A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola de Governo do Rio Grande do Norte. 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola de Governo do Rio Grande do Norte. 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e."— Transcrição da apresentação:

1 Escola de Governo do Rio Grande do Norte. 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades.

2 Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Expositor: Prof. Alberto Teixeira – - E Local: Natal (15.09), Mossoró (16.09) de 2009.

3 Escola de Governo do Rio Grande do Norte – 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. ROTEIRO ROTEIRO Quais são as características da Sociedade que nos Temos e da Sociedade que Queremos? Qual o Estado, Qual o mercado que nós temos? Quais são as características da Sociedade que nos Temos e da Sociedade que Queremos? Qual o Estado, Qual o mercado que nós temos? Quem somos (gestores públicos)? Qual a nossa Cultura institucional? Quem somos (gestores públicos)? Qual a nossa Cultura institucional? Qual o tipo de servidor e de gestor que nós somos? Somos realmente Servidor Público? Qual o tipo de servidor e de gestor que nós somos? Somos realmente Servidor Público? Qual o nosso compromisso com a Sociedade? Qual o nosso compromisso com a Sociedade? Qual o nosso papel na construção de um bom governo? Qual o nosso papel na construção de um bom governo? Qual o nosso papel na construção de uma governança para o desenvolvimento? Qual o desenvolvimento? Qual o desenvolvimento que estamos falando? Qual o desenvolvimento que desejamos? Qual o nosso papel na construção de uma governança para o desenvolvimento? Qual o desenvolvimento? Qual o desenvolvimento que estamos falando? Qual o desenvolvimento que desejamos? Quem são os nossos aliados? Quem são os nossos opositores? Quem são os nossos aliados? Quem são os nossos opositores? Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Tecendo vontades e saberes na concretização das nossas utopias, em realidades... Tecendo vontades e saberes na concretização das nossas utopias, em realidades...

4 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Quais são as características da Sociedade que nos Temos? Quais são as características da Sociedade que nos Temos? Dual? Apartada? Igualitária? Desigual? Cooperativa? Solidária? Dual? Apartada? Igualitária? Desigual? Cooperativa? Solidária? Como é a sociedade nos países do norte, na África, na América Latina, no meu país, no meu Estado? Como é a sociedade nos países do norte, na África, na América Latina, no meu país, no meu Estado? Como é a comunidade do meu lugar? Como é a comunidade do meu lugar?

5 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Retratos da(s) Sociedades (s) Retratos da(s) Sociedades (s) Apenas ¼ da população mundial tem acesso a casa e o automóvel, símbolos de consumo do capitalismo do século XX. Apenas ¼ da população mundial tem acesso a casa e o automóvel, símbolos de consumo do capitalismo do século XX. No Brasil, as famílias de classe média e ricas têm, em média, 13 serviçais à sua disposição para prestar serviços. São mais de 20 milhões de pessoas com remuneração extremamente baixa. No Brasil, as famílias de classe média e ricas têm, em média, 13 serviçais à sua disposição para prestar serviços. São mais de 20 milhões de pessoas com remuneração extremamente baixa. Estamos entre as 10 principais economias do mundo.E, entre os mais desiguais do mundo. Estamos entre as 10 principais economias do mundo.E, entre os mais desiguais do mundo. Os brasileiros do “andar de cima”, e em outros paises do mundo, tem tudo ou quase tudo independente da região. Os brasileiros do “andar de cima”, e em outros paises do mundo, tem tudo ou quase tudo independente da região. QUAL A SITUAÇÃO EM NOSSO ESTADO? E EM NOSSA CIDADE? QUAL A SITUAÇÃO EM NOSSO ESTADO? E EM NOSSA CIDADE?

