A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sessão Científica: 08/2003 Lombalgia Acadª. Marcelle Portal Acad. Marcius C. Prestes Prof. Sérgio Zylbersztejn Fundação Faculdade Federal de Ciências.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sessão Científica: 08/2003 Lombalgia Acadª. Marcelle Portal Acad. Marcius C. Prestes Prof. Sérgio Zylbersztejn Fundação Faculdade Federal de Ciências."— Transcrição da apresentação:

1

2 Sessão Científica: 08/2003 Lombalgia Acadª. Marcelle Portal Acad. Marcius C. Prestes Prof. Sérgio Zylbersztejn Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre - Liga da Dor -

3 Identificação: A.V.M.A., 50 anos, feminina, branca, divorciada, técnica de segurança do trabalho aposentada por invalidez, natural e procedente de Porto Alegre. Queixa principal: Dor nas costas e na perna direita (sic)

4 História da doença atual: Dor lombar Início: há 10 dias Localização: região lombo-sacra Intensidade: média Caracterização: penetrante Desencadeante: ausente Agravante: deambulação e posição sentada Alívio: variações decúbito

5 História da doença atual: Evolução Em questão de horas: intensificação da dor e irradiação para membro inferior direito. Hiperalgesia e parestesia no pé direito. Deambulação prejudicada. Em três/quatro dias: intensificação da dor e perda do efeito dos analgésicos. Internação.

6 História médica pregressa: Gonartrose bilateral há seis anos; Hipertensão arterial severa há 27 anos; Histerectomia em 2003; Dor torácica tipo anginosa até dois anos atrás.

7 História Familiar: Mãe diabética, hipertensa, falecida aos 57 anos. Pai falecido por apendicite aos 63 anos. Avó materna diabética e hipertensa, falecida aos 60 anos.

8 Hábitos: Nega tabagismo e consumo nocivo de álcool. Revisão de sistemas: Miopia.

9 Exame físico: Geral: Bom estado geral, lúcida, orientada, coerente, mucosas úmidas e coradas, hidratada, em bom estado de nutrição, anictérica, acianótica, sem edema e sem linfonodomegalias. Tórax: Sem alterações. Precórdio: Sem alterações. Extremidades: Sem alterações. Ósteo-articular: Crepitação em ambos os joelhos, sem dor ou sinais flogísticos.

10 Exame físico: Neurológico: Deambulação prejudicada pela dor (impotência funcional). Força muscular diminuída na movimentação do pé direito. Diminuição do reflexo aquiliano direito. Hipoestesia da face dorsal e ântero-lateral da perna direita. Lasègue positivo à direita.

11 Hipóteses diagnósticas: Hérnia Discal; Neoplasia; Fratura.

12 Exames complementares: Hemograma: Ht: 39,2 % Hgb: 13,8 g/dL Leuc: (diferencial normal) Plaq: EQU Bioquímico: Sem particularidades Sedimento: 3-5 cél. epiteliais p/ campo 3-5 leucócitos p/ campo 4-5 hemácias p/ 10 campos

13 Exames complementares: TGP: 38 TGO: 28 Creatinina: 0,8 Uréia: 44 Sódio: 139 Potássio: 4,1 Magnésio: 2,3 Cálcio iônico: 5,0 LDL: 117 HDL: 44 Colesterol: 190 Glic: 83 RNI: 0,99 KTTP: 27,9s

14

15

16

17

18

19 L5S1

20 Epidemiologia 80% da população terá pelo menos um episódio; A cada ano, afeta 25% dos trabalhadores; Levando a incapacidade 2 a 8%; Quinta causa de consulta médica; Alto custo em saúde pública; Faixa etária: 20 a 40 anos; Mais severa em pacientes idosos;

21 Etiologia Raquianas –Mecânicas Hérnia de Disco Estenose do Canal Medular Osteoartrose –Inflamatórias –Traumas –Neoplasias –Infecção

22 Etiologia Extra-raquianas –Doença da articulação coxo-femoral –Infecção urinária –Doença litiásica renal –Endometriose –Aneurisma de aorta abdominal –Neoplasias retroperitonais –Psicogênica

23 Exame Clínico História Exame Físico X Exames Complementares Secundários

24 Exame Clínico Sinais de Alerta –Dor sem alívio noturno ou incompleto ao decúbito –Febre sem explicação convincente –Idade acima de 50 anos –História prévia de câncer –Perda de peso inespecífica –Dor com duração maior do que um mês –Ausência de melhora com a terapia conservadora –Usuário de drogas injetáveis

