A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Rede Em Rede: A Formação Continuada na Educação Infantil Secretaria Municipal De Educação DOT Educação Infantil 2005-2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Rede Em Rede: A Formação Continuada na Educação Infantil Secretaria Municipal De Educação DOT Educação Infantil 2005-2008."— Transcrição da apresentação:

1 A Rede Em Rede: A Formação Continuada na Educação Infantil Secretaria Municipal De Educação DOT Educação Infantil

2 Readequação da Proposta Demandas apresentadas pelas CEs: Ampliação do atendimento para 100% das UEs; Inviabilidade da proposta em função da realidade geográfica das regiões: os pólos apresentados poderiam inviabilizar a operacionalização da proposta; Reivindicação da CEs quanto à participação no processo de formação.

3 Readequação da Proposta Demandas das CEs Nova proposta da DOT EI: Formação de 26 grupos de CPs Assim atingiremos a meta de 100% dos CPs já em 2006 Coordenação dos Grupos : 21 grupos coordenados pelos formadores das CEs + 5 grupos coordenados pelos formadores da DOT-EI Supervisão dos grupos: A equipe de DOT EI assume, em parceria com a assessoria, a supervisão de todos os grupos coordenados pelas CEs

4 Objetivos Fortalecer o papel das DOTs Pedagógicas das CEs Apoiar a tarefa dos trios gestores de elaborar e implementar projetos locais de formação continuada de professores em todas as unidades educacionais, cada especialista a partir das especificidades de sua função Fortalecer o papel do CP na formação continuada dos professores e das comunidades educativas Aperfeiçoar o trabalho pedagógico desenvolvido Criar referências para a organização de rotinas pedagógicas

5 Meta 2006 Oferecer formação para 100 % dos CPs de CEIs e EMEIs

6 Estratégia Criação de uma Rede de Formação Continuada de Educação Infantil, de caráter descentralizado em sua execução e integrado em sua concepção, que articule os esforços da DOT EI e das CEs na formação continuada das comunidades educativas a partir das orientações expressas pela DOT

7 A Rede de Formação : Os Coordenadores em Ação Formação da rede: A rede será formada a partir dos CEIs e EMEIS, representados por seus CPs e Diretores, apoiados pelas CEs (Supervisores e Técnicos) e sustentados pelas orientações de DOT

8 Quem participará? Coordenadores Pedagógicos de CEIs e EMEIs que aderirem ao programa de formação, desde que atendam às condições de inscrição Como se expande? Em três fases, de 2006 a 2008, articuladas entre si, oferecendo diferentes oportunidades de interlocução aos participantes

9 Princípios do trabalho Concepção de formação profissional: apropriação pelo sujeito de formas de sentir, pensar e agir em situações criadas no ambiente onde a profissão é exercida e de formas de atribuir significados ao processo de formação. Valorização do CP na posição de estudioso e de especialista na área: criar oportunidades para o CP desenvolver competências para estudar, criar novas práticas e formar conceitos, opiniões fundamentadas e atitudes de promoção humana. Formação ao redor de um eixo temático que articule o trabalho nas UEs

10 Princípios do trabalho Metodologia de formação visa ampliar a experiência de formação que os CPs já realizam em suas unidades. Além disso o processo de formação dos CPs deve enriquecer o ambiente das UEs. Valorização das linguagens infantis como instrumentos culturalmente elaborados e como seu desenvolvimento pode se beneficiar do contacto com modelos que são familiares à criança. Apoio do Diretor e do Supervisor continuidade do trabalho com os Trios Gestores.

11 Fase 1 Apropriação 18 encontros Constituição dos Grupos (CPs e formadores) Coordenação: DOT EI e CEs Supervisão: DOT EI Focos Conteúdos básicos da EI e instrumentos do CP Temáticas Tempos e espaços para o trabalho com as linguagens nos CEIs e EMEIs O CP como formador local e seus instrumentos de trabalho

12 O CP como parceiro mais experiente no reconhecimento das práticas e concepções presentes no cotidiano do CEI e da EMEI O CP e o debate de idéias pedagógicas na formação dos professores A mediação do coordenador pedagógico na concepção, organização e manutenção dos ambientes de CEIs e EMEIs

13 Os diferentes tipos de registro na formação do professor O planejamento dos professores e a mediação do coordenador pedagógico A observação dos ambientes de aprendizagem e a devolutiva aos professores A elaboração de planos de formação de professores

14 Introdução às idéias e conceitos presentes na educação infantil Educar e cuidar: por que a educação infantil passou a tratar desses dois conceitos de modo integrado? Aprendizagem e desenvolvimento O que significa ensinar na educação infantil Rotina: espelho das concepções atividades permanentes, seqüenciais e projetos

