A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUCAÇÃO CORPORATIVA Desenvolvendo a Excelência Profissional e Organizacional Marisa Eboli FEA/USP ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS Goiânia, GO 28 de Junho de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUCAÇÃO CORPORATIVA Desenvolvendo a Excelência Profissional e Organizacional Marisa Eboli FEA/USP ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS Goiânia, GO 28 de Junho de."— Transcrição da apresentação:

1 EDUCAÇÃO CORPORATIVA Desenvolvendo a Excelência Profissional e Organizacional Marisa Eboli FEA/USP ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS Goiânia, GO 28 de Junho de 2006

2 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

3 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

4 Se você acha a educação cara, experimente a ignorância. Derek Bok, Reitor de Harvard ( )

5 Educação & Sociedade Atualmente na América Latina, todos os olhares estão postos na educação. A educação deixou de ser um aspecto marginal da realidade. Está no centro do cenário histórico e político da América Latina, tanto em termos de expectativa da opinião pública quanto em termos de decisão...A educação sempre teve legitimidade moral...A educação tem legitimidade política obviamente... Mas existe atualmente uma oportunidade histórica. A educação tem atualmente legitimidade macroeconômica e isso se agrega às outras legitimidades, e, em um mundo tão pragmático como o que nos tocou no final do século XX, isso tem peso. Bernardo Kliksberg (BID, 1999)

6 As Empresas Mais Admiradas no Brasil Revista Carta Capital Natura 2. Nestlé 3. Vale do Rio Doce 4. Gerdau 5. TAM 6. Votorantim 7. Embraer 8. Petrobrás 9. Microsoft e GE 10. Itaú

7 As Empresas Mais Admiradas no Brasil Fatores-Chave

8 Educação Corporativa Contexto de Surgimento Organizações Flexíveis Economia do Conhecimento Rápida Obsolescência do Conhecimento Empregabilidade Educação para Estratégia Global

9 E D U C A Ç Ã O C O R P O R A T I V A

10

11 CENTRO DE T&D TRADICIONAL EDUCAÇÃO CORPORATIVA CARGOCOMPETÊNCIAS =

12 Cadeia do Conhecimento Geração do Conhecimento Banco de Dados Processamento Análise Informação Conhecimento Comunicação Aplicação Inteligência Decisão Execução Aplicação do Conhecimento

13 CONHECIMENTO NÃO É COLEÇÃO

14 ...É CONEXÃO.

15 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

16 Parceria Perpetuidade Conectividade Parceria Cidadania Sustentabilidade Competitividade OS 7 PRINCÍPIOS DE SUCESSO Disponibilidade

17 Competitividade Perpetuidade Conectividade Disponibilidade Cidadania Parceria Sustentabilidade PRINCÍPIOSPRÁTICAS ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS

18 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

19 Building a Learning Organization Jeanne Meister Sete Papéis dos Líderes: Visionário: Aponta a direção Patrocinador: Promove o encorajamento Controlador: Participa ativamente no controle Especialista: Idealiza e desenvolve novos programas Professor: Ensina em programas Aprendiz: Mostra sua vontade de aprender Comunicador:Divulga e promove (interno e externo)

20 Survey of Corporate University Xchange by Mark Allen Fazem referência à UC em seus discursos e mensagens = 87% Atuam como representantes internos da aprendizagem = 77% Promovem aprendizagem como componente de reuniões e projetos de trabalho em equipe = 74% Ministram cursos e seminários = 45% Atuam como mentores = 42% Envolvimento dos Líderes

21 Mensuração de Resultados em Educação Corporativa no Brasil Período de Realização: Novembro de 2004 Resultados da Pesquisa

22 33 e 34 Metodologia 35, 36, 40 e 41 37, 45 a 51 38, 39, 42, 43 e 44 Alinhamento com Estratégias e geração de programas educacionais a partir do mapeamento das competências críticas Inserção da Educação Corporativa na Cultura e nos Processos Organizacionais MAPA DE RESULTADOS Int: 52 a 58 Ext: 59 a 64 Indicadores de Resultados Avaliação dos Programas Educacionais Intervenção dos Stakeholders na Concepção dos Programas educacionais

