A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação Professor Alexandre Furtado Amaral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação Professor Alexandre Furtado Amaral."— Transcrição da apresentação:

1 1 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação Professor Alexandre Furtado Amaral

2 2 Sistema de Informação é a expressão utilizada para descrever um sistema automatizado, ou mesmo manual, que abrange pessoas, máquinas, e/ou métodos organizados para coletar, processar, transmitir e disseminar dados que representam informação para o usuário.

3 33 Pensamento Sistêmico

4 44 Sistemas de Informação Objetivos Processo de Transformação Entradas Saídas Controle e Avaliação Retroalimentação

5 555 Três aspectos da utilização dos SIs para a organização: Três aspectos da utilização dos SIs para a organização: Apoio à decisão; Apoio à decisão; Sistematização no tratamento da informação; Sistematização no tratamento da informação; Acesso à informação. Acesso à informação.

6 666 Informação:reduz a incerteza na tomada de decisão. Informação:reduz a incerteza na tomada de decisão. É importante que a informação obtida seja de QUALIDADE; É importante que a informação obtida seja de QUALIDADE; Se a informação não for de qualidade a decisão tomada pode não ser a CORRETA. Se a informação não for de qualidade a decisão tomada pode não ser a CORRETA. Sistemas de Informação e Processo Decisório

7 77 Princípios da Organização Princípios da Organização Estrutura Funcional Estrutura Funcional Em organizações desse tipo, os sistemas de informação são construídos com uma forte base funcional. Em organizações desse tipo, os sistemas de informação são construídos com uma forte base funcional. Presidente Assessoria MarketingProduçãoFinanceiraRecursos Humanos

8 88 Princípios da Organização Princípios da Organização Estrutura Divisionalizada Estrutura Divisionalizada Sistemas de informação que dão apoio a organizações divisionalizadas têm que ter um cuidado especial no tratamento das diferenças entre as estruturas funcionais replicadas. Sistemas de informação que dão apoio a organizações divisionalizadas têm que ter um cuidado especial no tratamento das diferenças entre as estruturas funcionais replicadas. Presidente Assessoria SulSudesteCentro-oeste FiRHRH Lo ja s Pr o. FIRHRH Lo ja s Pro.FIRHRH Lo ja sz Pro.

9 99 Princípios da Organização Princípios da Organização Fluxo de Informação em uma estrutura matricial Fluxo de Informação em uma estrutura matricial

10 10 Princípios da Organização Princípios da Organização Fluxo de Informação em uma estrutura em rede Fluxo de Informação em uma estrutura em rede Sua implementação é mais difícil porque tem que ser geral o suficiente para atender todo um grupo e ser particular o suficiente para dar apoio ao trabalho de cada indivíduo. Sua implementação é mais difícil porque tem que ser geral o suficiente para atender todo um grupo e ser particular o suficiente para dar apoio ao trabalho de cada indivíduo.

11 11 Pesquisa realizada pela Accenture com mais de 1000 profissionais norte-americanos e ingleses que atuam nas áreas de vendas, finanças, contabilidade, RH, tecnologia da informação e marketing em grandes organizações, tentou constatar quais eram os principais problemas nas empresas com as informações. Pesquisa realizada pela Accenture com mais de 1000 profissionais norte-americanos e ingleses que atuam nas áreas de vendas, finanças, contabilidade, RH, tecnologia da informação e marketing em grandes organizações, tentou constatar quais eram os principais problemas nas empresas com as informações. Fonte: Revista TI Inside

12 12 Os executivos estão frustrados com o gerenciamento da informação. Somente a metade do total acredita que suas empresas fazem um bom trabalho de gestão e distribuição de dados; Os executivos estão frustrados com o gerenciamento da informação. Somente a metade do total acredita que suas empresas fazem um bom trabalho de gestão e distribuição de dados; Executivos de grandes empresas gastam mais do que um quarto de seu tempo na busca por informações necessárias para o seu trabalho; Executivos de grandes empresas gastam mais do que um quarto de seu tempo na busca por informações necessárias para o seu trabalho; Fonte: Revista TI Inside

13 13 59% dos gerentes perdem informações valiosas quase todos os dias, como conseqüência da má distribuição; 59% dos gerentes perdem informações valiosas quase todos os dias, como conseqüência da má distribuição; Ao menos uma vez por semana, 42% dos entrevistados usam acidentalmente informações incorretas; Ao menos uma vez por semana, 42% dos entrevistados usam acidentalmente informações incorretas; 53% afirmam que menos da metade da informação que recebem é útil; 53% afirmam que menos da metade da informação que recebem é útil;

14 14 45% afirmaram que recolher informação sobre as outras áreas da empresa é um grande desafio ao mesmo tempo que 31% confirmaram suas dificuldades em obter dados sobre os concorrentes; 45% afirmaram que recolher informação sobre as outras áreas da empresa é um grande desafio ao mesmo tempo que 31% confirmaram suas dificuldades em obter dados sobre os concorrentes; 57% dos gerentes apontam a necessidade de se valer de fontes numerosas para compilar as informações que precisam para as suas atividades. 57% dos gerentes apontam a necessidade de se valer de fontes numerosas para compilar as informações que precisam para as suas atividades.

