A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA 01 – A FORMAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DAS PAISAGENS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA 01 – A FORMAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DAS PAISAGENS."— Transcrição da apresentação:

1 AULA 01 – A FORMAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DAS PAISAGENS

2 01. (UEM – 2013) Sobre os termos geográficos a seguir, assinale o que for correto. 01) Lugar é um termo geográfico que designa o espaço no qual as pessoas vivem seu cotidiano e que faz parte de sua identidade. 02) Território é uma porção da superfície terrestre, delimitado por uma fronteira política e submetido a um poder político. 04) Região é o termo utilizado para designar uma área que apresenta somente características naturais próprias, não se relacionando, por quaisquer tipos de fluxos, com outras áreas ao seu entorno. 08) Os fluxos de mercadorias, de capitais e de informações que atravessam o mundo não alteram a vida cotidiana vivida no lugar. 16) Nação é o agrupamento social unido por um passado histórico comum, que gerou uma identidade cultural e uma consciência nacional. 19

3 02. (UEM – 2012) Espaço, lugar, território e paisagem constituem conceitos dos estudos geográficos. Sobre o significado desses termos para a Geografia, assinale o que for correto. 01) O território constitui para a Geografia apenas o domínio político de um Estado dentro de um determinado espaço geográfico. Território e espaço, portanto, têm exatamente o mesmo significado. 02) O espaço geográfico, ou simplesmente espaço, é analisado levando em conta os lugares, as regiões, os territórios e as paisagens. 04) Tudo aquilo que vemos e que nossa visão alcança é a paisagem. A dimensão da paisagem é a dimensão da percepção, o que chega aos nossos sentidos. 08) A paisagem é o conjunto das formas construídas pelo homem moderno em função de recursos tecnológicos. O espaço é composto por essas formas e pela vida que as anima. Portanto paisagem e espaço são sinônimos, têm o mesmo significado. 16) O lugar é um espaço produzido ao longo de um determinado tempo. Apresenta singularidades, é carregado de simbolismo e agrega ideias e sentidos produzidos por aqueles que o habitam. 22

4 03. (UEM-2014) Assinale o que for correto sobre direções e localizações no espaço geográfico. 01) Os pontos cardeais e as coordenadas geográficas relacionam-se com a orientação e a localização no espaço geográfico. 02) A latitude e a longitude são as linhas imaginárias do globo terrestre que auxiliam na localização de corpos terrestres. 04) As coordenadas geográficas utilizam como unidade de medida o sistema métrico. 08) Vários instrumentos foram desenvolvidos para auxiliar a localização do homem, como o sextante e o astrolábio. 16) As direções indicadas na rosa dos ventos pelos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais são obtidas dos movimentos das marés. 11

5 NORTE N SETENTRIONA L BOREAL SUL S MERIDIONAL AUSTRAL LESTE = L ou E ORIENTAL OESTE = O ou W OCIDENTAL

6 04. (UEM-2014) A respeito do conceito de fuso horário e de suas influências na dinâmica da sociedade, assinale o que for correto. 01) O primeiro fuso horário adotado localiza-se em Londres e está compreendido entre 7º30’O e 7º 30’L. 02) É por causa da incidência da radiação solar sobre a Terra que os fusos horários foram determinados. 04) A Linha Internacional de Mudança de Data é oposta ao meridiano de Greenwich e determina a mudança de data civil no planeta. 08) Oficialmente, os países adotam a hora legal, que nem sempre corresponde exatamente à hora astronômica. O ajuste dela é feito com o uso do fuso horário. 16) O Brasil tem atualmente cinco fusos horários, independentemente do horário de verão, e todos eles são adiantados em relação ao meridiano de Greenwich. 13

7 FUSOS HORÁRIOS - HORAS LEGAIS

8

9 AULA 02 – A FORMAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DAS PAISAGENS

10 01. (PAS-UEM – 2011) Sendo a escala um dos atributos fundamentais de um mapa, é correto afirmar que 01) ela estabelece a relação entre a superfície cartografada e a distância dos meridianos. 02) ela corresponde à relação numérica entre os trópicos e a superfície cartografada. 04) um mapa em grande escala mostra uma área menor com mais detalhes. 08) ela estabelece a distância real entre paralelos e meridianos. 16) ela estabelece a correspondência entre as distâncias representadas no mapa e as distâncias reais da superfície cartografada. 20

11 GRANDE ESCALA RIQUEZA DE DETALHES ÁREA REPRESENTADA É PEQUENA ATÉ 1: = 1km

12 ESCALA D = d.E d = D E E = D d Exemplo: O comprimento de uma estrada está representada por 15 cm numa carta de escala de 1: Qual sua distância real em quilômetros? D= ? E= 25km d= 15cm D= d.e D= D=300km