23 BLOCO TEMÁTICO QUESTÕESMÉDIA Alinhamento com estratégias Os programas educacionais implantados estão alinhados às estratégias organizacionais. 5,39 Os programas educacionais implantados foram concebidos a partir do mapeamento das competências críticas da organização. 4,87 Na concepção dos programas educacionais é considerada prioritária a identificação das necessidades estratégicas. 5,26 Inserção na cultura e nos processos A alta cúpula da empresa se envolve com o SEC5,11 Intervenção dos stakeholders Na concepção dos programas educacionais é considerada prioritária a solicitação das lideranças da organização. 4,74 Avaliação dos programas educacionais Na concepção de um programa educacional, são definidos de forma mensurável os resultados esperados pelas lideranças da organização. 4,03 Participação e Papel das Lideranças

24 Lideranças Educadoras Mundo ideal Abstrato Ideologia Pensamento Futuro Mundo real Concreto Pragmatismo Ação Presente ENSINAR APRENDER LÍDERES EQUIPES

25 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

26 Universidades Corporativas nos Estados Unidos Arthur Andersen GM Disney Ford AT&T Hamburger GE Harley-Davidson Bank of Montreal Southern Sears Mastercard Saturn Motorola Intel Oracle Shell First Union Bank Xerox Caterpillar

27 Universidades Corporativas na Europa Alemanha: Daimlerchrysler, Lufthansa, Siemens, Volkswagen França: Accor, Axa, Bayard Presse, Bouygues, Caisse Des Dépôts Et Consignations, Carrefour, Pinault Printemps Redoute, Schneider Electric, Sodexho Alliance, ST Microelectronics, Suez, Thales, Vivendi Universal Grã-Bretanha: Bae Systems, The Body Shop, British Telecom, Llyods TSB, Unilever Itália: Isvor Fiat Países-Baixos: Abn Amro, Centerparcs, Heineken Rússia: Alfa Bank, Gazprom Suíça: ABB, Nestlé

28 Austrália: Aventis Crospscience, Coles, Honda NA OCEANIA NA ÁSIA Coréia: LG, SK India: Anand Japão: Benesse, Fujitsu, Nec, Oracle Universidades Corporativas

29 Universidades Corporativas na Ibero-América México Cemex Ferrocarril Pemex Telmex Venezuela PDVSA Argentina Techint Espanha Agbar Endesa Unión Fenosa Portugal Portugal Telecom Sonae AEP Brasil

30 EMPRESAS PÚBLICAS EMPRESAS PRIVADAS PRODUÇÃO Monografias Dissertações Teses PROGRAMAS MBA Mestrado Doutorado ESTADO DA ARTE ACADEMIA

31 Academia Accor (1992) Universidade Martins do Varejo (1994) Universidade Brahma (1995) Universidade do Hamburguer, do McDonald´s (1997) Visa Training (1997) Universidade Algar, do grupo Algar (1998) Alcatel University (1998) Siemens Management Learning (1998) Boston School do Bank Boston (1999) Universidade Datasul implantadas (1999) Universidades Corporativas no Brasil Década de 90

32 UNIVERSIDADES CORPORATIVAS NO BRASIL

33 EDUCAÇÃO CORPORATIVA NO BRASIL 21 CASOS DE SUCESSO

34 EDUCAÇÃO SETORIAL Empresas parceiras no aprimoramento das pessoas e na formação do perfil de profissional demandado pelo setor. São associações, sindicatos, organizações governamentais ou não-governamentais, que estão realizando profícuas e revitalizadoras parcerias, com o objetivo de formar profissionais de excelência.

35 EDUCAÇÃO SETORIAL USEn Universidade Sebrae de Negócio UniSESI Universidade Virtual do SESI Educação Corporativa do SENAC-SP UnDistribuição ABGroup Assoc. Brasileira de Supermercados (Abras) Assoc. Brasileira dos Atacadistas e Distribuidores Assoc. Brasileira das Indústrias de Alimentos Assoc. Nacional do Transporte de Cargas UAL Universidade de Alimentos Governo do Paraná Prefeitura de Curitiba PUC-PR SENAI-PR Universidade SECOVI Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo Universidade ABRANGE Associação Brasileira de Medicina em Grupo Rede Estratégica das UCs do Sistema - CNI/IEL/SESI/SENAI

36 LINHAS DE TRABALHO Formação gerencial Novos instrumentos e processos de organização do trabalho Formação técnica e operacional Especializações em áreas como Direito Tributário, Economia do Setor Público, Contabilidade e Auditoria. Inovações tecnológicas garantem o sucesso do ensino a distância OBJETIVO PRINCIPAL É a ampliação da capacidade da Escola Fazendária do Estado de São Paulo (Fazesp) de realizar a formação e o treinamento dos servidores da Secretaria da Fazenda de modo adequado às necessidades do século XXI. NOVAS FORMAS DE APRENDER Cursos sob medida combinando múltiplas formas de aprendizagem Envolvimento de gerentes e líderes com a capacitação Fomento à educação continuada e ênfase no aprendizado organizacional Uso integrado de diferentes recursos educacionais e novas tecnologias de educação Cursos a distância on line e um canal interno de TV

