A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A PSICOLOGIA E O COMPORTAMENTO HUMANO. A preocupação de conhecer o comportamento humano tem sido uma constante desde os primórdios da humanidade. A análise.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A PSICOLOGIA E O COMPORTAMENTO HUMANO. A preocupação de conhecer o comportamento humano tem sido uma constante desde os primórdios da humanidade. A análise."— Transcrição da apresentação:

1 A PSICOLOGIA E O COMPORTAMENTO HUMANO

2 A preocupação de conhecer o comportamento humano tem sido uma constante desde os primórdios da humanidade. A análise da evolução mostra diferente tentativas, cada uma delas baseada nas crenças e nos conhecimentos da cultura em que se inspira.

3 A correta compreensão das diferenças individuais, dos grupos, das comunidades das organizações como entidades psicossociais pode levar à compreensão e a predições razoáveis do comportamento individual, do grupo, da organização e da comunidade.

4 Diversas teorias psicológicas tem entendido o comportamento dos seres vivos de formas diferentes, por terem partido de compreensões ou paradigmas de pensamentos diferentes acerca do que é o ser humano.

5 Para os behavioristas (comportamentalistas), o comportamento humano compreende apenas as reações observáveis de forma direta.

6 Já os cognitivistas têm como paradigma de pensamento o ser humano como um ser biopsicossocial. Partem do pressuposto de que o ser humano é um ser cognitivo, dotado de desejos, emoções, linguagem e capacidade de interação e comunicação; pressupõem a existência da mente humana.

7 Corrente denominada humanista tem como pressuposto básico a natureza socioemocional do ser humano. Abordam o estudo e o controle do comportamento humano a partir da identificação dos fatores emocionais e da satisfação das necessidades emocionais do ser humano

8 Psicologia vem adotando o método cientifico de formas diversas, respeitando não somente a orientação teórica daquele que realiza o estudo científico, mas também a natureza do fenômeno em estudo.

9 No momento em que a Psicologia definiu seus objetivos como a descrição, a explicação e a predição do comportamento, conseguiu-se, no decorrer de seu desenvolvimento, especialmente com a crescente contribuição de conhecimentos obtidos por meio de estudos, experimentos e pesquisas, ampliar e compreender melhor a complexidade desses objetivos.

10 A integração dos conhecimentos de outras áreas do conhecimento humano tem possibilitado a identificação de fatores que influenciam o comportamento. É impossível explicar o comportamento por meio de uma causa única.

11 Fatores biológicos Fatores antropológicos Fatores econômicos Fatores psicológicos Fatores Físicos e ambientais Fatores políticos Fatores sociológicos COMPORTAMENTO HUMANO

12 A observação, o estudo cientifico, se faz á luz de teorias. Uma teoria é, pois, um conjunto de enunciados relativos a determinada realidade ou fenômeno, que permite testar sua veracidade por meio da pesquisa empírica.

13 Como enunciados (teóricos), as teorias são elaboradas a partir da idéia ou da concepção que dado cientista tem acerca do fenômeno em estudo.

14 As teorias psicológicas não são definitivas. Os conhecimentos adquiridos por meio de novas pesquisas e de novos estudos são integrados ás teorias, levando-as, assim, á reformulação e á atualização.

15 A Psicologia, como acentuam Kelman (1968) e Ruch e Zimbardo (1971), pode ser utilizada como um instrumento de libertação do ser humano. Pode ser utilizada:* Para ajudá-lo a libertar-se quer das barreiras internas, quer das externas, que impedem seu crescimento e desenvolvimento. *Mas também pode ser usada como um instrumento para conduzir o indivíduo de acordo com os interesses de outros, seja da sociedade em sentido mais amplo, seja das organizações, seja de grupos ideológicos.

16

17 ORIGEM DO TERMO: do inglês “behavior” => comportamento

18 Pavlov - F isiólogo russo Foi o primeiro a propor o modelo de condicionamento do comportamento conhecido como condicionamento reflexo, e tornou-se conceituado com suas experiências de condicionamento com cães. O papel do condicionamento na psicologia do comportamento.

19 Idéias básicas do condicionamento: Algumas respostas comportamentais são reflexos incondicionados, ou seja, são inatas em vez de aprendidas; enquanto que outras são reflexos condicionados, aprendidos através do emparelhamento com situações agradáveis ou aversivas simultâneas ou imediatamente posteriores; Através da repetição consistente desses emparelhamentos é possível criar ou remover respostas fisiológicas e psicológicas em seres humanos e animais; Essa descoberta abriu caminho para o desenvolvimento da psicologia comportamental.

20 John.B. Waltson (1878 – 1958)

21 Waltson postula como objetivo da Psicologia o comportamento. Comportamento: observável, mensurável e reproduzido em diferentes condições e sujeitos.

22 Estímulo e Resposta (S-R): unidades básicas da ciência do comportamento.

23 O homem é estudado como produto das associações estabelecidas durante sua vida entre estímulos e respostas (aprendizagem).

24 Teoria do Behaviorismo Os fundadores e os seguidores da corrente behaviorista (comportamentalista), partiram do pressuposto materialista do ser humano; para eles, o individuo é uma entidade biológica, constituído por um conjunto de órgãos interligados sob o comando do cérebro. O comportamento humano é explicado pelas conexões cada vez mais elaboradas da rede de neurônios e isso se dá em contextos ambientais específicos.

25 O ser humano é reduzido ao sistema fisiológico e o estudo do comportamento humano deve ser objetivo, estudando-se as leis do comportamento humano e animal da mesma forma que são estudadas as leis de um comportamento qualquer físico e químico (Guillaume, 1942).

26 O sentido de "Behaviorismo" foi sendo modificado com o decorrer do tempo e hoje já não se entende o comportamento como uma ação isolada do sujeito, mas uma interação entre o ambiente (onde o "fazer" acontece) e o sujeito (aquele que "faz"), passando o "Behaviorismo" a se dedicar ao estudo das interações entre o sujeito e o ambiente, e as ações desse sujeito (suas respostas) e o ambiente (os estímulos).

27 B. F. Skinner ( ) O mais importante behaviorista depois de Watson. A base do trabalho de Skinner refere-se a compreensão do comportamento humano através do comportamento operante

28 Fundamento do condicionamento do comportamento operante: Lei do Efeito, de Thorndike: “um ato pode ser alterado na sua força pelas suas conseqüências”.

29 Reforço: Estímulo reforçador = “reforço”. Positivo: fortalece o comportamento que o precede; Negativo: (recebe o estímulo desagradável) fortalece a resposta que o remove.

30 Punição (rápido): forma de extinguir um comportamento. Todo organismo tende a fugir de estímulos aversivos, indesejáveis (dosado). Exemplo: castigo, palmadas.

31 DIFERENÇA ENTRE REFORÇAMENTO NEGATIVO E PUNIÇÃO: No reforço negativo um novo comportamento está sendo instalado para se evitar um estímulo desagradável. Na punição um determinado comportamento estará sendo eliminado através de um estímulo aversivo.

32 É necessário o conhecimento das necessidades humanas para poder compreender o comportamento humano e utilizar os conhecimentos sobre motivação para a melhoria da qualidade de vida nas organizações.


Carregar ppt "A PSICOLOGIA E O COMPORTAMENTO HUMANO. A preocupação de conhecer o comportamento humano tem sido uma constante desde os primórdios da humanidade. A análise."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google