A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro Biomédico Faculdade de Odontologia LESÕES PERIODONTAIS AGUDAS Prof. Dra. Tania Maria Galheigo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro Biomédico Faculdade de Odontologia LESÕES PERIODONTAIS AGUDAS Prof. Dra. Tania Maria Galheigo."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro Biomédico Faculdade de Odontologia LESÕES PERIODONTAIS AGUDAS Prof. Dra. Tania Maria Galheigo

2 LESÕES PERIODONTAIS AGUDAS

3 TIPOS - AAP   DOENÇAS PERIODONTAIS NECROSANTES AGUDAS GENGIVITE ULCERATIVA NECROSANTE - GUN PERIODONTITE ULCERATIVA NECROSANTE - PUN   ABSCESSOS DO PERIODONTO ABSCESSO GENGIVAL ABSCESSO PERIODONTAL ABSCESSO PERICORONÁRIO

4 PARÂMETROS - AAP Início rápido Periodonto / outras estruturas Dor ou desconforto Infecção Relacionada ou não com gengivite ou periodontite Localizada/generalizada Possíveis manifestações sistêmicas  Doenças Periodontais Necrosantes Agudas Gengivite Ulcerativa Necrosante – GUN Periodontite Ulcerativa Necrosante - PUN TIPOS - AAP

5 DOENÇAS PERIODONTAIS NECROSANTES AGUDAS Gengivite necrosante aguda Periodontite necrosante aguda Estomatite necrosante aguda  Gengivite Ulcerativa Necrosante Aguda gengivite fuso-espiralar gengivite ulceromembranosa gengivoestomatite necrosante boca de trincheira NOMENCLATURA

6 DOENÇA PERIODONTAL NECROSANTE NOMENCLATURA GENGIVITE NECROSANTE AGUDA Limitada a gengiva Sem perda de inserção periodontal PERIODONTITE NECROSANTE AGUDA Perda de inserção periodontal Limitada aos tecidos periodontais ESTOMATITE NECROSANTE AGUDA Progressão e inclusão de tecidos além da JMG Noma

7 DPNA DPNA Desenvolvimento das lesões Gengivite pré-existente Eritema linear gengival Crateras interproximais Formação do seqüestro Envolvimento da mucosa alveolar Formas crônicas/recorrentes e agudas da GN e PN Necrose da gengiva papilar – sinal patognomônico Necrose da gengiva marginal Pseudomembrana Sangramento gengival Dor e halitose Crateras e seqüestro ósseo Aumento do fluxo salivar Febre, mal-estar e linfoadenopatia Dificuldade em se alimentar SINAIS E SINTOMAS

8 DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL GUN Etiologia: Bactérias Idade: anos Sítio: papila interdental e gengiva marginal Sintomas: dor, tecido necrótico e ulcerado e resíduos branco- amarelados Febre baixa Duração: 1- 2 dias, se tratada Transmissibilidade: - Cicatrização: pode deixar seqüela Etiologia: Vírus Herpes simples Idade Gengiva e toda mucosa oral Dor, vesículas que se rompem: úlceras redondas cobertas por uma rede de fibrina Febre: 38 0 C ou mais Duração: 1 a 2 semanas Transmissibilidade: + Cicatrização: não deixa seqüela Gengivo-estomatite Herpética Aguda Primária - GHAP Gengivo-estomatite Herpética Aguda Primária - GHAP

9 DPNA - MICROBIOLOGIA Flora constante: Treponema sp, Selenomonas sp e Prevotella intermedia Flora variável: vários tipos bacterianos Flora: espiroquetas e fusiformes DPNA - HIV Pouca informação disponível Borrelia, cocos G +, estreptococos β hemolíticos, citomegalovírus e outros

10 DPNA - ETIOPATOGENIA BACTÉRIAS FATORES PREDISPONENTES Gengivite pré-existente/higiene oral inadequada Fumo (tabaco) Álcool FATORES PREDISPONENTES Estresse psicológico Desnutrição Doenças sistêmicas: HIV, leucemia e neutropenia Outras imunodeficiência/imunossupressão

