A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO. INDICADORES DE PROBLEMAS NA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Insatisfação de unidades que mantêm alguma relação funcional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO. INDICADORES DE PROBLEMAS NA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Insatisfação de unidades que mantêm alguma relação funcional."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO

2 INDICADORES DE PROBLEMAS NA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Insatisfação de unidades que mantêm alguma relação funcional. Demora na transmissão de dados. Atrasos na entrega de documentos e informações. Divulgação em rede de dados incorretos. Aspectos exteriores de ineficiências internas (filas, por ex.). Interação social conflitiva com boa parte da organização. Rendimento individual (abaixo da média). Falha individual de origem grupal.

3 OBJETIVOS DA ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Possibilitar uma diagnose na qual se verifica a qualidade do trabalho, seu rendimento, sua eficiência, eficácia e produtividade em relação aos investimentos feitos, para avaliar se é necessária alguma intervenção

4 ETAPAS DA ANÁLISE DA DISTRIBUIÇAO DO TRABALHO 1.Identificação das tarefas individuais – As tarefas devem ser entendidas como um agrupamento de passos seqüenciais, considerando-se a divisão do trabalho existente entre os funcionários.

5 2 - Agrupar as tarefas semelhantes em atividades ou serviços – Algumas vezes é necessário somar uma tarefa à outra, para que se tenha um serviço. Esta função pode ser realizada mediante duas alternativas: pela formulação da atividade ou serviço por meio da somatória das tarefas similares e complementares ou pela opinião e o ponto de vista sobre os serviços realizados pela unidade. 3 - Montagem do Quadro de Distribuição de Trabalho ETAPAS DA ANÁLISE DA DISTRIBUIÇAO DO TRABALHO

6 Análise do quadro de Distribuição do Trabalho – A análise é efetuada com base em quatro blocos: –Tempo. –Capacidade profissional. –Equilíbrio no volume de trabalho. –Possibilidades preliminares de mudança. MONTAGEM DO QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE TRABALHO

7 Tempo Que atividades ou serviços absorvem mais tempo? São essas atividades ou serviços as que devem tomar mais tempo? É importante indagar se o tempo justifica o resultado final da atividade ou serviço É possível subdividir ou mesmo agrupar serviços ou atividades?

8 A eliminação ou criação de um serviço ou atividade pode ser considerada como racionalizadora da distribuição do trabalho? O tempo despendido pelas várias atividades ou serviços depende integralmente do esforço interno ou há interferência de outras unidades fora a da análise? E o tempo despendido pelas tarefas? Tempo

9 Capacidade Profissional Há consonância entre as habilidades individuais, formação técnica e as tarefas desenvolvidas pelos funcionários, inclusive supervisores e chefes? Em função da capacidade profissional, existe alguma alteração na organização formal anteriormente estabelecida? Há prejuízos sensíveis em função da baixa capacitação profissional de um ou mais funcionários da unidade?

10 Equilíbrio no Volume de Trabalho Há funcionários com carga de trabalho superior aos demais? A entrada de informações na unidade causa estrangulamento em algum ponto? E a saída de informações é feita de maneira correta, ou as informações saem rapidamente, porque outras informações estão chegando? Há funcionários com carga de trabalho inferior aos demais? A existência de picos pode ser considerada normal

11 Possibilidades Preliminares de Simplificação Foram identificadas as unidades que estabelecem algum tipo de interface (confronto) com a unidade em análise? As relações funcionais mantidas pela gerência e demais chefias da empresa têm alguma influência positiva ou negativa no cotidiano da unidade?

12 Existe algum fato que tenha modificado o comportamento e gerado reações em toda a estrutura social e que possa estar afetando o trabalho da gerência em análise? As dificuldades apresentadas são semelhantes às dificuldades presentes em outras gerências da empresa? Até que ponto se pode utilizar outras técnicas na tentativa de provocar uma melhor distribuição do trabalho Possibilidades Preliminares de Simplificação

13 TÉCNICAS 1 - Quadro de Distribuição do Trabalho 2 - Planilha Integrada de Distribuição do Trabalho

14 Modelo de Quadro de Distribuição de Trabalho Modelo de Quadro de Distribuição do Trabalho

15 MODELO DE QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO

16 PLANILHA DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO UNIDADE: Seção de Finanças CARGO CHEFE DE SEÇÃOCAIXAENCARREGADO DE FATURAS OFFICE BOY Atividade/ServiçoH/ T TarefaH/STarefaH/STarefaH/STarefaH/S Controla o fluxo de dinheiro: emissão de Notas fiscais 65Analisa fluxo de caixa e previsão de contas a pagar e a receber 5Verificação diária dos vencimentos de duplicatas. Emissão de cheques para pagamentos. Lançamento de caixa. Verificação e recebimento de extratos. Triagem das duplicatas para distribuição entre os borderôs Emissão de Notas Fiscais Lançamento de dados no terminal 15 3 Efetua pagamentos Retira correspondência nos bancos Distribui documentos para a contabilidade Planejamento de estoque e compras 22Planejamento do estoque Julgamento das propostas dos fornecedores Autoriza compras Efetua pequenas compras Faz tomada de preços 8484 Determinação dos objetivos em relação às vendas e seleção de clientes 5Analisa seleção de clientes4Ajuda no preenchimento de fichas cadastrais de clientes 1 Obtenção de recursos junto a bancos e fornecedores 14Contatos com bancos6 5Ajuda na coleta de informações junto a fornecedores 3 HORAS TOTAIS

17 RECOMENDAÇÕES Evitar dar ao levantamento das tarefas o caráter de precisão, isto é, não questionar sobre o exato número de horas e minutos dedicados ao trabalho. O fato de cada funcionário conduzir o seu trabalho da forma que acha mais interessante não deve ser encarado como um impedimento ao sucesso do trabalho. O QDT por ser aplicado em unidades de cada gerência, exigirá do profissional um conhecimento razoável sobre os usos e costumes das unidades.

18 A inexistência de descrição de cargos, subsídio excelente para o trabalho de racionalização, não é uma necessidade imperiosa para a realização do estudo. A atividade diversos sempre será uma atividade passível de estudo exaustivo. O QDT não tem necessariamente que ser desenvolvido da forma como apresentado. O erro está em analisar o trabalho com base apenas no que cada um faz, sem considerar os relacionamentos facilmente identificáveis nos QDTs RECOMENDAÇÕES


Carregar ppt "ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO. INDICADORES DE PROBLEMAS NA DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Insatisfação de unidades que mantêm alguma relação funcional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google