A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CITOQUÍMICA Composição química dos seres vivos. COMPONENTES QUÍMICOS RELACIONADOS COM O METABOLISMO CELULAR COMPONENTESANIMAISVEGETAIS INORGÂNICAS ÁGUA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CITOQUÍMICA Composição química dos seres vivos. COMPONENTES QUÍMICOS RELACIONADOS COM O METABOLISMO CELULAR COMPONENTESANIMAISVEGETAIS INORGÂNICAS ÁGUA."— Transcrição da apresentação:

1 CITOQUÍMICA Composição química dos seres vivos

2 COMPONENTES QUÍMICOS RELACIONADOS COM O METABOLISMO CELULAR COMPONENTESANIMAISVEGETAIS INORGÂNICAS ÁGUA 62%75% SAIS MINERAIS3% ORGÂNICAS PROTEÍNAS17%4% LIPÍDIOS12%1% CARBOIDRATOS7%20% ÁCIDOS NUCLÉICOS CERTOS AUTORES DETERMINAM 1% PARA CADA UM DOS COMPONENTES CITADOS. VITAMINAS

3 SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS DA CÉLULA ÁGUA: Cerca de 65 a 75% da massa do corpo dos seres vivos. É a substância que se encontra em maior quantidade no interior da célula. A porcentagem de água é maior nas células embrionárias, tornando-se menor à medida que avançamos de idade. Seu teor varia de acordo com a atividade celular, isto é, células que desempenham intensa atividade possuem maior quantidade de água do que as que trabalham pouco. Isso se explica por 2 razões : a- A água é um produto final que aparece ao término de muitas reações químicas; A+B C+água. b- A água é imprescindível para que ocorram as reações de hidrólise, que são tão comuns na atividade celular.

4 Importância da água para os seres vivos Solvente dos líquidos orgânicos: sangue, linfa, e as substâncias intracelulares; Conservação da temperatura nos animais endotérmicos - moderador de temperatura; Veículo das substâncias que passam através da membrana; O citoplasma das células é uma solução aquosa em que a água é o solvente, e substâncias dissolvidas, genericamente chamadas de Solutos, são os açucares, sais etc...). Participação nas reações químicas (hidrólise); Age como meio de dispersão de macromoléculas. Coesão e adesão -tensão superficial (as pontes de hidrogênio mantêm as moléculas de água unidas umas às outras). Além do seu aparecimento natural na célula, como produto final de numerosas reações químicas, a água também é obtida através da ingestão pelo organismo de alimentos que a contêm e de líquidos. A perda de água excessiva pelo indivíduo leva-o ao quadro de desidratação, chegando a 20% morte.

5 VARIAÇÕES NA TAXA DE ÁGUA NOS SERES VIVOS 1. IDADE: A taxa de água decresce com o aumento da idade. 3. ESPÉCIE: Na espécie humana, a água representa 63% do peso do corpo. Em medusas (água-viva), a água se relaciona com 98% do seu peso. 2. ATIVIDADE: Quanto maior é a atividade metabólica de um organismo, maior é a percentagem de água que nele se encontra. TIPO DE ÓRGÃOPERCENTUAL DE ÁGUA ENCÉFALO DE EMBRIÃO91,0% TECIDO MUSCULAR83,0% PULMÕES70,0% RINS60,8% OSSOS13,0% DENTE ( DENTINA )14,0% OBSERVE A TABELA ABAIXO

6 Sais Minerais ( Oligoelementos ) São substâncias que podem ser encontradas sob a forma não solúvel, como constituintes estruturais de certas partes do corpo (ossos, ovos) ou sob a forma solúvel em água, sendo, dissociados.Na forma dissociada, os sais minerais, participam de numerosas atividades celulares, tais como: permeabilidade, contração muscular, constituintes dos ossos, equilíbrio osmótico e manutenção do ph. 1- Cálcio (Ca) – coagulação sangüínea; contração muscular; formação dos ossos e dentes. A carência pode determinar o raquitismo nas crianças e osteoporose nos adultos. Ë encontrado nas verduras, soja, leite e derivados. 2- Sódio (Na), Potássio (K), Cloro (Cl) - importante no equilíbrio osmótico, agindo no funcionamento da membrana e no impulso nervoso. O Na regula a pressão do sangue. O K é a bateria de energia dentro da célula e na condução nervosa.

7 3- Iodo (I) – importante para o funcionamento da tireóide. É encontrado nos peixes e frutas. Estimula a glândula tireóide. 4- Ferro (Fe) – forma a hemoglobina dos glóbulos vermelhos. É encontrado nos feijão, espinafre, ostras, castanhas e carnes em geral. 5- Flúor (F) – importante na formação dos ossos e do esmalte dos dentes. 6- Magnésio ( Mg )- faz parte da molécula de clorofila, ajuda os músculos a trabalhar. 7- Zinco (Zn) – participa da fabricação de insulina e de certas enzimas, estimula o crescimento e a cicatrização da pele. Encontramos nas carnes, frutos do mar, peixes, leite e ovos. 8- Fósforo (P) – auxilia as células nervosas.

8 9- Cromo (Cr) – estimula a absorção da glicose.Importante para o metabolismo. Encontramos no queijo, aves, pimenta do reino e cereais. 10- Fosfato ( Po4) – forma os nucleotídeos. 11- Carbonato (Co3) – quando passam bicarbonato HCo3 têm ação impedindo a acidez da célula. 12- Cobalto (Co)-componente da vitamina B12. Essencial para as hemácias. 13-Cobre (Cu)-Componente de muitas enzimas. Essencial para a síntese da hemoglobina. 14- Molibidênio (Mo)- componente de algumas enzimas. 15- Selênio (Se)-funciona em intima associação com a vitamina E. Obtemos os sais minerais normalmente pela ingestão de água e de alimentos.