6 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Retratos da(s) Sociedades (s) Retratos da(s) Sociedades (s) Com o padrão de consumo atual (só de 1/4 de consumidores de 6,5 bilhões de habitantes) já nos anos 40 deste século a temperatura da terra será 3 ou 4 graus mais quente do que a de hoje; Com o padrão de consumo atual (só de 1/4 de consumidores de 6,5 bilhões de habitantes) já nos anos 40 deste século a temperatura da terra será 3 ou 4 graus mais quente do que a de hoje; A prevalência da (Des) Governança pública mundial. Instituições Internacionais esgotadas (BIRD, FMI, ONU...) A prevalência da (Des) Governança pública mundial. Instituições Internacionais esgotadas (BIRD, FMI, ONU...) E as nossas instituições Regionais, como estão? E as nossas instituições Regionais, como estão? A governança das corporações: O faturamento anual da PETROBRÁS equivale ao PIB da Argentina (US$ 181 bi). O Faturamento anual das três maiores corporações do mundo equivale ao PIB do Brasil(US$ 882 bi, em 2007). O Faturamento das 50 maiores corporações do mundo é maior do que o PIB 100 países. (Pochmann, M. Caros Amigos, ). A governança das corporações: O faturamento anual da PETROBRÁS equivale ao PIB da Argentina (US$ 181 bi). O Faturamento anual das três maiores corporações do mundo equivale ao PIB do Brasil(US$ 882 bi, em 2007). O Faturamento das 50 maiores corporações do mundo é maior do que o PIB 100 países. (Pochmann, M. Caros Amigos, ).

7 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Retratos da(s) Sociedades (s) Retratos da(s) Sociedades (s) BR: Temos nos últimos anos conseguido uma expansão econômica e social. BR: Temos nos últimos anos conseguido uma expansão econômica e social. Redução do número de pobres, redução das desigualdades, incremento e ampliação no salário mínimo; aumento do crédito e redução das taxas de juros (uma das mais altas do mundo); Redução do número de pobres, redução das desigualdades, incremento e ampliação no salário mínimo; aumento do crédito e redução das taxas de juros (uma das mais altas do mundo); Forte expansão do uso das novas tecnologia da informação e comunicação. Impactando de forma diferenciadas (+, -) nos diferentes setores e segmentos – Estado, Sociedade, setor privado. A sociedade da Informação, do conhecimento em rápida expansão, convivendo com a tradicional... Forte expansão do uso das novas tecnologia da informação e comunicação. Impactando de forma diferenciadas (+, -) nos diferentes setores e segmentos – Estado, Sociedade, setor privado. A sociedade da Informação, do conhecimento em rápida expansão, convivendo com a tradicional... Em nosso Estado, em nosso município, como se refletem estas situações? Como está a aplicação do PAC e as perspectivas? Em nosso Estado, em nosso município, como se refletem estas situações? Como está a aplicação do PAC e as perspectivas?

8 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Retratos da(s) Sociedades (s) Retratos da(s) Sociedades (s) No Brasil temos em torno de 37 milhões de jovens e destes, a metade não estuda e a outra está fora de série (x idade); Os jovens filho de pobre no BR só estudam quando trabalham (16 horas comprometida). (Pochmann, 2009) No Brasil temos em torno de 37 milhões de jovens e destes, a metade não estuda e a outra está fora de série (x idade); Os jovens filho de pobre no BR só estudam quando trabalham (16 horas comprometida). (Pochmann, 2009) A educação que temos é para a vida e/ou para o trabalho? Ela é transformadora? É libertadora? A educação que temos é para a vida e/ou para o trabalho? Ela é transformadora? É libertadora? Como é a educação no meu lugar? O que tem a ver a educação com a qualidade das nossas políticas públicas? Com a qualidade do serviço público? Com a felicidade da Pólis? É compatível com as exigências da sociedade do conhecimento? Como é a educação no meu lugar? O que tem a ver a educação com a qualidade das nossas políticas públicas? Com a qualidade do serviço público? Com a felicidade da Pólis? É compatível com as exigências da sociedade do conhecimento?

