A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo 13o CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo 13o CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A."— Transcrição da apresentação:

1 INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo 13o CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Setembro de 2007 Profª. Dra. Eliana Maria do Sacramento Soares Profª. Dra. Isolda Giani de Lima Profª. Dra. Laurete Zanol Sauer

2 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo DOMÍNIOS ALTERNATIVOS DE APRENDIZAGEM RESIGNIFICANDO O PROCESSO EDUCATIVO ALGUMAS POSSIBILIDADES COMENTÁRIOS FINAIS Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

3 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Ambientes virtuais como domínio de convivência: Tempo e espaço resignificados Tempo e espaço resignificados Ultrapassar as práticas usuais do presencial Ultrapassar as práticas usuais do presencial Presencial e virtual se complementando Presencial e virtual se complementando Suporte a atividades e comunicação extraclasse Suporte a atividades e comunicação extraclasse Espaço social de convivência: aprendizagem emerge dos fluxos de comunicação entre os atores do processo Espaço social de convivência: aprendizagem emerge dos fluxos de comunicação entre os atores do processo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

4 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Ambiente: dinâmico e em construção, suportando a interação e os fluxos de conversação Plano pedagógico e a configuração do ambiente: co- dependentes para que os interagentes se construam como elementos ativos, co-autores do processo de aprendizagem Gestão pedagógica: problematiza, chama para as discussões, sistematiza os registros e interações, propondo tarefas de aprendizagem Aprendizagem emerge da rede de interações, fluxos de informação que veiculam nos ambientes Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

5 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Interface e gestão pedagógica Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007 Transformações na convivência Aprendizagem

6 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Consciência Participação ativa Colaboração Envolvimento em atividades de estudo descentração Socialização de idéias Síntese Analisar erros e regular o processo Pesquisa Assumir o próprio processo de construção de conhecimento Cooperação Interação Argumentação Ética Moral Autonomia Profas. Eliana, Isolda, Laurete CCET – DEME – 29/08/2007

7 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Ambientes para as disciplinas de Matemática de cursos do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade de Caxias do Sul – RS Semi-presenciais Apoio ao presencial Portal acadêmico ucsvirtual ucsvirtual Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

8 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Ambiente no portal acadêmico: Mural Agenda e cronograma Orientações Acervo: material de apoio Webfólio Fórum e Sala de bate-papo Espaço social de convivência Conexão entre os diferentes espaços e recursos Diálogos e construção do conhecimento Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

9 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Sujeitos se colocam na condição de interlocutores, num esforço representativo, buscando a descentração e a coordenação de diferentes pontos de vista; Surgem novos entendimentos da realidade, são criados vínculos e motivação Fórum: interações compartilhadas e alimentadas por discussões entre professor e estudantes, exigindo esforço na compreensão, no fazer-se entender pelo outro e na clareza da escrita Software Scientific Notebook: editor de textos matemáticos com processador algébrico, numérico e gráfico Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

10 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Protocolo: Dicas de participação: ler, ver o que já tem sobre o tema em discussão e entrar no fluxo, acrescentar, comentar, contribuir, ampliando a discussão, de forma que os textos se constituam num diálogo reflexivo que leve a construção coletiva estipular prazos para que a discussão ocorra; definir moderador, que organize e sistematize (monitor) fechamento das discussões e começo de novas: coordenações de ações FÓRUM: CONVERSAS MATEMÁTICAS E PRODUÇÕES COLETIVAS Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

11 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007 Realizar operações: aplicar fórmulas, regras; Traduzir e descrever as operações realizadas; Explicar e entender as operações ; Argumentar: fazer e compreender Aprendizagem de Matemática emerge de sucessivos níveis de tomadas de consciência: fazer e compreender; Fórum nesse contexto: registro e socialização do diálogo e das reflexões Texto dialógico, coordenações de ações e transformações estruturais Acoplamento com os recursos tecnológicos

12 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

13 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

14 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

15 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo O que estamos percebendo: Acolhimento de nossas propostas; Desenvolvimento de autonomia; Capacidade de escrever: sistematizar Capacidade de escrever: sistematizar, organizar e elaborar idéias matemáticas; Mudança da cultura sobre processo pedagógico; Organização do material de apoio de forma colaborativa com colegas e organização de banco de problemas e de perguntas freqüentes que vai sendo construído e aprimorado a cada semestre; Construção do professor reflexivo: capacitação contínua Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

16 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007 Bom para discutir dificuldades comuns O acompanhamento das discussões é útil para resolver os problemas, para comparar com o que está sendo feito, para identificar erros cometidos, a partir do que é dito pelos colegas Dúvidas e dificuldades são superadas através do acompanhamento de perguntas e respostas de colegas e do professor Útil para participar fora da aula, podendo acessar as discussões e ler com mais calma Auxilia na revisão dos conceitos e na construção do conhecimento

17 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007 Lendo os textos me fez esclarecer dúvidas, ir a teoria e ver o que não entendia, notar que precisava estudar mais... O aluno pensa, formula seu modo de pensar para escrever, obriga a construir com ajuda dos colegas Válido para discutir e tirar dúvidas Bom para reler depois...perceber onde está a dificuldade... Útil para compartilhar idéias, receber e dar sugestões: uma explicação diferente facilita o entendimento.. O fórum pode ser um meio muito eficiente para desenvolver aprendizagem, desde que baseado em estratégias e intervenções adequadas, no contexto do ambiente de aprendizagem

18 Interatividade e cooperação: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo LIMA, I. G. A equilibração dos processos cognitivos na aprendizagem de matemática no ambiente do Mecam. 2004, Tese de doutorado. PGIE, UFRGS, Porto Alegre, MATURANA, H. A ontologia da realidade. Belo Horizonte. Editora UFMG, PIAGET, J. Fazer e compreender. São Paulo: Melhoramentos, SAUER, L.Z. O diálogo matemático e o processo de tomada de consciência da aprendizagem em ambientes telemáticos. 2004, Tese de doutorado. PGIE, UFRGS, Porto Alegre, SILVA, Marco. Sala de aula interativa. Rio de Janeiro: Quartet, SOARES. E. M. S; VALENTINI, C. B. Aprendizagem em ambientes virtuais: compartilhando idéias e construindo cenários. Caxias do Sul-RS: EDUCS, SOARES, E. M. S. Laboratório de Ambientes virtuais de aprendizagem. Projeto apoiado pela Pró-reitoria de pós graduação e pesquisa da UCS e pelo CNPq. Caxias do Sul, (http://www.ucs.br/lavia) Profas. Eliana, Isolda, Laurete Setembro 2007

19 INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo 13o CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Setembro de 2007 Profª. Dra. Eliana Maria do Sacramento Soares Profª. Dra. Isolda Giani de Lima Profª. Dra. Laurete Zanol Sauer


Carregar ppt "INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO: possibilidades para uma concepção de domínios alternativos no processo educativo 13o CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google