A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUCESSO E SUPERAÇÃO DA PESSOA COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO (TGD) ESTABILIZAÇÃO (S) ESTABILIZAÇÃO (S) ENFRENTAR O CAMINHO EM BUSCA DO CRESCIMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUCESSO E SUPERAÇÃO DA PESSOA COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO (TGD) ESTABILIZAÇÃO (S) ESTABILIZAÇÃO (S) ENFRENTAR O CAMINHO EM BUSCA DO CRESCIMENTO."— Transcrição da apresentação:

1

2 SUCESSO E SUPERAÇÃO DA PESSOA COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO (TGD) ESTABILIZAÇÃO (S) ESTABILIZAÇÃO (S) ENFRENTAR O CAMINHO EM BUSCA DO CRESCIMENTO (S) INÍCIO DA JORNADA (S) PRIMEIROS PASSOS (S) VENCER OBSTÁCULOS (S) CONTINUAÇÃO OU ACOMODAÇÃO (S) SUPERAÇÃO (S)

3 SUCESSO E SUPERAÇÃO DA PESSOA COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO (TGD) VISÍVEL INVISÍVEL

4

5

6 “Prejuízo severo e invasivo em diversas áreas do desenvolvimento habilidades de interação social recíproca, “Prejuízo severo e invasivo em diversas áreas do desenvolvimento habilidades de interação social recíproca, Habilidades de comunicação, Habilidades de comunicação, Habilidades de interação social recíproca Habilidades de interação social recíproca Habilidades de comunicação Habilidades de comunicação Presença de comportamento, interesses e atividades estereotipados. Presença de comportamento, interesses e atividades estereotipados. Os prejuízos qualitativos dessas condições são acentuados conforme o nível de desenvolvimento do indivíduo.” Os prejuízos qualitativos dessas condições são acentuados conforme o nível de desenvolvimento do indivíduo.” Transtornos Invasivos do Desenvolvimento (TGD) segundo a DSM-IV

7  Transtorno Autista  Síndrome de Rett  Transtorno de Aspenger  Transtorno Desintegrativo da Infância e  Transtorno Global do Desenvolvimento sem Outra Especificação. AS 5 CATEGORIAS DE SITUAÇÕES DOS TGD/DSM-IV

8 Segundo o DSM-IV, a principal característica do Transtorno Autista Segundo o DSM-IV, a principal característica do Transtorno Autista é o prejuízo da criança, no processo de desenvolvimento, Refere à interação social, principalmente na área da comunicação interpessoal, à aquisição da linguagem e a estruturação de jogos simbólicos ou imaginativos.

9 A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características DSM-IV e diagnóstico de um possível quadro autista Dificuldade ou incapacidade em desenvolver relacionamentos com pessoas da sua mesma idade ou em mesmo estágio de desenvolvimento; Dificuldade ou incapacidade em desenvolver relacionamentos com pessoas da sua mesma idade ou em mesmo estágio de desenvolvimento;

10 A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características Ausência de comportamentos com o objetivo de, espontaneamente, compartilhar prazeres, interesses ou realizações diversas com outras pessoas; Ausência de comportamentos com o objetivo de, espontaneamente, compartilhar prazeres, interesses ou realizações diversas com outras pessoas;

11 A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características Alterações significativas nas condutas de relação não verbal: Alterações significativas nas condutas de relação não verbal: Contato visual direto, expressão facial, posturas corporais e gestos para regular a interação social;

12 Falta de reciprocidade social ou emocional; Falta de reciprocidade social ou emocional; Atraso ou ausência total de desenvolvimento da linguagem falada – não tenta compensar com alternativas de comunicação como caretas, gestos ou mímica; Atraso ou ausência total de desenvolvimento da linguagem falada – não tenta compensar com alternativas de comunicação como caretas, gestos ou mímica; A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características

13 Em indivíduos com fala adequada, acentuado prejuízo na capacidade de iniciar ou manter uma conversação; Em indivíduos com fala adequada, acentuado prejuízo na capacidade de iniciar ou manter uma conversação; Uso estereotipado e repetitivo da linguagem ou linguagem idiossincrática Uso estereotipado e repetitivo da linguagem ou linguagem idiossincrática A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características

14 Dificuldade acentuada em participar e desenvolver, espontaneamente, jogos ou brincadeiras de imitação social variados; Dificuldade acentuada em participar e desenvolver, espontaneamente, jogos ou brincadeiras de imitação social variados; Preocupação insistente com um ou mais padrões estereotipados e restritos de interesse e ou comportamento; Preocupação insistente com um ou mais padrões estereotipados e restritos de interesse e ou comportamento; Adesão aparentemente inflexível às rotinas ou rituais específicos e não funcionais; Adesão aparentemente inflexível às rotinas ou rituais específicos e não funcionais;

