A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistemas de Informações Empresariais Prof. Antonio Carlos C. Mattos FGV – CEAG Caso boo.com Juliana Errerias Ribeiro Matrícula: 154559.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistemas de Informações Empresariais Prof. Antonio Carlos C. Mattos FGV – CEAG Caso boo.com Juliana Errerias Ribeiro Matrícula: 154559."— Transcrição da apresentação:

1 Sistemas de Informações Empresariais Prof. Antonio Carlos C. Mattos FGV – CEAG Caso boo.com Juliana Errerias Ribeiro Matrícula:

2 Roteiro 1.Principal Problema 2.Histórico da Empresa 3.Histórico do Problema 4.Solução do Problema 5.Situação Atual

3 1. Principal Problema O principal problema na idealização do website Boo.com foi ambicionar um projeto tão revolucionário, inovador e de alcance mundial sem considerar as limitações tecnológicas naquele momento e sem ter pessoas experientes para administrar um negócio de tal dimensão. O que acarretou outros problemas: – Atraso no lançamento do site –Acesso lento e limitado, difícil de navegar –Conseqüente desinteresse do público –Descumprimento de prazos –Retorno financeiro muito abaixo das expectativas

4 2. Histórico da Empresa Os idealizadores da Boo.com vieram de uma bem sucedida criação de uma empresa de comércio eletrônico de livros, que acabou se tornando a terceira maior do ramo, perdendo apenas para a Amazon.com e Barnes&Noble.com. Este idealizadores, unidos a um banqueiro especializado em investimentos, desenvolveram um ambicioso plano para a nova companhia. Obtiveram o apoio financeiro da J. P. Morgan & Co, atraída pelo sucesso anterior dos fundadores e pela atrativa lucratividade estimada. Na seqüência a Morgan encontrou outros investidores para apoiá-la nesta empreitada.

5 2. Histórico da Empresa Com o plano desenvolvido e os investimentos obtidos a empresa definiu a data de maio de 1999 para lançar o seu website. A proposta inicialmente era operar nos Estados Unidos e em mais 5 países da Europa, mas rapidamente expandiu as operações para um total de 18 países. A Boo.com tinha uma estratégia diferenciada dos demais websites. O público-alvo definido foi o cash-rich, time-poor - pessoas com alto poder aquisitivo, que tenham pouco tempo disponível para fazer compras Assim, os produtos seriam oferecidos sem descontos, com preços próximos ao do varejo tradicional – diferente da maioria dos sites.

6 2. Histórico da Empresa Outra característica era oferecer marcas reconhecidas, como Adidas, Fila, Vans, Cosmic Girl, Donna Karan, entre outras. Uma das inovações tecnológicas era oferecer a melhor visualização dos produtos: visão 360º, permitindo ver o produto em qualquer ângulo; zoom para detalhes; procura por cor, marca, preço e estilo. Oferecia uma consultora virtual para auxiliara na escolha Prometia um sistema rápido de entregas e cálculo de taxas específicas para 18 países onde atuaria. Baseada nessa estratégia, a Boo.com pretendia ser um site de vanguarda, ter repercussão global e se tornar formador de opinião em sua área de atuação.

7 3. Histórico do Problema Idealizado o projeto audacioso da Boo.com, os problemas começaram a se tornar evidentes próximo a primeira previsão de data para lançamento do website e se intensificou a cada adiamento do tão esperado lançamento. A empresa pretendia desenvolver uma complexa plataforma na Internet e um sistema de entrega e relacionamento com os clientes de amplo alcance - proposta pioneira no mercado. Querer ser tão inovador contribuiu para os atrasos e para a dificuldade em se alcançar os objetivos iniciais.

8 3. Histórico do Problema O desalinhamento interno da empresa gerou atrasos e problemas para o lançamento do projeto, como: –Publicidade de pré-lançamento do Boo.com realizada muito antes do efetivo lançamento, gerando a expectativa e a demanda, mas ainda fora de atividade – o que causou frustração e queda de interesse para alguns consumidores. –Contratação de funcionários e aluguel de estruturas que ficaram ociosas aguardando o lançamento.

9 3. Histórico do Problema Outras ações ou a falta delas também comprometeram o sucesso da Boo.com: –Falta de acompanhamento do Staff (pessoas despreparadas e, gastos excessivos e desnecessários); –Falta de entendimento sobre o mercado-alvo (98% dos EUA e 99% da Europa não possuíam Internet rápida na época e por isso tiveram dificuldade em acessar o website carregado de recursos visuais); –Falta de um plano de lançamento em etapas, onde se colocasse o website no ar e o evoluísse aos poucos ao invés da ambição de colocá-lo totalmente pronto, como nova tecnologia e recursos, logo no primeiro instante; –Busca de atuação em muitos países simultaneamente sem a infra-estrutura administrativa necessária, nem avaliação da demanda em cada país.

10 3. Histórico do Problema Mas o grande problema veio no lançamento, quando não foram antecipados os possíveis, ou melhor, prováveis problemas a serem enfrentados: –A dificuldade dos clientes em navegar na loja virtual (cliente não conseguia efetuar a compra de um produto, entre 4 tentativas de compra apenas 1 era bem sucedida); –Dificuldade de conexão (40% dos usuários não conseguiam) e a lentidão do acesso, ocasionados pela complexidade do sistema (visão dos produtos em 3D, rotação em 360º, atendente virtual, entre outros recursos); –Sistema limitado a usuários de PCs Isso resultou em rejeição por parte de muitos clientes degradando a imagem da empresa e comprometendo suas vendas.

11 4. Solução do Problema O problema foi resolvido através da venda do que restou da empresa para a FashionMall.com, após rígidos cortes de custo - basicamente a marca, o endereço na Internet, o conteúdo online e materiais de propaganda. E outra empresa,a Bright Station PLC, comprou o software para aproveitar o suporte multilingüe para outros negócios.

12 4. Solução do Problema A Boo.com foi relançada em Outubro de 2000, como uma seção da FashionMall.com, em uma versão muito menos ambiciosa que a original. Como um portal que apenas direciona os clientes para websites de produtos e com uma interface bem mais leve, com menos recursos visuais, a Boo.com abriu mão de inventário e distribuição própria, focando-se em um segmento bem definido, jovens de classe média-alta e alta, de forma a atuar como intermediário / facilitador apenas.

13 5. Situação Atual A empresa hoje faz parte do portal de moda Fashionmall.com que reúne itens de beleza, comidas e vinhos, roupas íntimas, vestuário infantil, sapatos, jóias, moda jovem, entre outros.

14 5. Situação Atual Dentro do portal a Boo.com foi integrada como uma área onde se comercializa itens como moda masculina e feminina e óculos de sol. Nesta área pode-se optar por comprar ou buscar por marcas ou por departamentos.

15 5. Situação Atual Hoje a Boo.com oferece um sistema mais simples de compra e navegação, mostrando algumas categorias de produto agrupadas por marcas de forma a facilitar a compra. No entanto, este agrupamentos servem só para direcionar os clientes para as páginas específicas de cada marca ou produto. Ou seja, não conseguiu manter nada do que foi idealizado no seu projeto inicial.

16 Obrigada! Juliana Errerias Ribeiro Matrícula:


Carregar ppt "Sistemas de Informações Empresariais Prof. Antonio Carlos C. Mattos FGV – CEAG Caso boo.com Juliana Errerias Ribeiro Matrícula: 154559."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google