13 2. (UEM – 2012) Sobre projeções cartográficas, assinale o que for correto. 01) Projeção cartográfica é o resultado de um conjunto de operações que permitem representar no plano, por meio de paralelos e meridianos, os fenômenos que estão dispostos na superfície de uma esfera. 02) As diversas projeções cartográficas revelam diferentes visões do mundo. 04) A projeção de Mercartor valoriza os países do hemisfério norte, geralmente localizados em latitudes mais altas do que as dos países do hemisfério sul. 08) Na elaboração de mapas, de escalas pequenas e médias, qualquer que seja a projeção cartográfica adotada, não haverá nenhum tipo de distorção perceptível. 16) A projeção equidistante mais comum tem como centro um dos polos, geralmente o Polo Norte, mas pode ter qualquer ponto da superfície terrestre 23

14 03. (UEM – 2013) Os produtos cartográficos (mapas, cartas e gráficos) são utilizados para a visualização, a interpretação e as análises de fenômenos geográficos. Nesse contexto, a escala é um elemento cartográfico essencial para a medição desses fenômenos. Sobre a escala, assinale o que for correto. 01) A escala indica a proporção em que um mapa ou uma carta foram traçados em relação ao objeto real, ou seja, retrata as dimensões entre o produto cartográfico e a realidade palpável de um determinado espaço geográfico. 02) Um mesmo espaço geográfico não pode ser representado em diferentes escalas, pois isso acarretaria a distorção dos elementos reais da representação. 04) As escalas permitem o cálculo real de distâncias entre localidades distintas. Isso facilita a interpretação de vários fenômenos geográficos que envolvem fluxos migratórios, meios de transportes rodoviários e ferroviários, entre outros. 08) As escalas podem ser representadas na forma numérica ou gráfica. Na escala numérica, a correspondência é indicada por meio de uma fração e, na escala gráfica, essa relação é diretamente indicada em uma régua graduada. 16) Um mapa em escala grande é utilizado para representar os detalhes de um espaço geográfico de dimensões globais. 13

15 04. (UEM – 2013) As diversas tecnologias utilizadas nos estudos geográficos dinamizaram a elaboração de produtos cartográficos. Assinale o que for correto sobre tecnologias e produtos cartográficos. 01) Um Sistema Global de Posicionamento (GPS) é utilizado fundamentalmente para localizar um objeto. Esse sistema é composto basicamente por três segmentos: espacial, controle terrestre e usuários. 02) Foi só a partir da década de 1970 que a produção de materiais cartográficos foi desenvolvida no Brasil, pois foi a partir desse período que a cartografia digital começou a ser mais amplamente utilizada. 04) Algumas tecnologias permitem utilizar uma combinação de mapas digitais, oriundos de diversas escalas, com informações georreferenciadas que lhes conferem maior grau de confiabilidade dos dados. 08) As técnicas utilizadas no Sensoriamento Remoto para produção de diversos tipos de mapas, de cartas e de plantas estão em desuso, pois os sensores remotos que obtêm essas informações necessitam tocar a superfície terrestre para realizar a captura das informações, e isso inviabiliza a técnica devido às condições adversas do relevo terrestre. 16) O Sistema de Informações Geográficas (SIG) permite coletar, armazenar, processar, recuperar, correlacionar e analisar diversas informações sobre o espaço geográfico. 21

16

17 05. (PAS-UEM – 2013)“A cartografia não é, unicamente, uma técnica voltada para propósitos práticos. Ela é um elemento da cultura das sociedades e os seus produtos traduzem as formas de interpretar o mundo de uma época. Mas, desde o início, os mapas serviram para determinar a posição dos lugares e os rumos dos viajantes.” (MAGNOLI, Demétrio. Geografia para o ensino médio. São Paulo: Atual, 2008, p. 12). Sobre o desenvolvimento e o uso da cartografia na história, assinale o que for correto. 01) No fim do século IV a.C., os discípulos de Pitágoras concebiam a Terra como uma esfera. Entretanto a noção de esfericidade da Terra, originalmente desenvolvida pelos babilônios, não condiz com a abordagem posterior da cartografia que concebe a Terra como um geoide. 02) Na cartografia ptolomaica, a África aparecia ligada à extremidade oriental da Ásia por uma imaginária porção de terra chamada “Terra Australis”, de modo que o oceano Índico não se ligava ao oceano Atlântico. Os limites das concepções geográficas da Antiguidade ficaram evidentes com os descobrimentos marítimos dos séculos XV e XVI, produzindo-se, a partir daí, uma verdadeira revolução no conhecimento geográfico e em sua representação cartográfica.

