A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 2 - A Logística.A LOGÍSTICA Segundo o Aurélio: “Parte da arte da guerra que trata do planejamento e da realização de numerosos serviços, de ordem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 2 - A Logística.A LOGÍSTICA Segundo o Aurélio: “Parte da arte da guerra que trata do planejamento e da realização de numerosos serviços, de ordem."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 2 - A Logística.A LOGÍSTICA Segundo o Aurélio: “Parte da arte da guerra que trata do planejamento e da realização de numerosos serviços, de ordem material e pessoal.” - O problema enfrentado pela Logística: diminuir o hiato entre a produção e a demanda, de modo que os consumidores tenham bens e serviços quando e onde quiserem, e na condição física que desejarem.

2 FAESA- Engª Produção Aula 3 A MISSÃO da LOGÍSTICA: Vencer tempo e distância na movimentação de bens ou na entrega de serviços de forma eficaz e eficiente é a tarefa do profissional de Logística.Ou seja, sua missão é colocar as mercadorias ou os serviços certos no lugar e no instante corretos e na condição desejada, ou menor custo possível. A Logística Empresarial A Logística Empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de origem até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informações que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo razoável (compatível com o serviço prestado e de acordo com o mercado).

3 A Logística Prof. Dr. Márcio Campos

4 transporte Logística Cadeia de Suprimentos Fornecedores Clientes Cadeia de Suprimentos Prof. Dr. Márcio Campos estoques processos

5 1- A Estrutura da Cadeia de Suprimentos Prof. Dr. Márcio Campos

6 FAESA- Aula 3 Logística

7 AS ATIVIDADES DA LOGÍSTICA: Atividades Primárias: Transportes; Manutenção de Estoques; Processamento de Pedidos.

8 FAESA- Aula 3 Logística Transporte. Para a maioria das empresas é a atividade logística mais importante, porque ela absorve, em média de um a dois terço dos custos logísticos. Manutenção de Estoques. Seu custo varia de um a dois terços dos custos logísticos e agem como amortecedores entre a oferta e a demanda. Enquanto o transporte adiciona valor de “lugar” ao produto, o estoque agrega valor de “tempo”. Processamento de Pedidos. Seu custo é pequeno em relação ao transporte e manutenção de estoques, sua importância deriva do fato de ser um elemento crítico em termos do tempo necessário para levar bens e serviços aos clientes. Como o resultado final de qualquer operação logística é prover serviço para conseguir mercadoria para os clientes quando e onde eles quiserem, estas três atividades são centrais para cumprir esta missão. Por isso, elas são chamadas de atividades primárias.

9 FAESA- Aula 3 Logística As Atividades de Apoio: Armazenagem; Manuseio de Materiais; Embalagem de Proteção; Obtenção; Programação de Produtos; Manutenção de Informação.

10 FAESA- Aula 3 Logística -Armazenagem: Refere-se à administração do espaço necessário para manter estoques.Envolve a localização, dimensionamento de área, arranjo físico e configuração do armazém. -Manuseio de Materiais: está associada com a armazenagem e também apóia a manutenção de estoques.É uma atividade que diz respeito à movimentação do produto no local de estocagem. -Embalagem de Proteção: Um dos objetivos da logística é movimentar bens sem danificá-los. Um bom projeto de embalagem do produto auxilia a garantir a movimentação sem quebras.

11 FAESA- Aula 3 Logística Obtenção (Abastecimento): É a atividade que deixa o produto disponível para o sistema logístico. Trata da seleção das fontes de suprimento, das quantidades a serem adquiridas, da programação de compras e da forma pela qual o produto é comprado. A obtenção não deve ser confundida com a função de compras. -Programação do Produto: Enquanto a obtenção trata do suprimento (fluxo de entrada) das empresas de manufatura, a programação de produto lida com a distribuição(fluxo de saída).Não é relativa à programação detalhada de produção. -Manutenção de Informação: Manter uma base de dados com informações importantes, como; localização dos clientes, volume de vendas, padrões de entregas e níveis dos estoques.

