A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Thomaz Marquez. A avaliação é um processo de fundamental importância dentro da Educação Física, seja escolar, esportiva, de rendimento, entre outras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Thomaz Marquez. A avaliação é um processo de fundamental importância dentro da Educação Física, seja escolar, esportiva, de rendimento, entre outras."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Thomaz Marquez

2 A avaliação é um processo de fundamental importância dentro da Educação Física, seja escolar, esportiva, de rendimento, entre outras. Medir, avaliar ou testar???

3  É a ciência que estuda quantitativamente os fenômenos vitais;  É a ciência que procura traduzir numericamente os fenômenos biológicos relacionando-os com estatísticas anteriores ou dados pré-estabelecidos.

4 É um instrumento, procedimento ou técnica usado para se obter uma informação.  Verificação de Desempenho;  Padronização;  Previamente organizados.

5 É uma determinação de grandeza e se constitui no primeiro instrumento para se obter informação sobre algum dado pesquisado.  Quantitativa;  Numérica;  O que medir? Como medir? Por que medir?

6 Determina a importância ou o valor da informação coletada. Classifica os testados.  Usando as medidas;  Objetiva ou subjetivamente;  Comparação;  Interpretativo.

7  Medida: Abrange um aspecto quantitativo. TESTE  Avaliação: Abrange um aspecto qualitativo.

8  Dados Morfológico  Ex.: Dados antropométricos - peso, altura, etc...  Dados Fisiológicos  Ex.: Consumo Máximo de Oxigênio, treinamento, etc...  Dados Psicológicos  Ex.: Nível de estresse, relacionamento social, etc...

9 Diagnóstica  É uma análise dos pontos fortes e fracos do indivíduo ou da turma relacionando a determinado característica;  Comumente realizada no início de um programa;  Classifica grupos e indivíduos (heterogêneos ou homogêneos).

10 Formativa  Informa sobre o progresso dos indivíduos ou grupo;  Indica ao profissional se ele está ensinando o conteúdo correto, ou se os resultados estão aparecendo;  Aponta os ‘novos’ caminhos a serem tomados.

11 Somativa  É a soma de todas as avaliações realizadas no fim de cada unidade do planejamento;  Obter números e resultados finais do planejamento.

12  Denota a qualidade de todo o processo;  Instrumentos, testes e protocolos devem apresentar validação satisfatória e/ou confiável;  Aspectos associados à validade devem ser levados em conta desde o momento em que se decide avaliar o atributo em questão.

13  Grau de conexão do teste com o fenômeno que se dispõe à medir;  Proximidade do protocolo de avaliação com a execução da atividade em questão;  Por exemplo: Teste de Cooper x Corredor

14 Está ligada a consistência da medição. A medida repetida duas ou mais vezes dentro de um curto intervalo de tempo, sem que tenha havido, entre os testes, atividades que possam alterar a resposta, deve apresentar os mesmos resultados ou serem altamente correlacionados.

15 Característica de um protocolo de fornecer os mesmos resultados, se aplicados em um mesmo grupo, apesar de que por avaliadores diferentes.

16  Validade do teste e/ou protocolo;  Fidedignidade;  Objetividade;  Viabilidade (praticidade do teste);  Reprodutibilidade (poder ser repetido);  Discriminabilidade (realidade do grupo a que se destina o teste).

17  Auxilia na decisão sobre o fato do avaliado apresentar resultados “normais” no atributo em análise;  Normal é equivalente ao o que comumente ocorre ou ocorreu em resultados ou pesquisas anteriores.

18  Diagnosticar;  Classificar;  Selecionar;  Progresso;  Manter Padrões;  Motivar;  Pesquisa Científicas – Validar resultados.

19  Conhecer o grupo ou individuo;  Importante para assegurar os pontos fracos e fortes dos indivíduos e do grupo para elaboração do programa.

20  Importante para distribuir os indivíduos em grupos mais homogêneos;  Programas individuais ou em grupos mais homogênios.

21  Divisão de grupos e/ou exclusão de indivíduos;  São usados para selecionar um grupo;  Ex.: selecionar os alunos do time de futebol.

22  Verificar se o programa está no caminho pré- determinado;  Traçar estratégias de mudanças;  Medindo-se no começo e no fim do planejamento, é possível comparar marcas individuais para mostrar a mudança de comportamento do indivíduo.

23  Medidas preventivas de melhoria do treinamento (programa);  Um programa de avaliação ajuda a manter padrões de performance que são esperados nos indivíduos.

24 Os indivíduos podem ser motivados a melhorar sua performances se forem informados e aconselhados sobre seus níveis atuais (positiva ou negativamente).

25  Justificar resultados;  Reprodução dos conceitos estabelecidos;  Validação de programas e/ou testes e/ou conhecimento.

26  Início de qualquer programa de atividade física;  No decorrer do período de treinamento;  Ao final de um ciclo de treinamento ou quando for necessária uma reformulação do mesmo.

27  Laboratório;  Campo;  Academia;  Quadra;  Piscina.  As condições de avaliação devem estar diretamente relacionadas ao teste a ser realizado.

28  Todas as medidas devem ser conduzidas com os objetivos do programa em mente;  Deve-se lembrar sempre a relação existente entre teste, medida e avaliação;  Devem ser conduzidos e supervisionados por pessoas devidamente capacitadas;

29  Os resultados devem ser interpretados em termos do indivíduo como um todo: social, mental, física e psicologicamente ;  Não há teste que substitua o julgamento profissional;  Deve sempre existir o re-teste para se observar o desempenho;

30  Usar os testes que mais se aproximam da situação da atividade;  Tudo que existe pode ser medido. (???)  Nenhum teste ou medida é perfeito.

31  Instrumentos: Aferidos, atuais e adequados ao teste e ao público;  Local: Adequado e limpo;  Comparação de dados: se houver comparar dados, deve-se observar se foram coletados pelo mesmo avaliador e se foi utilizado o mesmo método;  Seguir rigorosamente as indicações, normas e padrões dos testes.

32  Segundo o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM, 2000) alguns aspectos são importantes para constar em uma anamnese:  Diagnósticos clínicos;  Exames físicos e clínicos anteriores;  Histórico de sintomas;  Enfermidades recentes;  Problemas ortopédicos;

33  Uso de medicamentos;  Alergias;  Outros hábitos (atividade física, profissão, dieta, consumo de álcool, fumo...);  Histórico Familiar;  Histórico de atividades já realizadas;  Informações pertinentes a atividade a ser desenvolvida.

34 1. Diferencie e explique: Medir, testar e avaliar. 2. Quais os tipos (3) de avaliação? Explique cada um deles. 3. Quais critérios o avaliador deve levar em conta ao decidir por algum teste (protocolo)?


Carregar ppt "Prof. Thomaz Marquez. A avaliação é um processo de fundamental importância dentro da Educação Física, seja escolar, esportiva, de rendimento, entre outras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google