18

19 04) Na era medieval, desenvolveu-se uma cartografia que expressava a cultura religiosa dominante da época. Nas chamadas cartas T-O, as terras habitadas eram representadas por um círculo cujo centro era a cidade de Jerusalém. Os três continentes (África, Ásia e Europa) eram separados por rios ou porções de água que formavam um “T”, lembrando a cruz e a Santíssima Trindade. 08) O meridiano de Greenwich, conhecido como Meridiano Primeiro e situado no observatório de mesmo nome, em localidade no Sul da Escócia, foi adotado, a partir do final do século XVIII, como meridiano referência pelos europeus. 16) A cartografia é, também, um instrumento de poder. Após os descobrimentos marítimos, Portugal e Espanha adotaram leis tentando impedir que seus mapas e suas cartas de navegação caíssem em poder de concorrentes. 22

20 ANAXIMANDRO DESCRIÇÃO DA TERRA HECATEU “1º MAPA-MÚNDI”

21 06. (PAS – UEM – 2010) A partir do século XV, com o desenvolvimento das navegações oceânicas e os grandes descobrimentos marítimos europeus, registrou-se um grande desenvolvimento da Cartografia, o que permitiu a elaboração de mapas e de cartas que retratam a superfície terrestre com precisão cada vez maior. Desde então, à medida que o conhecimento científico e o tecnológico avançaram, os cartógrafos foram elaborando mapas com maior riqueza de detalhes e cada vez mais especializados, chegando-se ao que hoje se denomina mapas temáticos. A respeito desse tema, assinale o que for correto. 01) O mapa que faz a separação entre as unidades federativas é o mapa político. 02) O mapa que mostra a variação diária das marés é o mapa astral. 04) O mapa que delineia as formas de relevo, os contornos de terras e águas (rios, lagos, mares) e sua localização é chamado de mapa físico. 08) O mapa que mostra a localização de matas, rios e a densidade demográfica é um planisfério. 16) O mapa que apresenta a localização de bacias hidrográficas, capitanias hereditárias e densidade populacional é o mapa-múndi. 05

22 AULA 03 – A DINÂMICA DA NATUREZA E AS TRANSFORMAÇÕES GERADAS PELAS AÇÃO ANTRÓPICA

23

24 01. (PAS-UEM – 2012) O planeta Terra apresenta estrutura interna constituída de três camadas praticamente concêntricas, denominadas crosta, manto e núcleo. Propriedades físicas, químicas e mineralógicas representam os principais aspectos diferenciadores dessas camadas. Considerando essas informações, leia com atenção as alternativas abaixo e assinale a(s) correta(s). 01) A Sismologia possibilita, de forma clara e direta, o estudo da composição química das camadas do globo terrestre. 02) O conceito de grau geotérmico está relacionado ao aumento contínuo da temperatura, desde a crosta até o núcleo. 04) O estudo sismológico, voltado para a caracterização do manto, é importante para a identificação e a localização de terremotos e de emanações vulcânicas. 08) As rochas ígneas de maior densidade encontram-se no núcleo. 16) As zonas de transição encontradas no interior do planeta representam a mudança na composição química, na densidade e na velocidade de propagação das ondas sísmicas. 28

25

26

27 02. (UEM-2014) A respeito dos fenômenos e dos locais relacionados às catástrofes naturais que modificam a dinâmica natural da Terra e que afetam a sociedade, assinale o que for correto. 01) Os tsunamis são originados das atividades de abalos sísmicos que ocorrem em várias áreas do planeta. 02) A principal região vulcânica do planeta, em terras emersas, é conhecida como o Círculo de Fogo. 04) A intensidade do terremoto depende da distância entre o local de origem dentro da crosta e o local onde ele se manifesta na superfície. 08) O tornado é um fenômeno catastrófico de origem vulcânica que atinge as áreas continentais e oceânicas. 16) Em áreas de vertentes com presença de erosão pluvial, é comum a ocorrência de escorregamentos 23

28 03. (UEM-2014) Sobre as teorias da deriva continental e da tectônica de placas, assinale o que for correto. 01) O núcleo da Terra, devido à sua constituição, é o responsável pela ocorrência dos movimentos das placas tectônicas. 02) Segundo a teoria da deriva continental, a Terra, no passado geológico, era formada por um único continente chamado de Pangeia. 04) Os pontos quentes conhecidos como hot spots são locais específicos nas placas tectônicas onde o magma ascende. 08) A teoria da tectônica de placas foi aprimorada após o desenvolvimento dos sonares que analisaram o assoalho oceânico. 16) A teoria da deriva continental foi fundamentada principalmente nas evidências cartográficas, paleontológicas e de estruturas geológicas 30

