A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BLOG, VÍDEO E WEBQUEST: ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER A ESCRITA EM SALA DE AULA Jossemar de Matos Theisen Doutoranda em Letras/ Linguística – UCPEL I Jornada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BLOG, VÍDEO E WEBQUEST: ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER A ESCRITA EM SALA DE AULA Jossemar de Matos Theisen Doutoranda em Letras/ Linguística – UCPEL I Jornada."— Transcrição da apresentação:

1 BLOG, VÍDEO E WEBQUEST: ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER A ESCRITA EM SALA DE AULA Jossemar de Matos Theisen Doutoranda em Letras/ Linguística – UCPEL I Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas –

2 TEMA: TECNOLOGIA NA ESCOLA JUSTIFICATIVA O mundo passa atualmente por uma revolução tecnológica, que altera profundamente as formas de trabalho e de interação. Mudam também as formas de construção do conhecimento e os processos de ensino e de aprendizagem.

3 OBJETIVOS Objetivo Geral Despertar o interesse nos alunos do ensino médio (1ºs Anos) da E.E.E.M. Monsenhor Queiroz em produzir diferentes textos usando recursos tecnológicos. Objetivos Específicos Motivar os alunos para leitura de textos verbais e não verbais em suporte impresso e online. Incentivar a produção textos utilizando recursos tecnológicos. Publicar os textos produzidos pelos alunos em um Blog Educativo.

4 REFERENCIAL TEÓRICO A disposição dos recursos tecnológicos requer que a educação escolar passe por um processo de reorganização, uma vez que a escola ainda mantém a fala do professor como principal foco de mediação do conhecimento, conforme Pierre Lévy: É certo que a escola é uma instituição que há cinco mil anos baseia no falar/ditar do mestre, na escrita manuscrita do aluno e, há quatro séculos, em uso moderado da impressão. Uma verdadeira integração da informática (como do audiovisual) supõe, portanto o abandono de um hábito antropológico mais que milenar o que não pode ser feito em alguns anos.

5 REFERENCIAL TEÓRICO No computador, o espaço de escrita – e da interação – é a tela, ou a "janela". Ao contrário do que ocorre quando o espaço da escrita são as páginas do códice, quem escreve ou quem lê a escrita eletrônica tem acesso, em cada momento, ao que é exposto, com possibilidade de interferir livremente no texto, quando houver necessidade.

6 Tecnologias a ser utilizadas... Vídeo TV WebQuest Blog Educativo

7 O projeto de pesquisa configura-se em uma prática pedagógica baseada em uma pesquisa-ação e pelo método qualitativo, por investigar uma realidade de alunos do ensino médio. As características fundamentais da pesquisa-ação são: A participação das pessoas nos problemas pesquisados, aliada a uma ação destinada a resolver o problema em questão. A participação das pessoas, não como "objetos" de estudo, mas como elementos ativos do processo de investigação.

8 O projeto teve o seguinte roteiro :(1) Expor o Projeto aos alunos do 1ªs Anos de ensino médio do turno da tarde da Escola Estadual de Ensino Médio Monsenhor Queiroz. Elaborar uma webquest para mostrar aos alunos as tarefas que serão realizadas no decorrer do projeto. Propor aos alunos leitura de crônicas e contos de suporte impresso e online.

9 Roteiro...2 Mostrar a Webquest aos alunos com as tarefas no laboratório de informática. Aplicar o primeiro questionário de pesquisa Assistir ao filme Escritores da Liberdade. Discutir o filme e propor atividades de produção do gênero crônica

10 Roteiro...3 Construir o Blog Educativo sobre crônicas e diferentes textos verbais e não verbais. Levar os alunos no laboratório de informática e acessar o Blog Educativo para ler textos. Orientar os alunos para interagir no Blog, e postar comentários aos textos expostos.

11 Roteiro... Iniciar a produção de textos com os alunos, podem trabalhar individualmente ou em duplas. Publicar os textos produzidos pelos alunos no Blog Educativo. Incentivar os alunos acessar o Blog para ler e comentar os textos produzidos pelos colegas. (4)

12 Recursos Laboratório de informática Computador TV Vídeo DVD Datashow Pendrive Mídia de material impresso: livros de crônicas e contos; formulários com perguntas do questionário; Jornais/ revistas

13 Cronograma Atividades MaiJunJulAgoSetOutNovDez Elaboração do projeto xxx Entrega e defesa do projeto xx Execução xxxxx Coleta de Dados xxx Apresentação e discussão dos dados xx Elaboração do TCC xxx Entrega do TCC x Defesa do TCC x

14 Página inicial da Webquest com os respectivos menus.

15

16 Questionário para realizar com os alunos antes de iniciar as atividades do Projeto. Você acha que os recursos tecnológicos podem contribuir para a produção de um texto. ( ) sim ( ) não ( ) talvez Você costuma produzir textos em suportes tecnológicos? ( ) sim ( ) não ( ) algumas vezes ( ) muitas vezes Você costuma escrever algo fora da escola. ( ) sim ( ) não ( ) algumas vezes ( ) muitas vezes

17 Caso a resposta seja afirmativa na questão anterior, que tipo de texto produz e para quem? Você considera que um Blog pode ser considerado uma produção de textos. ( ) sim ( ) não A leitura de diferentes textos pode auxiliar na produção de novos textos, sendo estes em suportes tecnológicos. ( ) sim ( ) não ( ) talvez Você possui ? ( ) Sim ( ) Não Você tem MSN? ( ) Sim ( ) Não

18 Você tem Orkut? ( ) Sim ( ) Não Você tem facebook? ( ) Sim ( ) Não Você tem twitter? ( ) Sim ( ) Não Quanto tempo por dia você utiliza o computador? De que forma? Para que?