37 A missão é oferecer uma educação de qualidade e desenvolver novas capacidades e talentos, além de estimular a co-responsabilidade dos indivíduos na vida social, política e cultural da cidade. Escola de Formação do Servidor Público Municipal de São Paulo O novo fazer social ocorre no entrelaçamento de redes alimentadas por fluxos contínuos de informação e interação, ancorados em princípios democráticos e na participação ampla, negociada e propositiva. Nessa perspectiva, a Escola se propõe a funcionar como uma rede que articule parcerias com entidades governamentais, sociedades civil e privada. Valorização do Servidor Público Municipal Trabalho em Parceria: A Dinâmica de Saberes e Práticas em Construção

38 ESCOLAS DE GOVERNO Associação Brasileira de Formação de Governantes Formar dirigentes públicos e a atuar como centro de elaboração de projetos de organização institucional e de políticas públicas. Escola de Governo Fundação João Pinheiro Governo do Estado Minas Gerais Escola de Governo do Tocantins Escola de Governo de Pernambuco Escola de Governo Roraima Escola de Governo em Saúde (EGS/ENSP) Objetivo: formação de quadros e a produção de conhecimentos para o Sistema de Saúde. Missão: Profissionalizar o serviço público, fortalecendo a produção, difusão e articulação de conhecimento sobre gestão pública.

39 EDUCAÇÃO CORPORATIVA SETORES OU CATEGORIAS PROFISSIONAIS PROF A MARISA EBOLI FEA/USP - BRASIL Desenvolver competências para promover a excelência profissional e organizacional Tornar-se um pólo de inovação e irradiação de conhecimentos e formação profissionais Desenvolver e disseminar uma cultura de excelência em gestão Promover o desenvolvimento da cidadania

40 QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS CRÍTICAS DO GOVERNO? SÃO UTILIZADAS NOVAS METODOLOGIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM? QUAIS AS FORÇAS RESTRITIVAS E IMPULSORAS DO PROJETO ? INTEGRA GESTÃO DO CONHECIMENTO? HÁ ENVOLVIMENTO DAS LIDERANÇAS? HÁ ENVOLVIMENTO DOS SERVIDORES? ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS

41 Tópicos Relação entre Educação e Excelência nas Organizações Os Sete Princípios de Sucesso da Educação Corporativa O Papel das Lideranças Educadoras Educação Corporativa: Breve Panorama Educação Corporativa no Brasil: Tendências e Desafios

42 High Performance Learning Organizations: The Future of Corporate Universities Jeanne Meister e Tom Kraack, da Accenture Learning, apresentaram os resultados de uma pesquisa realizada com 250 diretores de Universidades Corporativas (UCs). Destacaram a evolução das UCs de provedores de aprendizagem para parceiros estratégicos e incubadoras de inovação nas organizações. ASTD American Society for Training & Development TENDÊNCIAS

43 Criar uma conexão entre Educação Corporativa e Gestão do Conhecimento Estender as ações educacionais aos demais públicos (cadeia produtiva e comunidade) Mensurar adequadamente os resultados obtidos Promover o envolvimento da média/ alta gerência Promover o envolvimento dos stakeholders EDUCAÇÃO CORPORATIVA NO BRASIL PRINCIPAIS PROBLEMAS E DESAFIOS

44 EDUCAÇÃO CORPORATIVA NO BRASIL TENDÊNCIAS Processo de consolidação, aprimoramento e ampliação das experiências já existentes Internacionalização dos sistemas de educação corporativa Mudanças e inovações, como intercâmbio entre SECs, atividades compartilhadas etc...

45 MAIS DO QUE ECONOMIAS COMPETITIVAS... SISTEMAS EDUCACIONAIS COMPETITIVOS! PARA CONSTRUIR UM BRASIL MELHOR


Carregar ppt "EDUCAÇÃO CORPORATIVA Desenvolvendo a Excelência Profissional e Organizacional Marisa Eboli FEA/USP ESCOLA DE GOVERNO - GOIÁS Goiânia, GO 28 de Junho de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google