A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Seminário Avançado - Eletiva A Estratégia no Nível Corporativo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Seminário Avançado - Eletiva A Estratégia no Nível Corporativo."— Transcrição da apresentação:

1 Seminário Avançado - Eletiva A Estratégia no Nível Corporativo

2 Estratégia de nível corporativo: é uma ação posta em prática para ganhar uma vantagem competitiva através da escolha e administração de um composto de negócios que competem em diversas indústrias ou mercados de produtos. (HITT, 2003:232). Possibilita a adaptação da empresa ao ambiente externo. Pode gerar sinergias (o resultado é superior à simples soma dos resultados de cada negócio particular). Considera: Tipos de negócios a serem promovidos. Forma como o grupo de negócios como um todo será administrado. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, 2003.

3 Estratégia no Nível Corporativo Estratégia de Diversificação em nível corporativo: Quando uma empresa opta por diversificar suas operações além de uma única indústria e operar negócios em diversas indústrias (HITT, 2003:231). Adequada quando a empresa possui competências essenciais que poderiam ser mais bem aproveitadas em outras áreas (negócios). As empresas diversificadas variam segundo o nível de diversificação e os vínculos entre os negócios. Fontes: HITT, M. A. (et al.). Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HOSKISSON, R. E. (et al.). Estratégia competitiva. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

4 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação: Relacionada: existência de fortes vínculos entre os negócios (compartilham produtos, tecnologias, canais de distribuição, etc.). Não relacionada: não existem vínculos diretos entre os negócios. Fontes: HITT, M. A. (et al.). Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HOSKISSON, R. E. (et al.). Estratégia competitiva. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

5 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação Níveis baixos de diversificação: Negócio único: mais de 95% das receitas da empresa são obtidas com um único negócio. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003:235) A 100% das receitas Ex.: Empresa 1

6 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação Níveis baixos de diversificação: Negócio dominante: 70% a 95% das receitas da empresa são obtidas com um único negócio. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003:235) A B 80% das receitas 20% das receitas Ex.: Empresa 2

7 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação Níveis de diversificação moderados a elevados: Relacionados restritos: Menos de 70% das receitas da empresa são obtidas com um único negócio. Vínculos elevados entre os negócios (tecnologia, distribuição, entre outros). Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003: ) 50% das receitas 30% das receitas A BC 20% das receitas Ex.: Empresa 3

8 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação Níveis de diversificação moderados a elevados: Relacionados vinculados: Menos de 70% das receitas da empresa são obtidas com um único negócio. Vínculos limitados entre os negócios. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003: ) 50% das receitas 30% das receitas A B C 20% das receitas Ex.: Empresa 4

9 Estratégia no Nível Corporativo Níveis e tipos de diversificação Níveis de diversificação muito elevados: Não relacionados: Menos de 70% das receitas da empresa são obtidas com um único negócio. Ausência de vínculos entre os negócios. Também chamados de conglomerados. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003: ) 50% das receitas 30% das receitas A BC 20% das receitas Ex.: Empresa 5

10 Estratégia no Nível Corporativo Motivos e incentivos para a Diversificação: Melhorar a competitividade da organização: Faturamento superior ou redução de custos por meio das sinergias geradas entre os negócios. Obter poder de mercado frente aos concorrentes. Superar o baixo desempenho da companhia. Empresas pequenas operando em mercados maduros tendem a diversificar. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, 2003.

11 Estratégia no Nível Corporativo Diversificação Relacionada Foco: gerar economias de escopo e poder de mercado. Economias de Escopo Economias de escopo são economias de custo atribuídas à transferência das capacidades e competências desenvolvidas em um negócio para novos negócios. (HITT, 2003:239). As economias de escopo podem ser obtidas por meio de dois tipos de economias operacionais: Relatividade operacional (compartilhar atividades). Relatividade corporativa (transferência de competências essenciais). Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, 2003.

12 Estratégia no Nível Corporativo Diversificação Relacionada Relatividade Operacional (Compartilhar atividades) Atividades como logística, transportes, canais de distribuição, armazenagem, estoque, equipe de vendas, entre outras. As áreas deverão compartilhar informações e terão de cumprir resultados em conjunto. Quando um negócio se torna deficitário, pode inviabilizar o outro (Ex.: a produção de papel para uma única área se tornaria muito cara). Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003: ). Área de produção para fornecimento de papel UEN: Cadernos UEN: Lenços de papel

13 Estratégia no Nível Corporativo Diversificação Relacionada Relatividade Corporativa (Transferência de Competências Essenciais) Transferência de habilidades da empresa para outros negócios (intangíveis). Reduz custos e amplia a competitividade da empresa. Mais difícil de ser copiada. Obtida por meio da transferência de executivos para outras áreas. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, HITT (2003: ).

14 Estratégia no Nível Corporativo Diversificação Relacionada Poder de Mercado Situação na qual uma firma é capaz de vender os seus produtos acima do nível competitivo existente ou reduzir os custos de suas atividades principais e de apoio abaixo do nível competitivo, ou ambos. (HITT, 2003:244). Gerada por meio de: Concorrência Multimercado, desde que haja tolerância mútua (concorrentes não competem fortemente entre si). Integração vertical: integração para trás (produzir os próprios insumos) ou integração para a frente (canais de distribuição). Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, 2003.

15 Estratégia no Nível Corporativo Diversificação Não relacionada As vantagens da diversificação não relacionada estão mais voltadas a gestão financeira da organização. Portfólio de negócios com diferentes níveis de risco. Empregando os recursos em atividades não relacionadas, as empresas poderão direcioná-los para diferentes áreas, de acordo com as tendências e oscilações do mercado. Fonte: HITT, M. A. Administração estratégica. São Paulo: Thomson, 2003.


Carregar ppt "Seminário Avançado - Eletiva A Estratégia no Nível Corporativo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google