A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SARESP Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo Saresp 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SARESP Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo Saresp 2008."— Transcrição da apresentação:

1 SARESP Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo Saresp 2008

2 OBJETIVOS - Apropriação do Relatório Pedagógico -Preparação para o SARESP na escola -Discussão por área -Análise das questões

3 1. Pressupostos O Saresp se caracteriza como uma avaliação externa que produz indicadores para estabelecer um diagnóstico do sistema educacional. Seus resultados são fundamentais para gerar estratégias de melhoria da educação.

4 2. Pressupostos As instituições escolares recebem os boletins com seus resultados específicos, e podem, a partir deles, analisar a qualidade do ensino oferecido à sua comunidade e as variáveis que influenciam nos resultados.

5 3. Materiais de apoio Para uma análise mais global dos resultados, conheça o Boletim do Saresp da escola e as publicações que estão sendo divulgadas neste momento. Volume 1. Matrizes de Referência para a Avaliação do Saresp: documento básico. Volume 2. Matrizes de Referência para a Avaliação do Saresp: Língua Portuguesa. Relatório 1. Saresp 2008 – Língua Portuguesa, Matematica e Ciências da Natureza..

6 4. Da organização do Relatório Parte I Metodologia Instrumentos Dados gerais quantitativos por série avaliada Relações Saresp / Saeb / Prova Brasil

7 5. Da organização do Relatório Parte 2 Relação Currículo e Avaliação Relação Saresp 2007 / 2008 Análise qualitativa dos resultados por nível / série avaliada Itens comentados por nível / série avaliada Análise qualitativa do desempenho na redação Recomendações Conclusões Escala de Proficiência Páginas – Saresp na Escola

8 6. Análise quantitativa dos resultados Médias de Proficiência em Língua Portuguesa – Rede Estadual – Saresp 2008

9 Atividade1: Acrescente ao gráfico a média de proficiência de sua escola em matemática; Preencha a análise da página 34 do relatório de matemática

10 7. Análise quantitativa dos resultados Consulte o boletim de sua escola e complete no Gráfico a média de proficiência de sua escola em Matemática. Na minha escola: a média em Matemática na 4ª série do Ensino Fundamental foi __________ (igual/superior/inferior) à média da Rede Estadual. Justifique. a média em Matemática na 6ª série do Ensino Fundamental foi __________ (igual/superior/inferior) à média da Rede Estadual. Justifique. a média em Matemática na 8ª série do Ensino Fundamental foi __________ (igual/superior/inferior) à média da Rede Estadual. Justifique. a média em Matemática na 3ª série do Ensino Médio foi __________ (igual/superior/inferior) à média da Rede Estadual. Justifique.

11 8. Análise qualitativa dos resultados Nas justificativas, entre outros, considere os seguintes fatores: dimensão contextual. Destaque na sua justificativa o ambiente escolar e o lugar em que a escola está instalada. dimensão comunicacional. Destaque na sua justificativa as relações de comunicação entre as pessoas em sua escola. dimensão didática. Destaque na sua justificativa as relações didáticas definidas na Proposta Pedagógica da escola e sua aplicação de fato.

12 9. Análise quantitativa dos resultados Níveis de MATEMÁTICA – Leitura e Distribuição dos Alunos da Rede Estadual nos Níveis de Desempenho – Saresp 2008

13 10. Análise qualitativa dos resultados A distribuição do percentual ao longo dos níveis de proficiência traz informações sobre a quantidade de alunos que se encontram nos diferentes níveis de desempenho. Essa informação é importante para tomar decisões sobre o processo de intervenção pedagógica na escola. quanto maior for o percentual de alunos posicionados nos níveis superiores (adequado e avançado) e menor o percentual nos níveis inferiores (abaixo do básico e básico), melhor será o resultado da escola. (Os resultados do Saresp devem ser analisados pelas escolas em função das metas de aprendizagem definidas no Idesp.)

14 11. O que aprender em cada série Outra questão fundamental a ser considerada é o que cada aluno deve aprender em cada série. Os conteúdos de aprendizagem vão se tornando mais complexos a cada série. Nos resultados por série essa relação deve ser também relevante na análise.

15 12. O caráter cumulativo da Escala Ao se considerar a análise de desempenho em uma série/nível deve-se refletir sobre o desempenho nas séries anteriores a ela apresentadas e sua representação nos pontos da Escala.

16 13. Análise qualitativa dos resultados Para reflexão: Há diferenças entre a Proposta Pedagógica da sua escola e as Propostas Curriculares oficiais? Quais as intersecções entre a Proposta Pedagógica de sua escola e as Propostas Curriculares oficiais? De que forma o desenvolvimento do plano do professor está articulado ao projeto do sistema estadual de ensino?

17 14. Análise qualitativa dos resultados Para reflexão: Por que os alunos localizados nos níveis inferiores (analise por série) não alcançaram os níveis esperados de aprendizagem? Qual o diferencial, dentro da escola, dos alunos (analise por série) que alcançaram os níveis esperados de aprendizagem? Qual a proposta da sua escola para fazer com que os alunos dos níveis inferiores passem para os níveis esperados de aprendizagem? Onde estamos e o que é preciso modificar, incluir ou consolidar para garantir, a cada aluno, seu direito de APRENDER?

18 CAFÉ

19 Os níveis de proficiência em Matemática Níveis4ª série6ª série8ª série 3ª série do ensino médio Abaixo do Básico < 175 (39,1%) < 200 (42,4%) < 225 (34,5%) < 275 (54,3%) Básico (175, 225) (37,3%) (200, 250) (42,3%) [225, 300) (53,9%) (275, 350) (40,5%) Adequado (225, 275) (19,4%) ( 250, 300) (14,0%) (350, 300) (10,2%) (350, 400) (4,8%) Avançado 275 (4,2%) 300 (1,3%) 350 (1,3%) 400 (0,4%)

20 Distribuição dos alunos nos Níveis de Desempenho em Matemática

21 Atividade : Preencha a tabela com os dados da sua escola; Elabore o rascunho do gráfico de desempenho;

22 Os níveis de proficiência em Matemática Níveis4ª série6ª série8ª série 3ª série do ensino médio Abaixo do Básico Os níveis de proficiência em Matemática Os níveis de proficiência em Matemática < 175 _________ < 200 ________ < 225 _________ < 275 ________ Básico [175, 225) __________ [200, 250) __________ [225, 300) __________ [275, 350) _________ Adequado [225, 275) __________ [ 250, 300) ________ [350, 300) ________ [350, 400) ________ Avançado 275 _________ 300 _________ 350 ________ 400 ________ EE_________________________________________________

23 Distribuição dos alunos nos Níveis de Desempenho em Matemática EE_________________________


Carregar ppt "SARESP Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo Saresp 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google