A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A vida de Castro Alves A obra de Castro Alves A poesia Lírica Poesia Abolicionista O amor e a mulher A morte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A vida de Castro Alves A obra de Castro Alves A poesia Lírica Poesia Abolicionista O amor e a mulher A morte."— Transcrição da apresentação:

1 A vida de Castro Alves A obra de Castro Alves A poesia Lírica Poesia Abolicionista O amor e a mulher A morte

2 Castro Alves nasceu no dia 14 de março, estudou em Salvador, na adolescência os pri meiros versos e os primeiros contatos com a poesia de Victor Hugo. Ele fez faculdade de Direito em Recife. Ele veio para o Sul em 1868, onde conheceu José de Alencar e Machado de Assis.

3 Poesia Espumas FlutuantesEspumas Flutuantes, 1870 A Cachoeira de Paulo AfonsoA Cachoeira de Paulo Afonso, 1876 Os EscravosOs Escravos, 1883 Hinos do EquadorHinos do Equador, em edição de suas Obras Completas (1921) Navio NegreiroNavio Negreiro(1869) Tragédia no mar

4 Poesia Lírica A poesia lírica de Castro Alves nas duas espécies principais, a amorosa e a naturalis ta, está representada em espumas flutuan tes.

5 Poesia Abolicionista Está contida na obra Os Escravos e no lon go poema narrativo A Cachoeira de Paulo Afonso, em que o drama do escravo, mais que uma realidade presente, é concebido co mo um episódio de um drama mais amplo o do próprio destino humano, preso aos de sajustamentos da história.

6 O Amor e a Mulher Pelas páginas de Espumas Flutuantes, ve mos passar indícios de paixão integral, co mo a sensualidade de Adormecida, o ciú me de O Adeus de Teresa, e um emara nhado de seios, colos, cabelos e perfumes que sensualizam os perfis femininos de Cas tro Alves.

7 A morte Em 6 de julho de 1871, Antônio de Castro Alves morreu, com apenas 24 anos. Ao falecer, apesar de seus 24 anos e de ter apenas um livro publicado - Espumas flutuantes -, Castro Alves era conhecido nacionalmente. Nos anos seguintes, o movimento abolicionista serviu-se, incessantemente, de sua obra como bandeira e arma na luta abolicionista.

8 As Meninas Super Poderosas Eleticia dos Santos kochinski Regiane Ferreira Vech Letícia Aparecida da Silva Números: 07, 31, 23 Professor: Clemílton


Carregar ppt "A vida de Castro Alves A obra de Castro Alves A poesia Lírica Poesia Abolicionista O amor e a mulher A morte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google