9 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Qual são “as caras” do Estado Brasileiro (executivo,legislativo, judiciário, ministério público? Qual são “as caras” do Estado Brasileiro (executivo,legislativo, judiciário, ministério público? Um estado que serve mais a uns que a outros? A quem? Um estado que serve mais a uns que a outros? A quem? “Foi feito pelos ricos, com os ricos e para os ricos”. (Cristovam Buarque, A segunda abolição) “Foi feito pelos ricos, com os ricos e para os ricos”. (Cristovam Buarque, A segunda abolição)

10 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. É caro para a sociedade? Há ainda marcas de clientelismo, patrimonialismo, mandonismo? “Sabe com quem você está falando”? É caro para a sociedade? Há ainda marcas de clientelismo, patrimonialismo, mandonismo? “Sabe com quem você está falando”? É um estado para a sociedade civil? Possui uma gestão ética e Democrática? (M.A.Nogueira,2004) É um estado para a sociedade civil? Possui uma gestão ética e Democrática? (M.A.Nogueira,2004) Em meu lugar como é visto o Estado? É visto como o Governo (Executivo)? Quem é o “dono” do Estado? Em meu lugar como é visto o Estado? É visto como o Governo (Executivo)? Quem é o “dono” do Estado? Quais os reflexos destas visões na qualidade do serviço Público e na governança ética e democrática? Quais os reflexos destas visões na qualidade do serviço Público e na governança ética e democrática?

11 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Qual o mercado/setor privado que nós temos? Qual o mercado/setor privado que nós temos? Prevalece a livre iniciativa? Há uma democracia econômica (Ladislau Dowbor, 2007) Prevalece a livre iniciativa? Há uma democracia econômica (Ladislau Dowbor, 2007) Prevalece a imperfeição – monopólio, oligopólio,...? Prevalece a imperfeição – monopólio, oligopólio,...? Qual as relações entre o poder econômico, o político e os investimentos sociais? Qual as relações entre o poder econômico, o político e os investimentos sociais? Há uma preocupação ética nas tomadas de decisões e com relação aos resultados? E, quais as implicações para o tipo de desenvolvimento em nosso território? Há uma preocupação ética nas tomadas de decisões e com relação aos resultados? E, quais as implicações para o tipo de desenvolvimento em nosso território? Como são as relações da iniciativa privada (grandes grupos) com as comunidades locais e os governos? Como são as relações da iniciativa privada (grandes grupos) com as comunidades locais e os governos? Eu servidor público, tenho me preocupado com estas tomadas de decisões? Eu servidor público, tenho me preocupado com estas tomadas de decisões?

12 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Quem somos (servidores/gestores públicos) e como somos vistos? Quem somos (servidores/gestores públicos) e como somos vistos? Sou técnico. Não sou político. Não participo de acontecimentos políticos. “Ödeio a política”. Sou técnico. Não sou político. Não participo de acontecimentos políticos. “Ödeio a política”. Sou técnico e político. Ouço, falo e participo das discussões e das decisões técnicas e políticas. Sou técnico e político. Ouço, falo e participo das discussões e das decisões técnicas e políticas. Sou um servidor “público” que trabalho em função do que ganho. Sou um servidor “público” que trabalho em função do que ganho. Sou um administrador público e gerencial: Defendo e pratico os princípios da desburocratização, descentralização, transparência, responsabilização, ética, profissionalismo, competitividade e como foco no cidadão. “São um bando de vagabundos que não fazem nada. Só sabem mamar nas tetas do governo.” “São um bando de vagabundos que não fazem nada. Só sabem mamar nas tetas do governo.”

