A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO CEARÁ A SUSTENTABILIDADE COMEÇA NAS PESSOAS Transformando Valores em Práticas de Estado Sigmar Malvezzi PhD Fortaleza, 30.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO CEARÁ A SUSTENTABILIDADE COMEÇA NAS PESSOAS Transformando Valores em Práticas de Estado Sigmar Malvezzi PhD Fortaleza, 30."— Transcrição da apresentação:

1 CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO CEARÁ A SUSTENTABILIDADE COMEÇA NAS PESSOAS Transformando Valores em Práticas de Estado Sigmar Malvezzi PhD Fortaleza, 30 de outubro de 2008

2 Sigmar Malvezzi A ECONOMIA DA QUALIDADE Tal como ocorreu em outros momentos históricos, a sociedade atual disõe de potencialidades, até então, inimagináveis (o domínio de tecnologias) e enfrenta riscos (esgotamento de recursos) à sua própria sustentabilidade. Um dos elementos criados como resposta ao imperativo da adaptação a essas condições é a busca da qualidade (nos produtos, serviços, ou na vida).

3 Sigmar Malvezzi A ECONOMIA DA QUALIDADE Desde o final dos anos 70, a economia da qualidade (predicado do presente momento histórico) tornou-se a ligação entre demandas dinâmicas e adaptação à cobrança de eficácia A busca da qualidade consiste na exploração das potencialidades dos objetos, fatos e eventos (otimização do processo de produção). Busca da qualidade está correlacionada com o crescimento e a inovação (duas condições exclusivas das pessoas).

4 Sigmar Malvezzi A GESTÃO DA PRODUÇÃO (PÚBLICA OU PRIVADA) No presente momento histórico, a gestão de qualquer negócio é uma ação coletiva, dirigida para a produção de bens, serviços, ou valores (sociais, econômicos, psicológicos e culturais) pela integração sinérgica do desempenho de equipes interdependentes (diversidade), balizadas pela gramática do contexto. Desde o final do século XIX, a gestão dos negócios (produção de massa) tem sido dependente do apoio da ação racional porem, hoje, depende também da inovação e intuição.

5 Sigmar Malvezzi A GESTÃO DA PRODUÇÃO Nesse contexto, a gestão da produção (pública e privada) tem sido problemática, pelo dinamismo da sociedade que alterou o conceito de ação racional devido às propriedades emergentes nas estruturas, grupos e pessoas. A burocracia que foi um apoio à ação racional, durante muitos anos, hoje é um obstáculo.

6 Sigmar Malvezzi A SINTAXE DA SOCIEDADE GLOBALIZADA Essa equação tornou a sintaxe do contexto mais complexa e difícil devido: à multiplicação das interfaces à cultura individualista ao poder adquirido pela ação individual, à intensificação da competitividade, à inovação tecnológica ao imperativo do hipertexto à convivência com paradoxos

7 Sigmar Malvezzi A GESTÃO COMO HIPERTEXTO Gestão da rotina (cuidado com a estrutura e o planejamento) Gestão estratégica (mudança controlada) Gestão da crise (implosão da estrutura) Gestão da urgência (extinção de incêndios)

8 Sigmar Malvezzi PARADOXOS DA SOCIEDADE ATUAL Jamais a mão de obra foi tão necessária para a produção de valores competitivos e jamais os trabalhadores foram tão vulneráveis Constata-se a revalorização e o declínio da religião. Exige-se que o indivíduo rápido (precoce) crescimento e aceita-se sua infantilidade. Exige-se do indivíduo uma identidade definida, porem pronto para substitui-la.

9 Sigmar Malvezzi A GESTÃO DA PRODUÇÃO O enfrentamento desse cenário demanda a organização de competências coletivas, de pactos entre os distintos estratos da sociedade e de indivíduos criativos e comprometidos. A eficácia da gestão depende menos do exercício da autoridade do que da força da liderança.

10 Sigmar Malvezzi A GESTÃO DA PRODUÇÃO Dentro de um ambiente flúido, a gestão (privada, ou pública de bens, serviços, ou valores) requer criatividade e foco nos objetivos cuja realização demanda da gestão de pessoas, projetos dedicados à construção de sistemas de valores e significados, ao fomento da motivação das pessoas e de relações de reciprocidade.

11 Sigmar Malvezzi A SINTAXE DO DESEMPENHO O desempenho evolui como uma ação criativa (não mais limitado a evitar o erro e o desvio) produzida dentro de redes emergentes de papeis e atividades através da interação intensa entre sistemas técnicos e subjetivos (requer inovação, criatividade e conhecimentos genéricos e especializados).