15 A pessoa avaliada deverá apresentar seis ou mais itens do conjunto de características Estereotipias motoras repetitivas - Estereotipias motoras repetitivas - sacudir as mãos, balançar a cabeça, retorcer dedos ou outros; sacudir as mãos, balançar a cabeça, retorcer dedos ou outros; Preocupação persistente com partes de objetos. Não atribui significados funcionais ao objeto como um todo. Preocupação persistente com partes de objetos. Não atribui significados funcionais ao objeto como um todo.

16 Transtorno Invasivo do Desenvolvimento diferente do autismo infantil. Transtorno Invasivo do Desenvolvimento diferente do autismo infantil. A criança com Síndrome de Asperger apresenta desenvolvimento cognitivo e intelectual normal. A criança com Síndrome de Asperger apresenta desenvolvimento cognitivo e intelectual normal. Não apresenta atraso no desenvolvimento da fala. Não apresenta atraso no desenvolvimento da fala. SÍNDROME DE ASPERGER SÍNDROME DE ASPERGER

17 No decorrer dos anos, o desenvolvimento da criança parece normal, mas, seu discurso torna-se diferente, monótono, peculiar ; No decorrer dos anos, o desenvolvimento da criança parece normal, mas, seu discurso torna-se diferente, monótono, peculiar ; Com frequência, existe a presença de preocupações obsessivas. Com frequência, existe a presença de preocupações obsessivas. SÍNDROME DE ASPERGER

18 Sua capacidade de interagir com outras crianças torna-se difícil, sendo pouco empática, Sua capacidade de interagir com outras crianças torna-se difícil, sendo pouco empática, Começa a apresentar um comportamento excêntrico e com crescente dificuldade de socialização, tornando-se cada vez mais solitária. Começa a apresentar um comportamento excêntrico e com crescente dificuldade de socialização, tornando-se cada vez mais solitária. SÍNDROME DE ASPERGER

19 Outra característica é o prejuízo na coordenação motora e na percepção visoespacial. Outra característica é o prejuízo na coordenação motora e na percepção visoespacial. Frequentemente apresenta interesses peculiares. Frequentemente apresenta interesses peculiares.

20 SÍNDROME DE RETT Anomalia genética Anomalia genética Causa desordens neurológicas Causa desordens neurológicas Afeta, principalmente, crianças do gênero feminino. Afeta, principalmente, crianças do gênero feminino. A criança sofre múltiplos e significativos prejuízos em seu processo de desenvolvimento, A criança sofre múltiplos e significativos prejuízos em seu processo de desenvolvimento, As primeiras manifestações desses comprometimentos começam a surgir após o período de 6 a 12 meses de vida. As primeiras manifestações desses comprometimentos começam a surgir após o período de 6 a 12 meses de vida. (DSM-IV) (DSM-IV)

21 SÍNDROME DE RETT A criança apresenta um processo de desenvolvimento normal, Ganha peso, interage com o seu meio adequadamente, explora os objetos e mantem contato com os pais; A partir dos 6 até os 12 meses começa a atrasar etapas do processo de desenvolvimento.

22 SÍNDROME DE RETT A criança sofre múltiplos e significativos prejuízos em seu processo de desenvolvimento, A criança sofre múltiplos e significativos prejuízos em seu processo de desenvolvimento, As primeiras manifestações desses comprometimentos começam a surgir após o período de 6 a 12 meses de vida. As primeiras manifestações desses comprometimentos começam a surgir após o período de 6 a 12 meses de vida. (DSM-IV) (DSM-IV)

23 SÍNDROME DE RETT Classificada em duas formas: clássica e atípica. Classificada em duas formas: clássica e atípica. Na forma clássica, o quadro clínico evolui em quatro estágios definidos Na forma clássica, o quadro clínico evolui em quatro estágios definidos A criança nasce normal e se desenvolve sem apresentar os sintomas até por volta do primeiro ano de vida. A criança nasce normal e se desenvolve sem apresentar os sintomas até por volta do primeiro ano de vida.

24 SÍNDROME DE RETT A seguir, observa-se progressiva regressão do desenvolvimento intelectual, acompanhado de dificuldades motoras e respiratórias, tremores e frequentes ataques epiléticos. A seguir, observa-se progressiva regressão do desenvolvimento intelectual, acompanhado de dificuldades motoras e respiratórias, tremores e frequentes ataques epiléticos. Podem ocorrer também os movimentos estereotipados com as mãos, típicos de crianças autistas. Podem ocorrer também os movimentos estereotipados com as mãos, típicos de crianças autistas.

