A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Fundamentos da Igreja Cristã.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Fundamentos da Igreja Cristã."— Transcrição da apresentação:

1 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Fundamentos da Igreja Cristã

2 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  A primeira carta de Paulo aos Coríntios,escrita entre 55 e 56 d.C, tem como objetivo tratar de alguns problemas, que chegaram ao conhecimento através de uma família que veio daquela cidade, sendo assim esta é uma carta doutrinaria pois visa corrigir e exortar os irmãos a servirem melhor a Cristo.

3 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.1 – A Igreja de Corinto  Sendo uma metrópole Corinto era bem localizada e possuía boas relações comerciais, tendo um bom porto para transportes e navegações, porem era conhecida por possuir um grande templo dedicado a Afrodite.Logo o contexto favorecia a promiscuidade e a igreja também enfrentava problemas com divisão interna e litígios etc.  1.2 – As Divisões na Igreja  A questão era tão seria em Corinto que os irmãos decidiram escolherem seus próprios lideres, sendo que pertenciam todos a mesma igreja,alguns queriam seguir a Paulo, outro a Apólo, outros a Céfas e um ultimo grupo o que queria seguir apenas a Jesus.Todavia tal atitude apenas evidência a carnalidade e imaturidade dos crentes daquela igreja.

4 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.3 – O Orgulho na Igreja  Levados por tantos pecados,os irmãos de corinto levaram- se pelo orgulho e perderam o respeito pela autoridade apostólica.  1.4 – A Imoralidade e a Indisciplina na Igreja  A imoralidade e indisciplina invadiu aquela igreja de tal maneira que pessoas viviam em prostituição e permaneciam na igreja participando normalmente de tudo e a congregação ignorava a realidade recusando-se a punir tal membro,por isso Paulo exorta severamente os Coríntios.

5 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.5 – O Litígio na Igreja  Os irmãos de Corinto estavam levando outros irmãos para a justiça,por motivos insignificantes,o que causava uma má impressão diante das pessoas de Corinto.Por isso Paulo explica que os magistrados não deveriam julgar suas causas pois eram infiéis e injustos,sendo assim os próprios irmão tinham o direito de julgar suas causas.  1.6 – O Casamento na Igreja  Paulo conhecendo o contexto daquela cidade direciona os irmão com cinco princípios norteadores referentes a casamento,que são:Monogamia,satisfação sexual,autoridade mútua,consentimento mútuo e indissolubilidade

6 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.7 – A Idolatria  Devido ao contexto em que a igreja de Corinto estava inserida,Paulo corrige os irmãos que estavam participando de banquetes em templos pagãos e depois participavam normalmente da ceia do Senhor,dizendo-lhes que isso estava errado e que para preservação dos “fracos” na fé isso não deveria ocorrer,mesmo porque não é licito para o cristão participar da mesa do ídolos.  1.8– A Desordem na Ceia do Senhor  Um momento que deveria expressar comunhão,união estava sendo marcado pela falta de compromisso e desordem,por isso apostolo aos gentios traz declarações de maneiras e modos de agir relativos a ceia do senhor que deveriam nortear os irmãos em suas condutas cristãs.

7 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  2.1 – A Unidade no Uso dos Dons Espirituais  Neste momento Paulo advoga sobre a diversidade de dons que existem na igreja,que apesar de diferentes provem do Espírito Santo,para beneficiar o corpo de Cristo.  2.2 – Os Princípios da Unidade  Para que exista unidade na igreja é preciso utilizamos ulguns princípios que são:Um só corpo,há diversidade de membros,um só Espírito. ▪ A Unidade Através da Excelência do Amor ▪ O Padrão do amor cristão

8 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  2.3 – A Unidade na Ordem do Culto  Um dos propósitos que Paulo tinha em escrever aos Coríntios era ordenar que os irmãos praticassem as reuniões com ordem.  2.4–A Unidade na Compreensão da Doutrina da Ressurreição  Outra questão que exigia atenção maior por parte de Paulo,está na doutrina da ressurreição.Os irmãos de corinto estavam com algumas duvidas e distorções acerca deste ensinamento, o que é corrigido por Paulo.  2.5–A Unidade nas Obras Sociais  A finalização da I Carta aos Corintios é feita com um convite de Paulo para que os irmãos se compadecessem dos necessitados

9 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Esta segunda carta é uma defesa do apostolado de Paulo na qual em resposta as frequentes ataques, Paulo se posiciona pronunciando –se em defesa de sue ministério.  3.1 – A Tribulação  Em Primeira instancia Paulo explica que as tribulações que vem sofrendo servem para consolar os irmãos a se fortalecerem em Cristo através de seu testemunho.  3.2 – O Amor pelos Irmãos  Por estar sofrendo pelo fato de estar sendo rejeitado,Paulo escreve com profundas lagrimas expressando assim seu grande amor pelos irmãos,que rejeitavam seu ministério apostólico.