15 15 Porém, mesmo os computadores e sistemas tecnológicos sendo imprescindíveis para a transmissão, coleta e distribuição das informações para a tomada de decisão, o MAIS IMPORTANTE NÃO PODE SER ESQUECIDO: A INFORMAÇÃO. Porém, mesmo os computadores e sistemas tecnológicos sendo imprescindíveis para a transmissão, coleta e distribuição das informações para a tomada de decisão, o MAIS IMPORTANTE NÃO PODE SER ESQUECIDO: A INFORMAÇÃO.

16 16 Variação anual (%) Ibovespa e DJ (índices em dólar, deflacionados pelo CPI)

17 17 Reputação da companhia São precisos 20 anos para construir uma reputação e cinco minutos para perdê-la. Se você pensar nisso, fará as coisas de uma forma diferente São precisos 20 anos para construir uma reputação e cinco minutos para perdê-la. Se você pensar nisso, fará as coisas de uma forma diferente Warren Buffett Credibilidade gera confiança Credibilidade gera confiança Governança Corporativa Governança Corporativa

18 18 Governança Corporativa Governança corporativa é compreendida como o sistema de administração e de tomada de decisões que as empresas adotam. Assim, envolve definir a forma como devem se relacionar os principais órgãos e centros de poder: acionistas, conselhos de administração e fiscal, administração executiva, comunidade de investidores, governos, empregados, fornecedores, etc. Governança corporativa é compreendida como o sistema de administração e de tomada de decisões que as empresas adotam. Assim, envolve definir a forma como devem se relacionar os principais órgãos e centros de poder: acionistas, conselhos de administração e fiscal, administração executiva, comunidade de investidores, governos, empregados, fornecedores, etc.

19 19 Governança Corporativa O principal objetivo que a prática da governança corporativa deve observar é o de propiciar, ao longo do tempo, o maior nível de desenvolvimento da empresa, com o objetivo a maximização de seu valor, com sustentabilidade. Assim, estão sendo satisfeitos não só seus proprietários, mas também toda uma comunidade de partes relacionadas ("stakeholders): empregados, a(s) comunidade(s) onde atua, os governos arrecadadores de impostos, etc. O principal objetivo que a prática da governança corporativa deve observar é o de propiciar, ao longo do tempo, o maior nível de desenvolvimento da empresa, com o objetivo a maximização de seu valor, com sustentabilidade. Assim, estão sendo satisfeitos não só seus proprietários, mas também toda uma comunidade de partes relacionadas ("stakeholders): empregados, a(s) comunidade(s) onde atua, os governos arrecadadores de impostos, etc.

20 20 Governança Corporativa 4 PILARES 4 PILARES Transparência Transparência a administração executiva da empresa deve satisfazer, com precisão e tempestividade, às diferentes necessidades de informações dos acionistas, dos conselhos de administração e fiscais, da auditoria independente, das autoridades do mercado e das partes relacionadas ("stakeholders"). A transparência deve levar em conta a necessidade de a empresa obter uma relação custo/benefício positiva. A compensação pelo custo de se criar e se manter um sistema de informações capaz de atender às diferentes necessidades acima mencionadas, é o acesso a capitais vitais para o desenvolvimento da companhia e, por conseqüência, para a maximização de seu valor. a administração executiva da empresa deve satisfazer, com precisão e tempestividade, às diferentes necessidades de informações dos acionistas, dos conselhos de administração e fiscais, da auditoria independente, das autoridades do mercado e das partes relacionadas ("stakeholders"). A transparência deve levar em conta a necessidade de a empresa obter uma relação custo/benefício positiva. A compensação pelo custo de se criar e se manter um sistema de informações capaz de atender às diferentes necessidades acima mencionadas, é o acesso a capitais vitais para o desenvolvimento da companhia e, por conseqüência, para a maximização de seu valor.

21 21 Governança Corporativa 4 PILARES 4 PILARES Prestação de Contas Prestação de Contas os diferentes órgãos da administração da companhia – conselho de administração, diretoria executiva, conselho fiscal e auditoria Independente - devem prestar contas de suas atividades. No caso da diretoria e da auditoria independente, esta prestação de contas deve ser feita ao conselho de administração, órgão que, em nome dos acionistas, os elegeu. No caso dos conselhos de administração e fiscal, ambos devem prestar contas a todos os acionistas e não a grupos de acionistas que porventura os tenham indicado à assembléia geral. os diferentes órgãos da administração da companhia – conselho de administração, diretoria executiva, conselho fiscal e auditoria Independente - devem prestar contas de suas atividades. No caso da diretoria e da auditoria independente, esta prestação de contas deve ser feita ao conselho de administração, órgão que, em nome dos acionistas, os elegeu. No caso dos conselhos de administração e fiscal, ambos devem prestar contas a todos os acionistas e não a grupos de acionistas que porventura os tenham indicado à assembléia geral.

