A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 QUALIDADE NO DESEMPENHO DE TÉCNICAS DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE NÍVEL MÉDIO Rev Saúde Pública 2006;40(5):843-50. MARINA PEDUZZI, MARIA LUIZA ANSELMI,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 QUALIDADE NO DESEMPENHO DE TÉCNICAS DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE NÍVEL MÉDIO Rev Saúde Pública 2006;40(5):843-50. MARINA PEDUZZI, MARIA LUIZA ANSELMI,"— Transcrição da apresentação:

1 1 QUALIDADE NO DESEMPENHO DE TÉCNICAS DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE NÍVEL MÉDIO Rev Saúde Pública 2006;40(5): MARINA PEDUZZI, MARIA LUIZA ANSELMI, IVAN FRANÇA JUNIOR, CLAUDIA BENEDITA DOS SANTOS. Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP)

2 2 1. INTRODUÇÃO 1.1. CONTEXTO Trabalhadores de enfermagem; Trabalhadores de enfermagem; PROFAE; PROFAE; Baixa qualidade na execução de técnicas de enfermagem; Baixa qualidade na execução de técnicas de enfermagem; Poucas publicações Poucas publicações

3 HIPÓTESE A qualificação técnica acarreta melhor desempenho profissional dos trabalhadores de enfermagem, dadas as condições adequadas de trabalho em termos do quadro de pessoal e do desenvolvimento de supervisão de enfermagem e de educação continuada OBJETIVO Analisar a qualidade da assistência de enfermagem prestada nas técnicas de inalação, punção venosa e medicação intramuscular, no contexto da qualificação profissional de trabalhadores de enfermagem de nível médio. Analisar a qualidade da assistência de enfermagem prestada nas técnicas de inalação, punção venosa e medicação intramuscular, no contexto da qualificação profissional de trabalhadores de enfermagem de nível médio.

4 4 2. MÉTODOS Comitê de Ética e Pesquisa 2.1. TIPO DE ESTUDO Estudo Transversal em duas fases LOCAL Serviços de Saúde do Estado da Bahia

5 AMOSTRA Critérios de Inclusão Serviço: Possuir contingente maior ou igual a 10 de trabalhadores de enfermagem sem qualificação técnica formal e regular participando do PROFAE que realizavam as técnicas estudadas; Serviço: Possuir contingente maior ou igual a 10 de trabalhadores de enfermagem sem qualificação técnica formal e regular participando do PROFAE que realizavam as técnicas estudadas; Profissionais: Profissionais: Atendentes; Atendentes; Auxiliares de enfermagem; Auxiliares de enfermagem; Técnicos de enfermagem. Técnicos de enfermagem. Utilização das técnicas Utilização das técnicas Critérios de Exclusão Não descrito no artigo

6 Amostragem Amostra estratificada por categoria Consentimento Livre e Esclarecido Assinado por todos Assinado por todos Garantia de anonimato dos profissionais e instituições. Garantia de anonimato dos profissionais e instituições.

7 2.4. PROCEDIMENTOS Itens avaliados em duas fases (2001 e 2002) Itens avaliados em duas fases (2001 e 2002) Punção venosa para aplicação de medicamentos; Punção venosa para aplicação de medicamentos; Medicação intramuscular; Medicação intramuscular; Inalação. Inalação. Observação direta individual; Observação direta individual; Instrumento de verificação de itens Instrumento de verificação de itens Descrição dos procedimentos. Descrição dos procedimentos. Núcleos de avaliação: Núcleos de avaliação: Núcleo duro; Núcleo duro; Núcleo técnico; Núcleo técnico; Núcleo comunicação; Núcleo comunicação; Núcleo gerencial. Núcleo gerencial. 7

8 Variáveis Variáveis Primárias Punção Venosa Punção Venosa Inalação Inalação Medicação Intramuscular Medicação Intramuscular Variáveis Secundárias Núcleo duro; Núcleo duro; Núcleo técnico; Núcleo técnico; Núcleo comunicação; Núcleo comunicação; Núcleo gerencial. Núcleo gerencial.

9 Método Estatístico Cálculo do Tamanho da Amostra Amostra por conveniência Análise Estatística Prova da mediana; Prova da mediana; Nível de significância igual ou inferior a 5%. Nível de significância igual ou inferior a 5%.

10 10 3. RESULTADOS 3.1. Características da Amostra Não descrito no artigo Variáveis

11 11

12 Processos educativos de trabalhadores de enfermagem implementados isoladamente per se em contextos de trabalho precários não são capazes de imprimir mudanças positivas na qualidade do desempenho profissional CONCLUSÃO


Carregar ppt "1 QUALIDADE NO DESEMPENHO DE TÉCNICAS DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE NÍVEL MÉDIO Rev Saúde Pública 2006;40(5):843-50. MARINA PEDUZZI, MARIA LUIZA ANSELMI,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google