12 Sigmar Malvezzi A SINTAXE DO DESEMPENHO A eficácia é produto da responsividade na busca da flexibilização das estruturas e trajetórias, no contexto de unidades de produção fragmentadas, mas integradas por projetos (a organização tornou-se redes de projetos). Cresce a ambiguidade dos limites entre organizações e projetos, os vínculos se multiplicam e as obrigações, identidades e obediência são continuamente negociados.

13 Sigmar Malvezzi AS REDES DE PRODUÇÃO Redes de projetos

14 Sigmar Malvezzi PERFIL DA EMPRESA-REDE A empresa integra uma rede de parcerias que funciona de modo interdependente em tecnologia e serviços. Estrutura flexível, horizontalizada e enxuta, constituída por unidades e interfaces dispersas que contribuem de modo diferenciado para a integração e saúde do todo. Cada unidade possui clara identidade de negócio. Crescem as parcerias com o trabalho autônomo e com pequenas empresas.

15 Sigmar Malvezzi DESEMPENHO DE ALTA QUALIDADE Normalmente, está atento todos os detalhes do trabalho. Realiza todas as suas tarefas até o final. Revela preocupação com custos. Escolhe desempenhos em função da qualidade dos resultados. Se oferece espontaneamente para realizar tarefas. Aceita responsabilidades adicionais. Trabalha bem, mesmo sem supervisão. Gosta de oferecer seu tempo pessoal para a organização. Frequentemente se entusiasma por suas tarefas. Se fixa nas directrizes, metas e em sua missão, porem se adapta às demandas do aqui e agora.

16 Sigmar Malvezzi PERFIL DO EMPREENDEDOR Fomenta alianças É competitivo em relação a resultados Enfrenta riscos É transparente em suas intenções Fundamenta suas decisões É culturalmente pluralista É empenhado no desenvolvimento da equipe É ativo em relação a metas Percebe oportunidades mesmo nas adversidades.

17 Sigmar Malvezzi O INDIVÍDUO MODULAR Nas condições atuais de trabalho, o indivíduo é desafiado por sua própria impermanência existencial que lhe impõe mudanças de identidade, de referenciais e de competências. O indivíduo é instado a administrar a pressão pelo conformismo imposto pelas metas de seu trabalho e proteger sua identidade, resitindo à sua própria comodificação.

18 Sigmar Malvezzi O PROFISSIONAL-SUJEITO Atuando dentro de condições dinâmicas e complexas que o obrigam a se dividir, o indivíduo é desafiado na construção de sua trajetória profissional (seu próprio desenvolvimento) que o capacita para ser corresponsável pela gestão. O fomento ao desenvolvimento do indivíduo como sujeito surge como política fundamental da gestão.

19 Sigmar Malvezzi O PROJETO DE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL O projeto de vida pessoal é um instrumento organizador e regulador da própria existência. O projeto de carreira disciplina a ação que é uma fonte de poder regula o equilíbrio entre os processos de adaptação e integração, viabiliza a liberdade e constrói a identidade (expressão da existência).

20 Sigmar Malvezzi O PROJETO DE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL O projeto de vida é elaborado pelo indivíduo a partir de sua subjetividade, dos meios disponíveis e da consciência do poder de sua causalidade pessoal. O resultado do trabalho de construção da própria existência é expresso pela identidade (quem sou eu?). A carreira é um recurso que facilita a construção do projeto de vida.

21 Sigmar Malvezzi O PROJETO DE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL O projeto pessoal consiste num plano que estabelece uma forma de competição do indivíduo consigo mesmo (fonte de energia e sentido para o indivíduo). Através do projeto pessoal, o indvíduo aprende a se apropriar de sua existência e dispersa menos energias

22 Sigmar Malvezzi O PROJETO DE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL Identificar seu eu ideal (o que eu quero ser?) Identificar seu eu real (quem sou?) Identificar as forças pessoais (no que os eu ideal e o eu real coincidem?) Identificar as limitações pessoais (no que os dois eus se diferenciam?) Construção de uma identidade pessoal, social e profissional

23 Sigmar Malvezzi O PROJETO DE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL Elaboração de metas pessoais (construção de uma história pessoal) Elaboração do plano de aprendizagens (metas para a aquisição de novas competências). Elaboração de um plano de ações Elaboração de critérios e períodos de avaliação.

