A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Dr. Lucio A. Castagno Otorrinolaringologia

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Dr. Lucio A. Castagno Otorrinolaringologia"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Dr. Lucio A. Castagno Otorrinolaringologia

2 Anatomia AMIGDALAS PALATINAS

3 Anatomia ADENÓIDE (Amígdala faringea) AMÍGDALAS PALATINAS

4 Anel linfático de Waldeyer Defesa Produção de imunoglobulinas

5 Enfermidades das amígdalas e adenóides 1. Amigdalite aguda 2. Amigdalite crônica (recorrente) 3. Hiperplasia obstrutiva de amígdalas e adenóides 4. Hiperplasia de adenóides 5. Diversos

6 1- Amigdalite aguda Microbiologia 30% com bacteria; dos quais 39% produzem beta- lactamase Streptococcus pyogenes (Grupo A beta-hemolitico): potencial para seqüelas

7 Amigdalite aguda Quadro clínico Odinofagia Febre >38.5ºC Exudatos amigdalianos Linfadenopatia submandibular dolorosa

8 Amigdalite aguda Viral x Bacteriana Viral Febre baixa Pequena leucocitose (desvio para linfócitos) Pouco exudato (placas) Bacteriana Febre alta Leucocitose com neutrófilos e bastonetes Placas abundantes

9 Amigdalite aguda Diagnóstico diferencial MONONUCLEOSE INFECIOSA Difteria Neoplasias: linfoma, leucemia e carcinoma

10 Amigdalite aguda Tratamento 1. PENICILINA (amoxicilina) Cefalosporinas 2. Macrolídeos (alergia a penicilina): Azitromicina – Claritromicina - Eritromicina Obstrução ventilatória aguda: antibioticoterapia IV e corticóides; amigdalectomia de urgência S/N Amigdalite recorrente: penicilina benzatina (mensal)

11 Amigdalite aguda Tratamento 1. Amoxicilina (Novocilin) 875 mg q12h 7-10d po ou Azitromicina (Azi) 500 mg qD 3-5d po 2. Nimesulide (Scaflam) 100 mg q12h 7-10d po 3. Paracetamol (Tylenol) 750 mg q6h prn po SUGESTÃO

12 Amigdalites Complicações Abcesso periamigdaliano Linfadenite cervical Abcesso cervical Glomerulonefrite pós-estretocócica (poliartrite e oligúria com insuficiência renal 10 d após faringo-amigdalite)

13 Abcesso periamigdaliano

14 2- Amigdalite crônica (= aguda recorrente) > 4-5 episódios anuais

15 Amigdalite crônica Microbiologia Streptococcus pyogenes (Grupo A beta- hemolitico) H.influenza S. aureus Streptococcus pneumoniae

16 Amigdalite crônica Tratamento cirúrgico: adeno-amigdalectomia

17 3- Hiperplasia obstrutiva de amígdalas e adenóides Principal causa de morte súbita em crianças Diagnóstico: Anamnese: Roncos + Apnéia noturna + hipersonolência diurna + irritabilidade Oroscopia Radiografia de cavum Polisonografia ?

18 Hiperplasia obstrutiva de amigdalas e adenóides Tratamento cirúrgico: adeno-amigdalectomia

19 Amigdalectomia Indicações AAO-HNS: > 3 episódios anuais (amigdalite recorrente) Hipertrofia obstrutiva (apnéia noturna) Halitose ? Suspeita de neoplasia

20 4- Hiperplasia de Adenóide Tríade sintomática: Voz hiponasal Roncos Respiração oral Rinorréia purulenta, gotejamento pós-nasal, tosse e cefaléia Baba no travesseiro Fascies adenoidiano Palato ogival

21 Hiperplasia de adenóide Diagnóstico diferencial Rinite alérgica (hipertrofia de cornetos) Sinusite (quando com sinusite tratar primeiro a adenóide) Refluxo gastro-faringeo

22 Hiperplasia de Adenóide Tratamento Adenoidectomia (obstruções maiores que 50% do cavum) Corticóide tópico intranasal por 6-8 semanas.

23 5 - Hipertrofia unilateral de amígdalas Neoplasia Não-neoplásico: Infecção Congênito

24 Aneurisma de Carótida Interna PULSÁTIL !

25 Adenoma pleomórfico

26 Enfermidades diversas CASEUNS AMIGDALIANOS

27 Candidiase oral

28 Sífilis

29 Cisto de retenção submucoso

30 Fenda supratonsilar

31 Prof. Dr. Lucio A. Castagno Otorrinolaringologia

32 Faringites Causa mais comum: Vírus (rinovírus) Auto-limitada em 3-4 dias Streptococcus pyogenico beta-hemolitico do grupo A (1/3 dos casos): dignóstico e tratamento precoce previne febre reumática

33 Faringites Quadro clínico Dor de garganta, febre, astenia, e rinorréia Usualmente sem tosse Tríade sintomática para Grupo A strep faringite: Febre alta Exudatos amigdalianos (placas) Linfadenopatia submandibular

34 Faringites Quadro clínico Hiperemia de folículos linfóides na parede posterior do faringe

35

36 Caso clínico Homem 67 anos com dor de garganta severa e febre (>39º C) há dois dias. Exame ORL: amígdalas hipertrofiadas com exudatos esbranquiçados(placas) Linfadenopatia submandibular bilateral dolorosa (2 cms)

37 Diagnóstico: George Washington aos 67 anos (1799) Diagnóstico de infecção de garganta: 1º médico: Sangria de 500ml 2º médico: Sangria de +500ml 3-4º médicos: Sangria de ml Paciente faleceu às 22 h! AMIGDALITE AGUDA Tratamento: Amox + Nimesulide + Paracetamol Curado em 7-10 d

38


Carregar ppt "Prof. Dr. Lucio A. Castagno Otorrinolaringologia"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google