A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS BIOLOGIA – Yes, we can! Prof. Thiago Moraes Lima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS BIOLOGIA – Yes, we can! Prof. Thiago Moraes Lima."— Transcrição da apresentação:

1 SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS BIOLOGIA – Yes, we can! Prof. Thiago Moraes Lima

2 REVISÃO NERVOSA!!! SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS

3 É o componente celular mais abundante. ÁGUA e SAIS MINERAIS Substâncias Inorgânicas Substâncias Inorgânicas: ÁGUA =

4 Substâncias Inorgânicas: ÁGUA Compõe aproximadamente de 50% a 95% da massa dos seres vivos – quanto mais jovem o organismo, maior a taxa de água; Solvente universal – grandes partes das reações químicas do metabolismo celular ocorre na sua presença; Atua como regulador térmico e como lubrificante nas articulações; Apresenta a propriedade da capilaridade – consegue elevar-se dentro de tubos finos.

5 Água Apresenta grande importância sob o ponto de vista biológico devido às suas propriedades físico-químicas: Calor específico - muito alto, atua no equilíbrio da temperatura dentro da célula, impedindo mudanças bruscas de temperatura, que afetam o metabolismo celular. Poder de dissolução - muito grande. É, por isso, considerada o solvente universal. Essa propriedade é muito importante, pois todas as reações químicas celulares ocorrem em solução. Além disso, a água é importante meio de transporte de substâncias dentro e fora das células. Tensão superficial - grande. Moléculas com cargas aderem fortemente às moléculas de água, o que permite a manutenção da estabilidade coloidal. Vídeo: Jesus Christ Lizard

6 Principais: Potássio (Contração muscular) Fósforo (Ossos, dentes) Ferro (Transporte de O 2 ) Enxofre ( Proteínas) Sódio (Impulso nervoso) Magnésio ( Coenzimas) Substâncias Inorgânicas:SAIS MINERAIS

7 Substâncias Inorgânicas: SAIS MINERAIS - presentes na forma de íons, dentro e fora das células. Potássio (k + ) e Sódio (Na + ) – Promovem o equilíbrio osmótico entre a célula e o meio extracelular. Fosfatos – Compõem as moléculas de adenosina trifosfato (ATP). Ferro (Fe 2+ ) – Compõe as moléculas de hemoglobina. Magnésio (Mg 3+ ) – Compõe as moléculas de clorofila. Cálcio (Ca 2+ ) – Compõe os ossos, auxilia na coagulação sanguínea e na contração muscular. Cloro (Cl - ) e carbonatos – Promovem o equilíbrio ácido-básico do organismo.

8 Substâncias Orgânicas Substâncias Orgânicas (possuem o carbono como elemento principal): carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos e vitaminas. Glicídios (Carboidratos ou Açúcares). Para muitos carboidratos, a fórmula geral é: C n H 2n O n, daí o nome "carboidrato", ou "hidratos de carbono. Ampla variedade de funções: Fonte e reserva de energia. Estrutural. Matéria prima para a biossíntese de outras biomoléculas.

9 Substâncias Orgânicas Glicídios. Monossacarídeos: São os carboidratos mais simples, dos quais derivam todas as outras classes. De 3 a 7 carbonos (trioses, tetroses, pentoses, hexoses e heptoses). Exemplos: Glicose, Frutose, Galactose, Ribose e Desoxirribose. Glicose. Frutose.

10 Glicídios Oligossacarídeos. São formados a partir da ligação de 2 ou mais monossacarídeos, através das Ligações Glicosídicas. Sua fórmula geral C 12 H 22 O 11. Principais são os Dissacarídeos Exemplos: Maltose, Sacarose e Lactose.