15 Tempo e espaço para viver, crescer e aprender Um olhar formativo para a questão dos ambientes nos CEIs e EMEIs As diferenças entre espaço e ambientes Princípios da organização de ambientes de qualidade Critérios para a organização dos espaços Critérios para a organização de materiais Critérios para a organização do tempo

16 Infância, cultura e a brincadeira no CEI e na EMEI Jogo, brincadeira e faz-de-conta Os jogos de imitação Da imitação à representação O faz-de-conta e as narrativas infantis

17 A comunicação no CEI e na EMEI Avaliação e diagnóstico como instrumentos para o planejamento do professor: a. Os materiais disponíveis a. As interações b. Referências para a organização do tempo e do espaço

18 Um olhar formativo no planejamento de um trabalho com diferentes linguagens: a. comunicação e expressão gestual; ambientes comunicativos de crianças de 0 a 2 anos b. a comunicação verbal e os primeiros jogos de imitação c. as palavras: a brincadeira cantada e outros textos de tradição oral e seu papel no jogo, na brincadeira e nos processos de letramento da criança d. a roda de conversa e as situações informais de comunicação e. apropriação da leitura e da escrita f. a roda de histórias: o papel da leitura cotidiana na infância

19 Criação plástica e visual Os fazeres dos bebês A gestualidade do bebê e as primeiras marcas gráficas O papel da garatuja no percurso de criação infantil A questão dos modelos e o do desenho livre Propostas e intervenções do professor

20 A dança e a música: os fazeres musicais Os primeiros sons do mundo e a musicalidade entre os bebês Música e movimento, uma relação delicada A questão dos modelos e do repertório musical que se apresenta às crianças A escuta e a criação musical na infância Propostas e intervenções do professor

21 Fase 2 Aprofundamento Após a primeira fase os Coordenadores poderão elaborar um projeto de formação de professores, em parceria com a sua CE, que aprofunde os conteúdos trabalhados na Fase 1.

22 Fase 3 Criação Partilhada Realização, apresentação, debate de projetos inter-unidades de trabalho com as diferentes linguagens com as crianças de CEIs e EMEIs

23 As primeiras ações: DOT EI e CEs Organização da rede: divulgação da formação, inscrições, seleção de locais, elaboração/ organização dos materiais de apoio... Apoio dos representantes das CEs aos CPs através da articulação dos Trios Gestores

24 Ações complementares Divulgação das produções realizadas na formação: vídeos, periódicos, portal... Grandes encontros de formação do Trio Gestor, de acordo com os conteúdos desenvolvidos nos módulos: seminários, congressos...

25 Ações das CEs Promover o relacionamento com e entre as Unidades: investimento nos Trios Gestores Participar das reuniões de planejamento e supervisão na DOT EI formadores* das CEs Discutir com a DOT EI as condições para inscrição dos CPs: freqüência, tarefas, estudo... Implementar a infra estrutura regional Disponibilizar os materiais necessários para a formação: reproduções, fitas...

26 Formadores das CEs Ter, preferencialmente, participado dos grupos de Gestão Pedagógica e/ ou dos Grupos de Trabalho de DOT EI Ter disponibilidade de tempo para realizar a formação, participar das reuniões e assessorias em DOT EI e elaborar os relatórios necessários.

27 Materiais de apoio Documento elaborado com participação de representantes das CEs Tempos e Espaços para a Infância e suas Linguagens nos CEIs, Creches e EMEIs Conjunto do ADI Magistério: cadernos e vídeos Fichário de 2 furos Roteiros de estudo e formação: apoio à ação formativa dos CPs, alimentando seus projetos de trabalho nos CEIs e EMEIs Banco de referências bibliográficas e de assessorias

28 Ações da DOT EI Gerenciamento da proposta Diretrizes Conteúdos Planejamento Pautas (2 momentos) Organização dos encontros de formação Supervisão

29 2006 Quadro de Distribuição PÓLO UNIDADES EDUCACIONAIS TOTAL % CEIEMEI FORMADORES TOTALIZAÇÃO % % SÃO MATEUS %12 GUAIANASES %11 SÃO MIGUEL PTA ITAQUERA PENHA SANTO AMARO CAPELA DO SOCORRO CAMPO LIMPO PIRITUBA BUTANTÃ FÓ/BRASILANDIA 100%47 JAÇANÃ/TREMEMBÉ 100% IPIRANGA 65

30 2006 Calendário


Carregar ppt "A Rede Em Rede: A Formação Continuada na Educação Infantil Secretaria Municipal De Educação DOT Educação Infantil 2005-2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google