25 Exame Clínico Clínica –Dor Lombar –Ciatalgia –Situações de Emergência

26 Exame Clínico Clínica: Dor Lombar Lombalgia Mecânica Comum (Lumbago) Dor lombar inespecífica, As vezes irradia-se para uma ou ambas nádegas Distensões ou torções

27 Exame Clínico Clínica: Dor Lombar Radiculopatia Aguda, lancinante e penetrante Piora com: tosse, esforço, deambulação e sentar Melhora com o decúbito Neuropatia Em queimação ou dormente Piora a noite ao deitar

28 Exame Clínico Clínica: Dor Lombar Estenose Espinhal Claudicação neurogênica (Pior em declives) Piora com extensão da coluna Hérnia Discal Piora com a flexão lombar Melhora com o decúbito

29 Exame Clínico Clínica: Dor Lombar Fratura Trauma Recente Significativo Trauma Leve (+ de 50 anos) Uso de Prolongado de Corticóides Osteoporose Pacientes com mais de 70 anos

30 Exame Clínico Clínica: Ciatalgia –Irradiação em distribuição de dermátomo –Altamente sugestiva de hérnia discal –Sensibilidade de 95% –Especificidade de 83% Abaixo do joelho Sugere radiculopatia

31 Exame Clínico Clínica: Situações de Emergência –Síndrome da Cauda Eqüina Anestesia em sela Disfunção urinária e/ou fecal Déficit motor dos membros inferiores –Déficit neurológico rapidamente progressivo

32 Exame Clínico Exame Físico –Exame Físico Geral Pulsos periféricos Abdome Articulação Coxo-femoral Áreas Inguinais Reto (Suspeita de cauda eqüina)

33 Exame Clínico Exame Físico –Inspeção do Caminhar Sinais de diminuição de força Caminhar na ponta dos dedos Caminhar sobre os calcanhares

34 Exame Clínico Exame Físico –Exame Neurológico Manobra de Laségue Exame Motor Exame Sensorial Reflexos

35 –Dor da perna pior que a das costas –Dor e Parestesias Nádega, coxa posterior, perna posterior e calcanhar –Dormência e Hiperalgesia Quinto dedo e pé lateral –Parestesia Flexor dos dedos e gastrocnêmio –Hiporreflexia ou Arreflexia Reflexo Aquileano S1 Exame Clínico Síndromes Radiculares

36 –Dor da perna geralmente pior que a das costas –Dor e Parestesias Coxa póstero-lateral, perna lateral e pé dorso- medial –Dormência e Hiperalgesia Hálux e Pé medial –Parestesia Extensor longo do hálux e tibial anterior (Pé caído) –Não altera reflexos L5 Exame Clínico Síndromes Radiculares

37 –Dor das costas pior que a da perna –Dor e Parestesias Coxa ântero-medial e joelho –Dormência e Hiperalgesia Coxa ântero-medial e joelho –Parestesia Quadríceps e Íliopsoas –Hiporreflexia ou Arreflexia Reflexo Patelar L4 Exame Clínico Síndromes Radiculares

38 Exames Complementares Exames Laboratoriais –Hemograma –VSG –PSA –Fosfatase Alcalina –Imunoeletrosforesesérica –Pesquisa de Proteinúria de Bence-Jones

39 Exames Complementares Exames Imagéticos –Radiogramas Em muitos casos são desnecessárias Não detecta hérnias de disco Usada para exclusão de enfermidades (Sinais de Alarme)

40 Exames Complementares Exames Imagéticos Tomografia e Ressonância Magnética Evolução atípica Evolução insatisfatória Perante a indicação cirúrgica

41 Exames Complementares Estudo Eletrofisiológico –Não é usado na rotina –Esclarecer déficits de motores –Diferenciar neuropatia X radiculopatia

42 Conduta Repouso –Afastar causas com tto específico –Primeira conduta –95% recuperam-se em 30 dias –Média de 3 a 4 dias –Não prolongar demasiadamente

43 Conduta

44 Conduta Medicação –Analgésicos Paracetamol AINES Opióides Relaxantes Musculares –Injeção de Esteróides

45 Conduta Cirurgia –Situações emergenciais –Ausência de resposta ao tratamento conservador


Carregar ppt "Sessão Científica: 08/2003 Lombalgia Acadª. Marcelle Portal Acad. Marcius C. Prestes Prof. Sérgio Zylbersztejn Fundação Faculdade Federal de Ciências."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google