11 Glicídios Polissacarídeos. São formados por inúmeros monossacarídeos. Insolúveis em água DISSACARÍDEOSCONSTITUINTESPAPEL BIOLÓGICOFONTE AMIDO ± GlicosesReserva energética Raízes, caules e sementes CELULOSE ± Glicoses Reserva energética Parede celular das células vegetais GLICOGÊNIO ± Glicoses Reserva energética Células do fígado e músculo

12 Glicídios AMIDO Produzidos na fotossíntese dos vegetais. Armazenados nas raízes e caules. Principal fonte de alimento dos seres vivos Fécula de mandioca, amido de mandioca ou polvilho

13 Glicídios CELULOSE Principal componente da parede celular. Não é digerida pelos humanos. Célula vegetal

14 Glicídios GLICOGÊNIO Reserva energética dos animais (= amido das plantas). Absorção da glicose do sangue – união para formação do glicogênio – armazenamento fígado e músculos. Falta de glicose = canibalismo muscular.

15 Glicídios QUITINA Polissacarídeo complexo (C,H,O e N) Forma o exoesqueleto dos artrópodes e células dos fungos. Função estrutural (rígido e insolúvel)

16 LIPÍDIOS Lipos (gordura); idion (de natureza) = Natureza gordurosa. C, H, O + Ácidos graxos + álcool. Insolúveis em água. Solúveis em solventes orgânicos (álcool, acetona, éter e clorofórmio) Divididos em glicerídeos, cerídeos, fosfolipídeos e esteroides.

17 Lipídios Método de lipoaspiração – Retirada da gordura

18 Lipídios GLICERÍDEOS Formado por glicerol (álcool) e de 1 a 3 moléculas de ácidos graxos.

19 Lipídios GLICERÍDEOS São divididos em: Óleos: Origem vegetal. Líquidos na temperatura ambiente. Função energética, protetora e impermeabilizante. Gorduras: Origem animal. Sólidos na temperatura ambiente. Função energética e isolante térmica.

20 Lipídios GLICERÍDEOS

21 Lipídios GLICERÍDEOS Gorduras Insaturadas Com ligação dupla Gorduras Saturadas Com ligação simples

22

23 Lipídios CERÍDEOS Conhecidos por ceras

24 Lipídios FOSFOLIPÍDEOS Apresentam álcool, ácido, fosfato e molécula nitrogenada

25 Lipídios ESTEROIDES Compreende os hormônios sexuais e o colesterol COLESTEROL Não dissolve em água. Produzido no fígado ou ingerido na alimentação (carnes, ovo,). Necessário, porém em excesso se acumula nas artérias.

26 (Low Density Lipoproteins ou LDL): acredita-se que são a classe maléfica ao ser humano, por serem capazes de transportar o colesterol do fígado até as células de vários outros tecidos, acredita-se ter ações danosas (formação deplacas de gorduras – arterosclerose nos vasos sanguíneos). (High Density Lipoproteins ou HDL): acredita-se que são capazes de absorver os cristais de colesterol, que começam a ser depositados nas paredes arteriais (retardando o processo arterosclerótico). Lipídios ESTEROIDES COLESTEROL:

27 Lipídios ESTEROIDES HORMÔNIOS SEXUAIS Características primárias – Nascimento (órgãos genitais). Características secundárias – Na puberdade (ação dos hormônios sexuais Testosterona e Estrogênios

28 Lipídios

29 ESTEROIDES O PERIGO DOS ANABOLIZANTES: Hormônios sintéticos; Aumentam a síntese de proteínas nos músculos Reduz 85% a produção de testosterona nos testículos = testículo atrofiado Cessa o crescimento, câncer de fígado, hepatite, aumenta pressão arterial e + risco de ataque cardíaco. Mudança de comportamento (+ agressivo, depressão e irritabilidade) Desequilibra o ciclo hormonal e mulher + masculinizada

30 Lipídios ESTEROIDES O PERIGO DOS ANABOLIZANTES:

31 DIET ou LIGHT?! DIET – Restrição TOTAL de uma substância. Ex: Sugar Free, sem glúten. LIGHT – Diminuição de alguma substância. Ex: 25% menos sal, redução de gordura, redução de açúcar. CALCULANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPOREA (IMC) IMC = PESO (ALTURA)²

32 2/4/ :24Xuxu o seu Professor!32


Carregar ppt "SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS BIOLOGIA – Yes, we can! Prof. Thiago Moraes Lima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google