A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diversificação como estratégia de crescimento A conexão entre Diversificação da produção e Competências da firma.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diversificação como estratégia de crescimento A conexão entre Diversificação da produção e Competências da firma."— Transcrição da apresentação:

1 Diversificação como estratégia de crescimento A conexão entre Diversificação da produção e Competências da firma

2 Porque as firmas diversificam suas atividades? Motivos para a Diversificação - Superar os limites de crescimento de seus mercados correntes: responder ao baixo dinamismo da demanda; encontrar escoadouro para o seu potencial de acumulação - Explorar oportunidades de crescimento em novos mercados. - ganhos de eficiência via economias de escopo

3 O que se entende por diversificação? Tipos de diversificação Diversificação da área de atuação (A) Quando a empresa se expande para novos mercados distintos de sua área original de atuação. Diversificação da linha de produtos (B) Quando a empresa amplia seu portfolio de produtos pela introdução de novos produtos. (A) e (B) podem ser combinadas numa mesma estratégia de diversificação

4 O que se entende por diversificação? Tipos de diversificação Diversificação da área de atuação - novos mercados & produtos atuais - novos mercados & novos produtos Diversificação da linha de produtos - novos produtos & mercados atuais - novos produtos & novos mercados

5 Modalidades/Direções da Diversificação 1) Critério do grau de proximidade entre as atividades originais e pós- diversificação da empresa Diversificação Horizontal Quando a empresa introduz novos produtos, mas isto envolve mercados já conhecidos e que utilizem os canais de distribuição já estabelecidos. (Economias de escopo tende a ser o alvo mais importante) Diversificação Vertical Quando a empresa se diversifica assumindo o controle de estágios da cadeia produtiva, antes abastecidos pelo mercado. (Economias de escala pode ser a motivação determinante)

6 Modalidades/Direções da Diversificação 1) Critério do grau de similaridade entre as atividades originais e pós- diversificação da empresa, em termos das competências exigidas ao desempenho dessas últimas. Diversificação Concêntrica A diversificação é dirigida para um core restrito de atividades compatíveis com as competências definidas pela base de especialização tecnológica e de mercado da firma. (O objetivo básico é explorar ao máximo o potencial de competências acumuladas pela firma como fonte de vantagem competitiva) Diversificação em Conglomerado A diversificação não guarda qualquer coerência com o núcleo de competências da firma, ao contrário, tende a envolver uma progressiva redução dos níveis de sinergia entre as atividades produtivas.

7 Condicionantes do processo de Diversificação Condicionantes internos às empresas 1) Nível de especialização: - Base tecnológica Compreende cada tipo de atividade produtiva que utiliza máquinas, processos, capacitações e matérias primas complementares e associados no processo de produção. - Área de comercialização Compreende o (s) grupo (s) de clientes sobre os quais a empresa a empresa consegue exercer influência através de um mesmo programa de vendas

8 Condicionantes do processo de Diversificação Condicionantes internos às empresas 2) A existência de serviços produtivos ociosos, ou seja, capacitações momentaneamente desperdiçadas – geração de rendimentos = 0

9 Condicionantes do processo de Diversificação Condicionantes Externos às empresas 1) O comportamento da demanda nos mercados correntes da empresa; Afeta de que modo? Demanda em alta no mercado corrente da empresa necessidade de diversificação é menor Demanda em baixa (estagnada, crescimento lento ou negativo) no mercado corrente da empresa maior o estímulo à diversificação ; porque maior a necessidade.

10 Condicionantes do processo de Diversificação Condicionantes Externos às empresas 2) Os padrões de competição específicos à estrutura de mercado condiciona a decisão de diversificação De que modo? Empresas que operam em oligopólios diferenciados Maior a pressão para que busquem pela diversificação ( o padrão de competição pede isto) Não seria o caso, se a estrutura de mercado fosse o oligopólio homogêneo ou indústrias perfeitamente competitivas. Daí se conclui, também, que conhecer o padrão de competição e a estrutura de mercado é importante para identificar a direção mais provável que assumirá o processo de diversificação

11 A base de especialização da firma tende a condicionar a direção da diversificação Voltando à questão: O conjunto de capacitações da firma define a base de especialização: Capacitações base de especialização Base de especialização da firma contempla: Base tecnológica + área de comercialização A fronteira de especialização da firma é definida pela sua base de especialização Base de especialização fronteira de especialização

12 A base de especialização da firma tende a condicionar a direção da diversificação A capacidade de diversificação da firma e a direção dessa diversificação serão condicionadas pela pela Base de Especialização Ao se diversificar: introduzindo novos produtos ou buscando novos mercados, a firma deverá respeitar os limites da sua fronteira de especialização, não se afastando muito da sua base de especialização, sob pena de sofrer perda de eficiência devido à redução progressiva de sinergias produtivas à medida em que se distancia dessa fronteira. fronteira de especialização condiciona (delimita) a direção da diversificação


Carregar ppt "Diversificação como estratégia de crescimento A conexão entre Diversificação da produção e Competências da firma."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google