10 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  3.3 – A Sinceridade na Pregação  A sinceridade de Paulo na pregação é algo visível,nela Paulo trazia o conhecimento de Cristo,com isso a sua pregação expunha o reino de Deus para os fiéis e a condenação para os que a rejeitavam.  3.4 – A Dependência de Deus  Foi um dos argumentos de Paulo para defender-se,ele argumentou que devido a sua experiência com Deus é que ele iniciou sua carreira ministerial,por isso ele não precisava de testemunho de homens.

11 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  3.5 – A Mensagem Cristocêtrica  Em II Coríntios Argumentando em sua defesa Paulo, afirma que o principal propósito ao ministrar o evangelho é anunciar Cristo aos perdidos e nada mais.  3.6 – O Sofrimento em Prol do Evangelho  Nos Capítulos 6,11,12 Paulo expressa diversos tipos de sofrimentos que ele passou por pregar o evangelho,tais sofrimentos serviram e servem de exemplo sobre o que é viver para Cristo.  3.7 – O Compromisso com a Santificação e a Integridade  Este tema fez parte da preocupação de Paulo para com os irmãos de Corinto,por isso é trabalhado de modo que os irmãos pudessem entender que viver com Cristo trazia a responsabilidade de uma vida integra e pura mas que certamente deveria ser recompensada por Deus.

12 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  3.9 – Zelo com a Igreja  Paulo sofria com um profundo zelo pela igreja,e assim buscava acompanhar todas as igrejas que havia fundado. Por tanto vemos a conclusão desta carta com afirmações de amor pelos irmãos e profundo apreço.

13 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Esta carta foi escrita pelo Apostolo Paulo após ele receber um “relatório” de Timóteo,que ao lhe informar sobre a igreja em Tessalônica observou que a igreja ia bem,mas que tinha problemas em compreender o que acontecia com os irmãos que morreram antes da volta de Cristo e com a própria de Cristo.  4.1 – As Preocupações com a Igreja de Tessalônica  Paulo não pode passar tempo suficiente em Tessalônica,pois foi perseguido por Judeus naquela cidade.Por isso quando recebeu de Timóteo as noticias logo escreve para fortalecer a todos os irmãos,que teve de deixar as pressas quando fugiu. ▪ – A Fé,o Amor e a Esperança da Igreja ▪ – A Integridade na Conduta de Paulo ▪ – A Tentação de Satanás na Igreja ▪ 4.1.4– O Crescimento do Amor na Igreja

14 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  4.2 – Os Preparativos para a Vinda de Cristo  Podemos observar que Paulo orienta os irmãos sobre a maneira como eles deveriam viver,pois a volta de Cristo exigia alguns modos cristãos.  4.3 – Aspectos da Vinda de Cristo  Agora Paulo ensina aos irmãos como se daria a volta de Cristo,para tranqüilizar os irmãos acerca dela,pois algumas confusões com relação a mesma estavam fermentando dentro da igreja.  4.4 – As praticas Cristãs  Concluindo a carta temos uma lista de exortações sobre conduta cristã.Vejamos:A pratica do reconhecimento aos obreiros, da paz,paciência,do bem, da alegria,da oração,da gratidão,dos dons,do discernimento e da santificação integral.

15 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Seqüência de I Tessalonicenses, a segunda carta traz agora um lembrete à perseverança na fé até que Cristo retornasse.  5.1- O Crescimento da Fé do Amor  Logo no inicio da carta Paulo reconhece a fé e o amor que os irmãos estão tendo ao enfrentar as perseguições e demais dificuldades.  5.2 – A Vinda de Cristo e as Manifestações do Anticristo  Haviam dois grupos dentro da igreja que estavam causando grande confusão acerca da volta de Cristo,um dizia que Cristo já havia retornado e outro que Ele estava voltando tão rapido que não deveriam nem mesmo trabalhar mais,para combater esses ensinamentos Paulo exorta os irmão que não se movessem por qualquer coisa que ouvissem.

16 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  O Anticristo  Prosseguindo em carta, Paulo agora explica aos Tessalonicenses que surgiria um homem que se levantaria contra o evangelho e todos os que o proclamassem ou vivessem,este seria o Anticristo.  5.4 – Eleitos para a Salvação  Fica claro em II Tessalonicenses a eleição para a salvação dos irmãos que pertenciam a igreja de Cristo,haja visto dois fatores que assegurariam está salvação são: a santificação e a fé na verdade.


Carregar ppt "IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Fundamentos da Igreja Cristã."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google