13 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Quem somos (servidores/gestores públicos) e como somos vistos? Quem somos (servidores/gestores públicos) e como somos vistos? Somos servidores públicos. Preocupados com o bem-comum. Com a pólis. Com o bem-estar de todos e de todas do meu lugar, do meu território. Somos servidores públicos. Preocupados com o bem-comum. Com a pólis. Com o bem-estar de todos e de todas do meu lugar, do meu território. Quem são os nossos aliados? Os nossos opositores? Quem são os nossos aliados? Os nossos opositores? Quais as nossas relações com outros segmentos sociais, empresariais, movimentos sociais, políticos? Quais as nossas relações com outros segmentos sociais, empresariais, movimentos sociais, políticos? Estamos realmente defendendo os interesses da pólis? Estamos buscando a “Felicidade de Todos e de Todas” que vivem na pólis? Estamos realmente defendendo os interesses da pólis? Estamos buscando a “Felicidade de Todos e de Todas” que vivem na pólis?

14 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Compreendendo a realidade, refletindo e atuando. Compreendendo a realidade, refletindo e atuando. Ter responsabilidade de agir na humanização dos seres humanos; na defesa da mãe terra e da VIDA Ter responsabilidade de agir na humanização dos seres humanos; na defesa da mãe terra e da VIDA. Não ter medo da Política e nem de convencer os políticos partidárias que eles não deve ter medo das técnicas de governo e da grande política. Não ter medo da Política e nem de convencer os políticos partidárias que eles não deve ter medo das técnicas de governo e da grande política. A cooperação,a colaboração e a competição podem coexistir em um sociedade mais democrática e mais igualitária. A cooperação,a colaboração e a competição podem coexistir em um sociedade mais democrática e mais igualitária.

15 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Como nos gestores públicos podemos construir o que desejamos e o que a sociedade contemporânea deseja? Participar com os seus saberes, vontades e mobilização na construção de uma governança que seja ética e democrática favorável a um desenvolvimento humano e sustentável. Participar com os seus saberes, vontades e mobilização na construção de uma governança que seja ética e democrática favorável a um desenvolvimento humano e sustentável.

16 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. REFLETIR E AGIR... REFLETIR E AGIR... Por que? Por que? “O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King (1929, Atlanta na Georgia , Memphis, Tenessee) “O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King (1929, Atlanta na Georgia , Memphis, Tenessee)

17 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. POR QUE? POR QUE? “Não há homem sem mundo, nem mundo sem homem, não pode haver reflexão e Ação fora da relação homem - realidade”. “Não há homem sem mundo, nem mundo sem homem, não pode haver reflexão e Ação fora da relação homem - realidade”. Estas relações é que Implica em Transformação do MUNDO. (Paulo Freire, 1999: “O compromisso do profissional com a sociedade”). Estas relações é que Implica em Transformação do MUNDO. (Paulo Freire, 1999: “O compromisso do profissional com a sociedade”).

18 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Precisamos Refletir e Agir, Precisamos Refletir e Agir,Porque: “O pior castigo que existe decorrente da omissão dos homens bons, é serem governados por homens maus”. PLATÃO “O pior castigo que existe decorrente da omissão dos homens bons, é serem governados por homens maus”. PLATÃO PLATÃO “O pior castigo que existe decorrente da omissão dos homens bons, é serem governados por homens maus”.

19 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Precisamos Lutar através da Política. Ela é um espaço humano por excelência. Seus protagonistas são os cidadãos, seu desafio é organizar a vida coletiva de um modo justo e eficiente, tanto quanto possível domesticando o poder e colocando-o a serviço dos homens” (Marco Aurélio Nogueira - Cientista político, escritor e Prof. da UNESP)

20 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Precisamos Lutar Um outro Mundo... Um outro Brasil... Um outro Rio Grande do Norte É Possível.

21 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades. Como dizia Câmara Cascudo (1898 – 1996): Como dizia Câmara Cascudo (1898 – 1996): “O Brasil não tem problemas, só Soluções Adiadas”. “O Brasil não tem problemas, só Soluções Adiadas”. MUITO OBRIGADO....

22 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Tema: Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e Possibilidades.

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47


Carregar ppt "Escola de Governo do Rio Grande do Norte. 2º Ciclo de Palestras para Gestores Públicos. Papel do Gestor Público na Sociedade Contemporânea: Entraves e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google