A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

XXI SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE POLÍTICA ECONÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 07 E 08 DE OUTUBRO DE 2009 PAINEL 3 - A Crise Global, a Indústria e o.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "XXI SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE POLÍTICA ECONÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 07 E 08 DE OUTUBRO DE 2009 PAINEL 3 - A Crise Global, a Indústria e o."— Transcrição da apresentação:

1 XXI SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE POLÍTICA ECONÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 07 E 08 DE OUTUBRO DE 2009 PAINEL 3 - A Crise Global, a Indústria e o Setor de Serviços no Brasil Márcio Antônio Salvato (IBMEC Minas / EPGE-FGV/RJ)

2 A Crise Financeira Crise: –Hipotecas subprime: empréstimos hipotecários de alto risco e de taxa variável concedidos às famílias "frágeis", (ninja = sem renda, sem emprego e sem patrimônio). –criaram derivativos negociáveis no mercado financeiro: instrumentos sofisticados para securitizá-las, isto é, transformá-las em títulos livremente negociáveis - por elas lastreados - que passaram a ser vendidos para outros bancos, instituições financeiras, companhias de seguros e fundos de pensão pelo mundo afora.

3 A Crise Financeira Crise: –2005: aumento dos juros para conter inflação Recessão afeta a demanda por imóveis (redução dos preços) e aumenta a inadimplencia dos ninja. Impossibilidade de renegociação destes títulos gera efeito dominó sobre o sistema financeiro Consequencia: –Redução do crédito interbancário –Redução do nível de demanda –Redução da atividade econômica

4 A Crise Financeira Problema econômico: –Efeito substituição: redução do consumo de bens duráveis e semi-duráveis. –Efeito renda: redução do consumo de bens de capital Redução da Demanda externa por commodities: –Afeta a o preço das commodities e implica reduçao da produção Ilusão: economia real brasileira não seria atingida por causa dos fortes fundamentos econômicos que construímos.

5

6

7

8

9

10

11

12 Minas Gerais

13

14

15

16

17

18

19

20 Conclusão Crise afetou com um certa defasagem o setor industrial e consumo de bens duráveis, semiduráveis e de capital. A saída da crise está sendo antecipada em relação a vários países, contudo só poderemos atingir a tendência de crescimento verificada anteriormente após pelo menos 1 ano. Políticas públicas suavizaram os problemas de demanda para consumo de bens duráveis e semiduráveis. –Problema: adiou o ajuste do setor automobilístico no Brasil.


Carregar ppt "XXI SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE POLÍTICA ECONÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 07 E 08 DE OUTUBRO DE 2009 PAINEL 3 - A Crise Global, a Indústria e o."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google