24 Sigmar Malvezzi A SINTAXE DO DESEMPENHO A realização de projetos é dependente da ação das pessoas (exige contínua adaptação), de investimentos na participação sinérgica e no crescimento (da organização e dos indivíduos). A eficácia dos projetos é desafiada pelo contínuo aparecimento de novas demandas. Nesse contexto, a gestão de pessoas ganha status de objetivo estratégico

25 Sigmar Malvezzi A GESTÃO DE PESSOAS Função facilitadora que disponibiliza os recursos e as condições requeridas para o desenvolvimento do desempenho (individual e da equipe) exigido pela natureza do produto ou serviço e pela realização pessoal e profissional Funciona através do provimento de informações, tecnologias, referenciais e feed- backs e do desenvolvimento de projetos (competências, compromisso, cooperação, integração...) e do investimento em projetos dirigidos às pessoas (cooperação, compromisso competências,...).

26 Sigmar Malvezzi DESAFÍOS PARA A GESTÃO DE PESSOAS NO SERVIÇO PÚBLICO Numa sociedade pluralista e complexa (como a atual) é difícil definir e buscar respostas à moral, à qualidade de vida e à eficácia. Reflexão e inteligência coletiva são meios para a busca da flexibilidade obtida pelo gerenciamento das regras de gestão. Hoje, é mais desafiador ser eficaz na gestão pública do que na gestão privada.

27 Sigmar Malvezzi A AÇÃO DE LIDERANÇA GERENCIAL (NO SERVIÇO PÚBLICO) A consideração da diversidade em diferentes interpreta çõ es e critérios A tolerância pedagógica aos erros A participação ativa na gestão (não ser apenas expectador) A construção de respostas a partir dos conteúdos criados pelo grupo. A valorização da participação crítica.

28 Sigmar Malvezzi A AÇÃO DE LIDERANÇA GERENCIAL (NO SERVIÇO PÚBLICO) A busca de sentido na continuidade da ação O fomento da fácil acessibilidade O compromisso com a integridade e a transparência. A estimulação de feed backs para identidades, desempenhos e processos. O foco nos resultados

29 Sigmar Malvezzi A AÇÃO DE LIDERANÇA GERENCIAL (NO SERVIÇO PÚBLICO) A construção da confiança. O fomento do crescimento individual e da equipes. A reflexão crítica sobre os problemas e seus contextos. A busca da consistência entre a çã o e visão. Aceitação de papeis alternativos para a a çã o.

30 Sigmar Malvezzi A QUESTÃO DA SUSTENTABILIDADE A vida é um bem em si mesmo porém dependente das condições que a tornam digna do ser humano (reflexão crítica). A possibilidade de criação da sociedade (infinitas combinações de potenciais) levanta a questão moral (o que é o bem?), a questão da qualidade de vida (o que é a vida digna?) e a questão da eficácia (como realizar projetos?). O desafío da sustentabilidade está na resposta conjunta e simultanea a essas três questões.

31 Sigmar Malvezzi A GRAMÁTICA DA SUSTENTABILIDADE Diante desse contexto da sociedade atual, a política pública que faz diferença é aquela que promove o crescimento pessoal e profissional. Essa tarefa requer a criação de racionalidades que sustentam o fortalecimento do sujeito e da sinergia das equipes (competências coletivas). O domínio da organização pública sobre seu projeto implica no domínio sobre si mesma, que é corolário do domínio que seus profissionais têm sobre seu próprio crescimento.

32 Sigmar Malvezzi A GRAMÁTICA DA SUSTENTABILIDADE A busca da sustentabilidade impõe a organização dos desempenhos sob a racionalidade da emancipação profissional (autonomía de decisões) direcionada para a ação criativa (resultados morais, eficazes e construtores de qualidade de vida) e orientada para a optimização das potencialidades presentes na diversidade.

33 Sigmar Malvezzi A GRAMÁTICA DA SUSTENTABILIDADE Estas condições exigem das organizações significativo investimento no trabalho de liderança gerencial. A liderança tem responsabilidade na superação do individualismo que dificulta o trabalho em equipe, desestimula a motivação e despe o trabalho de sua potencialidade de significados.

34 Sigmar Malvezzi A GRAMÁTICA DA SUSTENTABILIDADE Instrumentalizar a busca de ideiais que sustentem o compromisso com o trabalho e com o outro, como fonte de identidade, de dignidade e de realização. Crescer nas competências, autonomia, credibilidade e comunitarismo. Fomentar ideais que alimentem a esperança (superar a sensação de impermanência existencial).


Carregar ppt "CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO CEARÁ A SUSTENTABILIDADE COMEÇA NAS PESSOAS Transformando Valores em Práticas de Estado Sigmar Malvezzi PhD Fortaleza, 30."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google