19 Relação entre recursos tecnológicos e a produção de textos. Produção de textos com recursos tecnológicos.

20 Produção de escrita fora da sala de aula. Avaliação do blog como uma produção textual.

21 Síntese da preferência ao uso das ferramentas de tecnologia disponíveis na Internet.

22 Os alunos comentaram sobre o filme sem imposição de perguntas, foram realizados 41 comentários

23 O filme foi um ensinamento que nada é impossível para aprender produzir um texto, para isso tem que ter um bom hábito de ler e escrever.(Aluno A) O filme mostrou que para aprendermos não precisamos de uma aula chata! pelo contrário a aula precisa ser bem divertida e interessante, pois aulas assim marcam, e agente se lembra por mais tempo! às vezes por uma brincadeira lembramos de um assunto. E como podemos ver no filme as aulas da professora G ajudaram a até mesmo nas relações pessoais da turma que era muito dividida por causa de gangues (Aluno F)

24 Contava a historia sobre uma professora que incentivou alunos violentos a ler,escrever.. e nao serem tao agressivos e eles aprenderam a ser pessoas diferentes! (Aluno B) O filme nos mostra a realidade de muitas escolas do Brasil e do mundo..os jovens do filme (e do mundo) naquelas condições emocionais (onde veem familiares e amigos morrerem), acabam ficando revoltados e trocando o mundo do aprendizado, pelo mundo das armas..lá eles aprendem a mudar esta realidade e aprendem muito não só pelas matérias e sim levaram aprendizados pela vida inteira :) (Aluno H)

25

26

27 A crônica foi muito interessante, pois o autor inicia contando o seu dia a dia do seu trabalho de criar crônicas mas estava sem ideias de criar outro, então foi para botiquim para tomar café e viu pessoas humildes na mesa do canto, isso deu a ele uma inspiração para criar uma crônica. (Aluno I) Muito interessante essa crônica! A crônica nos mostra mais a realidade de pessoas humildes. E que as vezes não precisamos de muito para ser feliz,pois não é só bens materiais que nos trazem felicidade. (Aluno C) Achei muito interessante pois mostra como o autor conseguiu criar uma cronica quando estava sem criatividade. (Aluno J)

28

29

30

31 Você achou significativa a realização das atividades de produção textual. ( ) sim ( ) não ( ) um pouco As atividades propostas ajudaram você a produzir textos. ( ) sim ( ) não ( ) um pouco Os recursos tecnológicos contribuíram para a sua produção de textos. ( ) sim ( ) não ( ) um pouco Você teve interesse e prazer em realizar as atividades propostas para a produção textual do Blog ( ) sim ( ) não ( ) um pouco Comente aspectos negativos e positivos do projeto que participou sobre produção textual

32

33 Referências BOURDIEU, Pierre; CHARTIER, Roger. A leitura: uma prática cultural. In: CHARTIER, Roger (Org.). Práticas da leitura. São Paulo: Estação Liberdade, BRITTO, Luis Percival Leme. Leitura e política. In: EVANGELISTA, Aracy A. M. A escolarização da leitura literária. O jogo do livro infantil e juvenil. Belo Horizonte: Autêntica, BUSSARELLO, Jorge Marcos. A produção textual no ensino médio, no vestibular e no Enem: gêneros do discurso ou tipos textuais? Disponível em: Acessado em: 16 junho CHARTIER, Roger. A aventura do livro. Do leitor ao navegador. São Paulo: Unesp, FERRÉS, Joan. Vídeo e Educação. 2a ed., Porto Alegre: Artes Médicas (Artmed), ____________. Televisão e Educação. São Paulo: Artes Médicas (Artmed), GOMES, Maria João. Blogs: um recurso e uma estratégia pedagógica. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4499/1/Blogs-final.pdf. Acessado em: 16 junho GUTIERRE, Priscilla Brossi. Blogs na sala de aula: Cresce o uso pedagógico da ferramenta de publicação de textos na Internet. Disponível em: especiais.cfm?id_especial=221. Acesso em: 18 julho 2011 LEAL, Leiva de Figueiredo. Biblioteca escolar como eixo estruturador do currículo escolar. In: RÖSING, Tania M. K.; BECKER, Paulo Ricardo. Leitura e animação cultural: repensando a escola e a biblioteca. Passo Fundo: UPF, 2002.


Carregar ppt "BLOG, VÍDEO E WEBQUEST: ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER A ESCRITA EM SALA DE AULA Jossemar de Matos Theisen Doutoranda em Letras/ Linguística – UCPEL I Jornada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google