11 GNA - HISTOPATOLOGIA Ulceração com necrose do epitélio e das camadas superficiais do tecido conjuntivo Reação inflamatória aguda inespecífica Microrganismos nos tecidos necrosados e sadios Aspecto histopatológico (Listgarten, 1965) Zona superficial Zona rica em neutrófilos Zona necrótica Zona de invasão bacteriana

12

13 DPNA - TRATAMENTO Fase aguda Tratamento periodontal (convencional) Fase de manutenção OBJETIVO DO TRATAMENTO DA FASE AGUDA Eliminar a atividade da doença Evitar a dor e o desconforto geral do paciente TRATAMENTO - FASE AGUDA Raspagem com ultra-som/instrumentos manuais Peróxido de hidrogênio: debridamento e bochecho Clorexidina a 0,2%: efetividade do bochecho Metronizadol/antibióticos (penicilina e tetraciclina)

14 DPNA - TRATAMENTO TRATAMENTO PERIODONTAL Instruções de higiene oral: dispositivos interproximais HIV TRATAMENTO PERIODONTAL Raspagem supra e subgengival/alisamento radicular Gengivectomia: crateras gengivais rasas Cirurgia a retalho: crateras gengivais + profundas Eliminação de fatores predisponentes: prevenção da recorrência FASE DE MANUTENÇÃO Freqüência das consultas

15

16

17

18

19

20

21

22 gege

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37 GUNA

38

39

40

41

42 gub

43 Op

44 GEHAP

45

46

47

48 GEHAP

49 GEHAP

50

51

52

53 ABSCESSOS DO PERIODONTO - CLASSIFICAÇÃO Gengival Periodontal Pericoronário Simples Múltiplo Agudo Crônico

54 ABSCESSO GENGIVAL Definição Impactação de corpo estranho Sítios previamente sadios da gengiva CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS Elevação ovóide Supuração TRATAMENTO DA LESÃO AGUDA Remoção do corpo estranho

55 ABSCESSO PERICORONÁRIO Definição Dente parcialmente erupcionado Radiografia TRATAMENTO DA FASE AGUDA Raspagem do capuz gengival Peróxido de hidrogênio/clorexidina TRATAMENTO Cirúrgico: gengivectomia ou cunha distal Extração do dente

56 DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL - ABSCESSOS ABSCESSO PERIODONTAL Presença de periodontite Radiografia: perda óssea ABSCESSO PERIAPICAL Comprometimento da polpa Radiografia: lesão apical ABSCESSO PERICORONÁRIO Dente parcialmente erupcionado

57 ABSCESSO PERIODONTAL AGUDO - MECANISMOS EXARCEBAÇÃO DA LESÃO CRÔNICA Pacientes com periodontite não tratada Infecção recorrente - terapia periodontal de suporte ABSCESSO PERIODONTAL AGUDO PÓS-TERAPIA Pós-raspagem subgengival Pós-cirurgia Pós-antibiótico FORMAÇÃO DO APA Fechamento marginal de bolsas profundas, tortuosas e estreitas à falta de drenagem natural

58 APA - TRATAMENTO TRATAMENTO DA LESÃO AGUDA Incisão e drenagem Drenagem cirúrgica através da bolsa periodontal Raspagem subgengival/alisamento radicular Administração antibiótica TRATAMENTO PERIODONTAL Tratamento da lesão original e/ou residual Instruções de higiene oral, raspagem supra e subgengival/alisamento radicular Cirurgia periodontal FASE DE MANUTENÇÃO Freqüência das consultas

59 ABSCESSO

60

61 CFG

62

63 GHH

64 ABSCESSO

65


Carregar ppt "Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro Biomédico Faculdade de Odontologia LESÕES PERIODONTAIS AGUDAS Prof. Dra. Tania Maria Galheigo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google