentro e para cima –Truque – manobra A ESTRATÉGIA possibilita: –Fixar Direção comum a todos –Focalizar esfor ç os e recursos –Definir a organização e estruturas –Prover coerência e consistência em posturas, a ç ões e resultados MINTZBERG et al, 2000

44 Criação de ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS – – Estratégias Gerais Investimentos Fusões Aquisições Joint-ventures – Estratégias Funcionais Marketing – 5 P´s Produção/Operação – Recursos Tecnológicos e Materiais Recursos Humanos – Perfis, Qtdes., Habilidades e Competências Finanças – Origens e aplicações Logística – suprimentos, estoque, armazém, transporte, processamento de pedidos, localização das instalações.

45 Qual a diferença: OBJETIVOS METAS &

46 OBJETIVOS/METAS Resultado quantitativo ou qualitativo que a organização precisa alcançar em um prazo determinado, dada a estratégia escolhida, no contexto do seu ambiente para concretizar a sua visão de futuro e cumprir sua missão OBJETIVOS INSTITUCIONAIS OBJETIVOS INTERMEDIÁRIOS OBJETIVOS DEPARTAMENTAIS Estácio CENTROS

47 Características dos Objetivos Estratégicos : Aceitáveis Flexíveis Mensuráveis Motivadores Sintonizados Inteligíveis Alcançáveis Objetivos Estratégicos são resultados prioritários - formulados em termos qualitativos ou qualitativo - que devem ser alcançados ou mantidos no horizonte do Plano Estratégico. Claudio Porto Objetivos Estratégicos Situações favoráveis que esperamos obter com a solução de cada problema. Devem ser perseguidos a fim de que a organização cumpra sua Missão.

48 Prevenir e controlar doenças e outros agravos; Ser o centro nacional de excelência em vigilância epidemiológica e ambiental em saúde; Assegurar a saúde dos povos indígenas; Estimular a prática de hábitos saudáveis que contribuam para a prevenção de doenças e outros agravos; Fomentar soluções de saneamento para prevenção e controle de doenças; Buscar o permanente desenvolvimento organizacional, gerencial e tecnológico da Instituição; Obter o reconhecimento nacional e internacional como instituição de excelência em promoção e proteção à saúde. Exemplos de Objetivos Estratégicos da FUNASA

49 Meta é: “uma quantificação que deve ser alcançada em um determinado prazo” Determinação de Metas lRESULTADOS PRETENDIDOS; lALVOS FUTUROS; lDEVEM REPRESENTAR DESAFIOS ALCANÇÁVEIS PELA ORGANIZAÇÃO.

50 Definição de metas Uma Meta deve ter: valor e prazo. O valor é quantificação do quanto queremos. O prazo é tempo esperado para alcançar o desejado.

51 ALGUMAS METAS DA FUNASA para 2001 Erradicar o sarampo; Eliminar o tétano neonatal; Implantar 12 laboratórios de fronteira; Realizar inquéritos nacionais sobre saúde da criança e da mulher; Reduzir em 50% a mortalidade infantil em áreas indígenas; Intensificar as ações de Educação em Saúde e Mobilização Social no controle da malária em 254 municípios da Amazônia Legal.

52 Objetivo: sistematizar a pesquisa de satisfação junto aos clientes. Valor: principais clientes Prazo: até julho de 2006 Objetivo: Estabelecer um processo de bechmarking Valor: para os processos produtivos Prazo: até setembro de 2006 Metas

53 Estratégia de aumento de faturamento “Melhorar a estabilidade da organização, aumentando as fontes de faturamento dos clientes existentes” Aumentar resultados Expandir mix de faturamento Aumentar a confiança do cliente na consultoria financeira Conhecer os diferentes clientes Desenvolver novos produtos “Cross-selling” da linha de produtos Aumento da produtividade dos colaboradores Fornecer treinamento estratégico Prover acesso a informações estratégicas Alinhar com objetivos pessoais Financeira Cliente Processos internos Aprendizado e crescimento

54 Questionamentos Tem substância? São factíveis? São acessíveis? São coerentes? Todos os enunciados abordados devem ser estabelecidos,de modo que todos os membros da Organização possam entendê-los, praticá-los e acreditar neles. Específicos; Públicos; Claros; Possíveis de reformulações

55 Bibliografia KOTLER, Philip.. Administração de Marketing. 10 ed. São Paulo: Editora Prentice-Hall do Brasil,2000 OLIVEIRA, Djalma. P R.. Planejamento estratégico: conceitos, metodologia e práticas. 22ª ed. São Paulo: Editora Atlas, 2005 Robert Kaplan/David Norton, “The Balanced Scorecard” FERNANDES, Bruno Henrique Rocha.. Administração estratégica:competência empreendedora à avaliação de desempenho. São Paulo: Saraiva, 2005.


Carregar ppt "FASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise do negócio Diagnóstico Estratégico Análise ambiental (Análise estratégica Interna e Externa) Missão / Propósitos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google