25 Transtorno Desintegrativo da Infância (TDI) No DSM-IV é caracterizado como um caso de desaceleração no processo de desenvolvimento. No DSM-IV é caracterizado como um caso de desaceleração no processo de desenvolvimento. A criança com TDI tem seu desenvolvimento normal até os 2 anos (e antes dos 10 anos) A criança com TDI tem seu desenvolvimento normal até os 2 anos (e antes dos 10 anos) A partir dessa idade, começa a apresentar significativas perdas de habilidades psicomotoras e cognitivas já conquistadas, A partir dessa idade, começa a apresentar significativas perdas de habilidades psicomotoras e cognitivas já conquistadas, Inicia-se um processo de estagnação geral de desenvolvimento, que evolui. Inicia-se um processo de estagnação geral de desenvolvimento, que evolui.

26 Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação DSM-IV aponta que o prejuízo severo no desenvolvimento da interação social recíproca e os interesses e comportamentos estereotipados são suas principais características. DSM-IV aponta que o prejuízo severo no desenvolvimento da interação social recíproca e os interesses e comportamentos estereotipados são suas principais características. É identificado a partir de um diagnóstico diferencial, ou seja, quando tais características estão presentes, mas não são satisfeitos os critérios de diagnóstico para outros transtornos. É identificado a partir de um diagnóstico diferencial, ou seja, quando tais características estão presentes, mas não são satisfeitos os critérios de diagnóstico para outros transtornos. Esquizofrenia, Transtornos da Personalidade Esquizotípica ou Transtorno da Personalidade Esquiva. Esquizofrenia, Transtornos da Personalidade Esquizotípica ou Transtorno da Personalidade Esquiva.

27 DIFERENÇA ENTRE AUTISMO E SÍNDROME DE ASPERGER CONFORME O CID-10 E O DSM-IV O AUTISMO INFANTIL apresenta prejuízo da criança, em seu processo de desenvolvimento, no que se refere à interação social, principalmente na área da comunicação interpessoal, à aquisição da linguagem e a estruturação de jogos simbólicos ou imaginativos. O AUTISMO INFANTIL apresenta prejuízo da criança, em seu processo de desenvolvimento, no que se refere à interação social, principalmente na área da comunicação interpessoal, à aquisição da linguagem e a estruturação de jogos simbólicos ou imaginativos. A SÍNDROME DE ASPERGER apresenta desenvolvimento cognitivo e intelectual normal e não apresenta atraso no desenvolvimento da fala. A SÍNDROME DE ASPERGER apresenta desenvolvimento cognitivo e intelectual normal e não apresenta atraso no desenvolvimento da fala.

28 O TRABALHO COM A CRIANÇA AUTISTA REQUER ESTRUTURA COM PLANEJAMENTO E ROTINA Programa TEACCH – The Treatment and Education of Autistic and Related Communication Handicapped Children - Educação para Autistas e Crianças com Déficits Relacionados com a Comunicação. Programa TEACCH – The Treatment and Education of Autistic and Related Communication Handicapped Children - Educação para Autistas e Crianças com Déficits Relacionados com a Comunicação. Eric Schopler. Professor de psicologia e diretor do programa da Universidade da Carolina do Norte até Eric Schopler. Professor de psicologia e diretor do programa da Universidade da Carolina do Norte até 1994.

29 O TRABALHO COM A CRIANÇA AUTISTA REQUER ESTRUTURA COM PLANEJAMENTO E ROTINA A colaboração e parceria entre a equipe pedagógica e a família da criança. A colaboração e parceria entre a equipe pedagógica e a família da criança. O programa baseia-se na estrutura de rotinas diárias O programa baseia-se na estrutura de rotinas diárias Atividades práticas e visuais, com pastas e pranchas que clarificam e auxiliam a criança com autismo a perceber a tarefa a ser cumprida, o que facilita a aprendizagem. Atividades práticas e visuais, com pastas e pranchas que clarificam e auxiliam a criança com autismo a perceber a tarefa a ser cumprida, o que facilita a aprendizagem.


Carregar ppt "SUCESSO E SUPERAÇÃO DA PESSOA COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO (TGD) ESTABILIZAÇÃO (S) ESTABILIZAÇÃO (S) ENFRENTAR O CAMINHO EM BUSCA DO CRESCIMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google