A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Afeganistão. História Desde a antiguidade, a guerra é uma constante na região onde hoje fica o Afeganistão, local já ocupado no século VI a.C.pela civilização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Afeganistão. História Desde a antiguidade, a guerra é uma constante na região onde hoje fica o Afeganistão, local já ocupado no século VI a.C.pela civilização."— Transcrição da apresentação:

1 Afeganistão

2 História Desde a antiguidade, a guerra é uma constante na região onde hoje fica o Afeganistão, local já ocupado no século VI a.C.pela civilização bactriana, formada por um povo que incorporava elementos das culturas hindu, grega e persa. Depois disso, o território foi atacado por sucessivos invasores. O Afeganistão foi invadido e ocupado pela União Soviettica em Mas, apesar da destruição maciça provocada na sustentação logística, lutas subseqüentes entre as várias facções dos Muiahidin permitiram que os fundamentalistas do Talibã se apropriassem da maior parte do país. Em 1997, as forças talibãs mudaram o nome do país de Estado Islâmico do Afeganistão para Emirado Islâmico do Afeganistão. Nos últimos dois anos o país sofre com a seca. Estas circunstâncias conduziram três a quatro milhões de afegãos a sofrerem de inanição. Em resposta aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 nas Torres Gêmeas (Word Trade center) em Nova York, e no Pentagono, cuja autoria foi reivindicada por Osama bin Lade, líder da Al Qaeda, reconhecido como herói pelos Talibãs, no dia 7 de setembro de 2001, os Estados Unidos e forças aliadas lançaram uma campanha militar, como parte de sua política antiterrorismo, caçando e prendendo suspeitos de atividades terroristas no Afeganistão e mandando-os para a base de Guantãnamo, em Cuba.

3 Em 27 de setembro de 1995, as forças talibãs, constituídas de ex- estudantes, derrubaram o presidente, capturaram a capital, Cabul, e passaram a controlar grande parte do país. Em novembro desse ano outras facções negociavam um governo nacional de coalizão. O atual presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, foi escolhido pelo governo dos Estados Unidos da América para dirigir um governo interino, após a queda dos Talibam. Foram realizadas eleições a 9 de outubro de 2004, com mais de 10 milhões de afegãos registrados para votar, mas a maioria dos 17 candidatos da oposição não reconheceu o resultado das eleições, alegando fraude; uma comissão independente encontrou evidências de fraude, mas considerou que isto não teria afectado os resultados. Karzai obteve 55,4% dos votos e foi empossado como presidente a 7 de Dezembro. Estas foram as primeiras eleições desde 1969, quando houve eleições para o parlamento. O actual governo inclui membros da Aliança do Norte, um grupo político formado por elementos de diferentes regiões e grupos étnicos nomeados pela Loya jirga - conselho ligado às antigas tradições afegãs, inicialmente constituído por membros da etnia Pashtun, majoritária, e atualmente formado por diferentes líderes regionais e tribais, autoridades políticas, militares e religiosas, funcionários do governo, etc. Política

4 Geografia O Afeganistão é um país montanhoso, (com 85% do seu território formado por montanhas) -, embora inclua planícies no norte e no sudoeste e poucas depressões. O ponto mais alto do Afeganistão, o NowShak, atinge uma altitude de m acima do nível do mar. Grandes extensões do país são secas, e o fornecimento de água doce é limitado. O Afeganistão tem um clima continental, com verões quentes e invernos frios. O país é frequentemente abalado por sismos. Para além da capital, Cabul, as maiores cidades do país são Herat, Jalalabad, Mazar-e Sarif e Kandahar.

5 Economia O Afeganistão é um país extremamente pobre, muito dependente da agricultura (principalmente da papoula -, matéria-prima do ópio) e da criação de gado. A economia sofreu fortemente com a recente agitação política e militar, e uma severa seca veio se juntar às dificuldades da nação entre 1998 e A maior parte da população continua a ter alimentação, vestuário, alojamento e cuidados de saúde insuficientes, e estes problemas são agravados pelas operações militares e pela incerteza política. A infraçao continua a ser um problema sério. Depois do ataque da coligação liderada pelos EUA que levou à derrota dos Talibã em Novembro de 2001 e à formação da Autoridade Afegã Interina (AAI) resultante do acordo de Bona de Dezembro de 2001, os esforços internacionais para reconstruir o Afeganistão foram o tema da Conferencia de Doadores de Tóquio para a Reconstrução do Afeganistão em Janeiro de 2002, onde foram atribuídos 4,5 bilhões de dólares a um fundo a ser administrado pelo Banco Mundial. As áreas prioritárias de reconstrução são: a construção de instalações de educação, saúde e saneamento, o aumento das capacidades de administração, o desenvolvimento de setores agrícolas e o de reconstrução das ligações rodoviárias, energéticas e de telecomunicações. Dois terços da população vivem com menos de dois dólares por dia. A taxa de mortalidade infantil é de por 1000 nascimentos.

6 Cultura A cultura do Afeganistão é milenar. É bastante influenciada pelo Islão, porém recebeu, ao longo dos séculos, influências do hinduismo e do budismo. Há objetos da Arte Gandhara do século I ao século VII, com marcante influência greco-romana. Desde o início do século XX a arte afegã começou a utilizar-se de técnicas ocidentais. A arte era uma tarefa essencialmente masculina, porém recentemente mulheres começaram a se destacar. Os monumentos históricos do país foram muito danificados por anos de guerra, e um exemplo disso foram as duas Gigantescas estátuas de Buda existentes na província de Bamivan, que foram destruídas pelos taliban por serem consideradas idólatras. Outros famosos sítios (lugares) históricos incluem as cidades de Herat, Ghazni,Balkh. O miranet de jam, no vale de Hari Rud, é um Patrimônio Cultural da Humanidade, segundo a UNESCO.

7 Bandeira do Afeganistão

8 Alunos: Matheus Rodrigues N° 24 Rodrigo Lima Nº. 28 Gabriel Lazarini N° 33 Larissa Santos N° 18 Paola Esquível N°25 Halinson Dantas N° 14


Carregar ppt "Afeganistão. História Desde a antiguidade, a guerra é uma constante na região onde hoje fica o Afeganistão, local já ocupado no século VI a.C.pela civilização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google