12 FAESA- Aula 3: Nível de Serviço Nível de serviço Definição: Nível de serviço logístico é a qualidade com que o fluxo de seus serviços é gerenciado. É o resultado líquido de todos os esforços logísticos da empresa. É o desempenho oferecido pelos fornecedores aos seus clientes no atendimento dos pedidos.

13 FAESA- Aula 3: Nível de Serviço Nível de Serviço Elementos de PRÉ- TRANSAÇÃO - Política posta por escrito - Política nas mãos do cliente - Estrutura organizacional - Flexibilidade do Sistema - Serviços Técnicos Elementos de PRÉ- TRANSAÇÃO - Política posta por escrito - Política nas mãos do cliente - Estrutura organizacional - Flexibilidade do Sistema - Serviços Técnicos Elementos de TRANSAÇÃO - Nível de Estoque - Habilidade no trato de atrasos - Elementos do ciclo de pedido - Tempo - Transporte - Precisão - Substitutibilidade do Produto Elementos de TRANSAÇÃO - Nível de Estoque - Habilidade no trato de atrasos - Elementos do ciclo de pedido - Tempo - Transporte - Precisão - Substitutibilidade do Produto Elementos de PÓS- TRANSAÇÂO - Instalação, garantias, reparos, peças de reposição - Rastreamento do Produto - Queixas e reclamações dos clientes - Embalagens - Reposição temporária do produto durante reparos - Elementos de PÓS- TRANSAÇÂO - Instalação, garantias, reparos, peças de reposição - Rastreamento do Produto - Queixas e reclamações dos clientes - Embalagens - Reposição temporária do produto durante reparos -

14 FAESA- Aula 3: Nível de Serviço Elementos de Pré-Transação: estabelecem um ambiente para um bom nível de serviço. Esse elemento tem como característica proporcionar por escrito uma política para o nível de serviço, abordando o prazo que os materiais serão entregues após a colocação de um pedido, para tratar de devoluções ou faltas e métodos de despacho. Relaciona também os planos de contingências para situações não previstas como greves e desastre naturais, além de treinamento técnico para melhorar as relações com os clientes;

15 FAESA- Aula 3: Nível de Serviço Elementos de Transação: são aqueles diretamente envolvidos para atender a entrega do produto ao cliente. Dentre eles, destacam-se: 1. o ajuste no nível de estoque, 2. a seleção dos modos de transporte e 3. a determinação de procedimentos para processamento de pedidos;

16 FAESA- Aula 3: Nível de Serviço Elementos de Pós-Transação: representam a gama de serviços necessários para apoiar o produto no campo de sua utilização. Visam a proteger os consumidores de produtos defeituosos, providenciam o retorno de embalagens recicláveis e as devoluções de produtos em desacordo com as especificações de compra.

17 OS COMPONENTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE. ADAPTADO DE HARRISON E VAN HOECK (2003). CategoriaExplicaçãoExemplos Pré-transaçãoElementos relativos à política de atendimento ao cliente, determinados antes de uma transação.. Política escrita do atendimento ao cliente.. Acessibilidade. TransaçãoElementos diretamente envolvidos na realização da distribuição do estoque. Disponibilidade.. Taxa de atendimento de pedidos. Pós-transaçãoElementos que apóiam o produto quando ele está em uso. Disponibilidade de peças sobressalentes.. Rapidez em atender a chamadas de reparo.

18 C ICLOS DE A TIVIDADES DE S UPRIMENTOS Segundo Bowersox e Closs (2001), para possibilitar um fluxo ágil de materiais no suprimento da empresa focal, são necessárias várias atividades e funções, são elas: 1) seleção de fontes de suprimentos; 2) colocação de pedidos e expedição; 3) transportes e 4) recebimento.

19 Atividades Que São Essenciais Para Completar o Processo de Suprimento. Seleção de Fontes de Suprimentos Colocação e Expedição de Pedidos RecebimentoTransporte Fornecedor

20 20 CADEIA DE SUPRIMENTOS DISTRIBUIÇÃO: Centro de distribuição; Cross Docking; Operador Logístico


Carregar ppt "Aula 2 - A Logística.A LOGÍSTICA Segundo o Aurélio: “Parte da arte da guerra que trata do planejamento e da realização de numerosos serviços, de ordem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google