9 SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS DA CÉLULA 1-GLICÍDIOS : São também conhecidos como açúcares, carboidratos (composto que contêm uma ou mais moléculas de água), glucídios, hidratos de carbonos, aparecem também o N e S. Os glicídios tem basicamente função energética, sendo, dentre os compostos orgânicos, os que fornecem maior fonte de energia para os seres vivos.

10 MONOSSACARÍDEOS - São moléculas (de 3 a 7) orgânicas simples (oses), isto é, não podem ser digeridas em glicídios menores. São também chamados de oses ou açucares simples. De acordo com o nº de átomos de carbono que apresentam, as oses podem ser: Trioses – 3C C3H 6 O3, ex: ácido pirúvico; Tetroses – 4C C4H8O4, ex: eritrose; Pentoses – 5C C5H10O5, C5H10O4, ex: ribose e desoxirribose; Hexoses – 6C C6H12O6, ex: glicose, frutose e galactose. Classificação:

11 DISSACARÍDEOS ou OLIGOSSACARÍDEOS - São carboidratos formados a partir da reunião de 2 a 10 monossacarídeos (ligação glicossídica), nessa união, há perda de uma molécula de água. Os mais importantes ligossacarídeos são os dissacarídeos. Os principais dissacarídeos são: Maltose = glicose + glicose; encontrada nos cereais. Lactose = glicose + galactose; encontrada no leite. Sacarose = glicose + frutose; encontrada na cana e na beterraba.

12 POLISSACARÍDEOS – São grandes moléculas de glicídios, formadas pela reunião de vários monossacarídeos. São glicídios que por hidrólise, fornecem grande número de moléculas de oses. Amido - produzido pelos vegetais; é formado por um grande número de moléculas de glicose (1400); principal carboidrato de reserva dos vegetais. Glicogênio (30.000) - reserva de glicose encontrada nos animais e fungos. Celulose (4000) - encontrada somente nos vegetais, fazendo parte da parede celular. Fibras ao organismo. Quitina - presente na parede celular de fungos e no exoesqueleto de artrópodes.

13 LIPÍDIOS: Substâncias orgânicas largamente encontradas na matéria viva. Substâncias fisicamente caracterizadas pela insolubilidade em água. Quimicamente, os lipídios são ésteres de ácidos graxos com álcool. Os lipídios são constituintes celulares: estruturas citoplasmática, livre na célula, material de reserva de Energia. Isolante térmico e proteção contra choques e batidas. Hormônios, como, por exemplo, os hormônios sexuais masculinos e femininos e os hormônios do córtex da suprarenal.

14 Os lipídios podem ser classificados nos seguintes grupos: Glicerídeos (Triglicerídeos) - são moléculas resultantes da união, do álcool glicerol com ácidos graxos. Abrangem: Ácidos graxos insaturados = quando além das ligações simples apresentam dupla ligação entre alguns dos átomos de carbono da molécula, o glicerídeo será um óleo, um líquido à temperatura ambiente. Os óleos são encontrados principalmente em plantas, especialmente nas sementes (algodão, amendoim, milho, arroz, soja, canola). Ácidos graxos saturados = quando têm apenas ligações simples entre os átomos de carbono, o glicerídeo será uma gordura, sólida à temperatura ambiente. As gorduras são mais abundantes nos animais, servindo como proteção e material de reserva e isolante térmico. Ácidos graxos + glicerol = glicerídeos - acumulado nas células adiposas.

15 Fosfolipídios Além dos ácidos graxos+álcool, são lipídios unidos a um grupo fosfato, dai o seu nome; abundantes no tecido nervoso e nas membranas plasmáticas. A molécula de fosfolipídio lembra um palito de fósforo. As membranas biológicas são formadas por fosfolipídios organizados em duas camadas, nas quais se incrustam moléculas de certas proteínas. Cerídeos (Ceras) - são moléculas resultantes da união do ácido graxo e um álcool. Neste caso, o álcool não é o glicerol e sim, um álcool de cadeia mais longa (mais longa que o glicerol).Aqui se enquadram as ceras. As ceras impermeabilizam as superfícies de folhas, frutos e pétalas. Servem, assim, como um dos mecanismos para evitar a perda de água.

16 Esteróides São ésteres formados pela união de ácidos graxos com álcool de cadeia fechada, denominados esterol. Formam um grupo bem diferente dos outros dois na estrutura química. Alguns esteróides participam da estrutura das membranas das células, enquanto, outra como hormônios. O colesterol é um exemplo de esteróides, ele é produzido no fígado. HDL= bom de 50; LDL=ruim130 a 160, total=200 a 240. O excesso de colesterol, no entanto, pode ser nocivo à saúde, pois ele pode se acumular na parede interna dos vasos sanguíneos, endurecendo-a e diminuindo a eficiência da passagem do sangue. O colesterol é encontrado em alimentos de origem animal, pois os vegetais não produzem essa substância.Dentre os esteróides produzidos pelos vegetais, pode-se citar o ergosterol, abundante especialmente no centeio. Essa substância, sob a ação dos raios ultravioleta do sol, transforma-se em vitamina D, que evita o raquitismo. O BOM - HDL – REMOVE O EXCESSO DE COLESTEROL DAS CÉLULAS. O RUIM - LDL – FORNECE COLESTEROL AOS TECIDOS.


Carregar ppt "CITOQUÍMICA Composição química dos seres vivos. COMPONENTES QUÍMICOS RELACIONADOS COM O METABOLISMO CELULAR COMPONENTESANIMAISVEGETAIS INORGÂNICAS ÁGUA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google