29

30

31

32 04. (UEM – 2012) A constituição interna da Terra, em geral, reflete na sua constituição externa, onde os seres humanos vivem. Diante dessa exposição, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) É na bacia oceânica do Pacífico que ocorre a maior parte dos tsunamis. Eles têm efeitos devastadores sobre as planícies costeiras, destruindo a vegetação e as construções. Quando atingem zonas densamente povoadas, podem deixar numerosas vítimas fatais. 02) As atividades vulcânicas, que também são responsáveis por alterações do relevo, podem acarretar a formação de ilhas nos oceanos e de montanhas nos continentes. Sendo assim, os vulcões ocorrem em maior quantidade nos locais onde as placas tectônicas se aproximam uma da outra. 04) A teoria da tectônica de placas só foi aceita no meio científico, a partir do conhecimento sobre o fundo oceânico, na metade do século XX, quando ocorreu o uso de novas tecnologias como o sonar multifeixe e as sondagens acústicas. 08) Em algumas partes do continente terrestre é possível o homem sentir movimentos bruscos ou pequenos tremores, que são as vibrações chamadas de terremotos ou de abalos sísmicos. Essas vibrações não podem ser captadas pelos sismógrafos. 16) A litosfera, formada pela crosta e pela parte superior do manto, está atualmente dividida em sete grandes placas tectônicas e diversas placas menores que sustentam os continentes e as bacias oceânicas da superfície. 23

33 05. (PAS-UEM – 2013) Para o entendimento da gênese e da classificação dos solos, é necessário levar em consideração os demais elementos da paisagem: relevo, clima, vegetação, hidrografia e estrutura geológica. O conhecimento dos componentes do solo permite relacionar os nutrientes ao grau de fertilidade, assim como o conhecimento dos agentes de transporte e de deposição permitem o estudo dos processos erosivos no solo. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Em áreas de planícies com solos hidromórficos, os rios tendem a uma trajetória retilínea, sem sedimentação nas margens. 02) Em relação aos fatores de formação dos solos, o relevo é importante regulador dos processos de infiltração e de escoamento superficial da água. 04) Na zona climática tropical do Brasil, o impacto de enxurradas faz aumentar a incidência de voçorocamentos. No estado do Mato Grosso, a agricultura moderna mecanizada tem intensificado os problemas erosivos. 08) Tendo em vista a distribuição dos solos no mundo, é nítida a relação dos mesmos com a latitude e, dessa forma, pode-se associá-los aos chamados solos azonais. 16) O empobrecimento dos solos na faixa tropical deve-se, sobretudo, aos processos de formação de depósitos arenosos. 06

34 06. (UEM-2014) A respeito das características e da degradação dos solos, assinale o que for correto. 01) Os solos que se localizam nos mesmos lugares em que foram formados são chamados de eluviais. 02) A interferência humana fragiliza os solos das áreas tropicais devido, principalmente, à utilização de técnicas como a queimada. 04) Os solos que ocorrem nas altas latitudes são bem desenvolvidos e abundantes em matéria orgânica. 08) Na formação dos solos, estão presentes a água, os gases e alguns tipos de seres vivos. 16) Os solos não podem ser contaminados pelo chorume, pois eles oferecem uma barreira impermeável devido à dispersão das partículas. 11

35

36 07. (UEM – 2013) Em relação ao processo conhecido como intemperismo e formação de solos, é correto afirmar que 01) a meteorização dos solos é um termo utilizado para os impactos causados pelos meteoritos que atingem a superfície terrestre. 02) o processo de transformação da rocha matriz em solo é rápido. Em regiões tropicais úmidas, são necessários, em média, dez anos para a formação de dez metros de solo. 04) o intemperismo químico atua nas rochas em ambientes frios e secos e é causado pela variação da temperatura diurna e noturna. 08) o perfil de solo é um esquema em que são representados os horizontes do solo, desde a rocha pouco intemperizada até a superfície. 16) a atuação do intemperismo físico, químico e biológico é acentuada ou atenuada conforme características do clima, da topografia, da biosfera, do tipo de rochas e do tempo de exposição ao meio. 24


Carregar ppt "AULA 01 – A FORMAÇÃO E A TRANSFORMAÇÃO DAS PAISAGENS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google