22 22 Governança Corporativa 4 PILARES 4 PILARES Eqüidade Eqüidade o relacionamento entre os agentes da governança corporativa e as diferentes classes de proprietários deve ser caracterizado pelo tratamento justo e equânime. A apropriação pelas partes relacionadas ("stakeholders) dos direitos que lhes cabem deve ser feita rigorosamente de acordo com as regras contratadas, que devem ser transparentes, de forma a que as expectativas sejam realistas e passíveis de cumprimento. o relacionamento entre os agentes da governança corporativa e as diferentes classes de proprietários deve ser caracterizado pelo tratamento justo e equânime. A apropriação pelas partes relacionadas ("stakeholders) dos direitos que lhes cabem deve ser feita rigorosamente de acordo com as regras contratadas, que devem ser transparentes, de forma a que as expectativas sejam realistas e passíveis de cumprimento.

23 23 Governança Corporativa 4 PILARES 4 PILARES Sustentabilidade Sustentabilidade Se o valor de uma companhia é o valor presente dos lucros propiciados aos seus acionistas, não é relevante a geração de resultados erráticos, muitas vezes efêmeros. O importante é que a companhia se desenvolva de forma a registrar cada vez melhores desempenhos, de forma sustentável ao longo do tempo. Trata-se de uma visão mais ampla da estratégia empresarial, na qual todos os agentes da governança corporativa de uma companhia devem zelar pela sua perenidade. Se o valor de uma companhia é o valor presente dos lucros propiciados aos seus acionistas, não é relevante a geração de resultados erráticos, muitas vezes efêmeros. O importante é que a companhia se desenvolva de forma a registrar cada vez melhores desempenhos, de forma sustentável ao longo do tempo. Trata-se de uma visão mais ampla da estratégia empresarial, na qual todos os agentes da governança corporativa de uma companhia devem zelar pela sua perenidade.

24 24 A formação de um sistema de informação e da empresa analítica A formação de um sistema de informação e da empresa analítica O sistema de informação é criado dentro de uma arquitetura de informação que se refere a todo o sistema plano da organização em que estão inseridas às aplicações e práticas de governança corporativa necessárias para prover as mais acuradas e confiáveis informações dessa organização na ajuda de se tomar as decisões mais complexas. O sistema de informação é criado dentro de uma arquitetura de informação que se refere a todo o sistema plano da organização em que estão inseridas às aplicações e práticas de governança corporativa necessárias para prover as mais acuradas e confiáveis informações dessa organização na ajuda de se tomar as decisões mais complexas.

25 25 Perguntas que devemos fazer antes de formarmos os nossos sistemas de informação: Perguntas que devemos fazer antes de formarmos os nossos sistemas de informação: Quais as informações que precisamos e com que fequencia ? Quais as informações que precisamos e com que fequencia ? Quantas informações precisamos coletar? Quantas informações precisamos coletar? Qual a tecnologia empresarial precisamos para guardar as informações coletadas? Qual a tecnologia empresarial precisamos para guardar as informações coletadas? Como adquirimos e gerenciamos a informação? Como adquirimos e gerenciamos a informação?

26 26 Qual a preparação adequada para que as informações sejam bem analisadas? Qual a preparação adequada para que as informações sejam bem analisadas? Qual a tecnologia empresarial precisamos para analisar as informações que foram coletadas? Qual a tecnologia empresarial precisamos para analisar as informações que foram coletadas? Como fazer com que os usuários tenham facilidade de manipular as informações para tomarem decisões? Como fazer com que os usuários tenham facilidade de manipular as informações para tomarem decisões? Quais os processos são necessários para que as informações sejam de alta qualidade, tempestivas, auditáveis e capazes de atender os aspectos regulatórios Quais os processos são necessários para que as informações sejam de alta qualidade, tempestivas, auditáveis e capazes de atender os aspectos regulatórios

27 27 O sistema de informação tem que ser flexível para estar pronto para quaisquer mudanças no negócio e na dinâmica das mudanças do ambiente. O sistema de informação tem que ser flexível para estar pronto para quaisquer mudanças no negócio e na dinâmica das mudanças do ambiente. Há 20 anos falava-se da informação como vantagem competitiva, hoje simplesmente ter informação não é mais suficiente. É o que você faz com essa informação que importa! Há 20 anos falava-se da informação como vantagem competitiva, hoje simplesmente ter informação não é mais suficiente. É o que você faz com essa informação que importa!

28 28 Sistemas de Informação Empresa Mercado de mão de obra Concorrência Consumidores Comunidade Tecnologia Sindicatos Sistema financeiro Fornecedores Governo

29 29 Construção de um sistema de informação 1) Estrutura; 2) Cultura; 3) Estratégia; 4) Ambiente; 5) Modelagem dos PROCESSOS. 6) Governança Corporativa.


Carregar ppt "1 Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação Professor Alexandre Furtado Amaral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google