A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Isabel Soares, CEF.UP/FEP Vítor Marques, ERSE IV SISEE 24-25 de Agosto 2009 A ORGANIZAÇÃO DOS MERCADOS SPOT DE ENERGIA ELÉCTRICA: O DEBATE CONTINUA Isabel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Isabel Soares, CEF.UP/FEP Vítor Marques, ERSE IV SISEE 24-25 de Agosto 2009 A ORGANIZAÇÃO DOS MERCADOS SPOT DE ENERGIA ELÉCTRICA: O DEBATE CONTINUA Isabel."— Transcrição da apresentação:

1 Isabel Soares, CEF.UP/FEP Vítor Marques, ERSE IV SISEE de Agosto 2009 A ORGANIZAÇÃO DOS MERCADOS SPOT DE ENERGIA ELÉCTRICA: O DEBATE CONTINUA Isabel Soares, CEF.UP/FEP1

2 Sumário I.O desenho do mercado spot : Uniform Pricing X Pay-as-Bid. II.Porquê a controvérsia no caso da energia eléctrica? III. O Mercado Ibérico: resultados de pesquisa ( V. Marques, I. Soares, A. Fortunato) I.O Mercado Ibérico: resultados de pesquisa ( V. Marques, I. Soares, A. Fortunato) Isabel Soares, CEF.UP/FEP 2

3 1.O DESENHO DE MERCADO DO MERCADO SPOT Isabel Soares, CEF.UP/FEP3 Multi-unidades: número de passos admissíveis Formato das Ofertas (bids) Curtas (horárias) Longas (uma única para todo o dia) Duração das Ofertas (bids) Preço Uniforme/único (Uniform Price Auction - UPA) Pay-as-Bid Auctions( - PABA (Preço discriminatório/ Preços Ofertados) Regra de Determinação do Preço

4 1.O DESENHO DE MERCADO DO MERCADO SPOT De forma geral, há consenso: Nem teórica nem empiricamente há evidência da superioridade de um sistema relativamente ao outro. Ambos são normalmente usados nos mercados financeiros e noutros mercados e estão bem cobertos pela literatura económica. Isabel Soares, CEF.UP/FEP4

5 Desenho do mercado spot: Porquê a controvérsia no mercado de energia eléctrica, apesar do UPA ser o preferido? Desenho dos mercados atacadistas de electricidade não é consensual. Mercado spot de electricidade pode ser considerado como: Um mercado com restricções de capacidade, em que a determinação do preço depende de estratégias quantitativas. Isabel Soares, CEF.UP/FEP5

6 Desenho do mercado spot: Porquê a controvérsia …? UPA: é o gerador que vender a quantidade marginal, que define o preço marginal do sistema. Este é pago a todas as ofertas (feitas pelos produtores) aceites. PABA: a energia vendida pelos produtores é paga ao preço das suas ofertas (lances) Num mercado PABA competitivo: todos os produtores receberiam os seus custos marginais de longo prazo. Isabel Soares, CEF.UP/FEP6

7 Desenho do mercado spot: Porquê a controvérsia …? UPA: as ofertas (lances) podem reflectir custos marginais de c.p. Horas de vazio e half peak : os preços das ofertas das unidades de base pode mesmo ser mais baixa que os seus custos marginais porque esses geradores apenas querem garantir o seu despacho porque: já sabem que o preço marginal do sistema vai cobrir seus custos marginais de curto e longo prazo. Isabel Soares, CEF.UP/FEP7

8 UPA: fundamentação teórica e argumentos a favor Origem Estes mercados basearam-se na teoria do preço spot (spot pricing theory, (Caramanis, 1982)). Regra O preço marginal definido pela tecnologia marginal com um custo fixo reduzido cobre os custos fixos e variáveis das restantes centrais. Qualquer aumento repentino dos preços atrairá novos investimentos. Resultados Eficiência económica, tanto no curto, como no médio praz. Princípios Estes foram os princípios que sustentaram a criação dos mercados de preços únicos (Uniform Price Auction, UPA). Consequências Não haveria espaço para estratégias anti-competitivas. 8Isabel Soares, CEF.UP/FEP

9 UPA X PABA nos mercados spot de Electricidade Nos mercados PABA, os produtores são pagos consoante o preço ao qual oferecem a sua produção. Aparentemente: Para o mesmo preço marginal do sistema, os rendimentos dos produtores num mercado UPA (áreas AMARELA E VERDE) seriam superiores aos dos produtores num mercado PABA (área VERDE). 9Isabel Soares, CEF.UP/FEP

10 Desenho de Mercado Spot… Contudo, não é bem assim porque: PABA pode fazer subir preços porque produtores tem que propor preços (das suas ofertas em leilão ) seus custos marginais de curto prazo, para cobrir custos fixos PORTANTO: suas ofertas estariam próximas do nível que esperavam para o preço marginal do sistema (mercado). Isabel Soares, CEF.UP/FEP10

11 Desenho de Mercado Spot: Porquê a controvérsia …? ARGUMENTOS a favor do UPA: O PABA provocaria no mercado um EFEITO ALISAMENTO: – os produtores têm de aumentar os seus preços acima dos custos marginais de curto prazo para cobrir os seus custos fixos, aproximando as suas ofertas das suas expectativas para o preço marginal de curto prazo. Isabel Soares, CEF.UP/FEP11

12 Desenho do mercado spot de Electricidade: Porquê a controvérsia…? PORÉM : efeito alisamento teria consequências anti-competitivas : Alteração da ordem de mérito: Produtores mais eficientes aumentam o mark-up e os produtores menos eficientes produzem mais. Desincentiva novos investimentos e aumenta barreiras à entrada: São necessários conhecimentos e economias de escala para se preverem os preços marginais do sistema. Isabel Soares, CEF.UP/FEP12

13 Contudo parece que não é absolutamente consensual estes defeitos imputados ao sistema PABA : Algumas experiências (NETTA - Inglaterra e Gales, Itália decisão oficial) e vários trabalhos empíricos não apresentam resultados conclusivos quanto à maior ou menor eficiência dos mercados UPA face aos mercados PABA: Fabra, 2003 e Fabra et all 2007; Kemplerer, Holmberg, 2005 Federico e Tahman, 2003 Rassenti, 2003 Marques, Soares, Fortunato, 2008 e Isabel Soares, CEF.UP/FEP13

14 DE FACTO… Num mercado do tipo UPA, estratégias anti-competitivas podem ser desenvolvidas sem aumentar o mark-up: Como a procura é inelástica, a retirada de capacidade pelos produtores aumenta o preço de mercado e o rendimento. 14Isabel Soares, CEF.UP/FEP

15 UPA… Mas, é quase impossível provar que a retirada de capacidade resulta de estratégias anti- competitivas (Wolak, 2001): Maior dificuldade em provar estratégias anti- competitivas no UPA, do que no PABA. PORQUÊ? O efeito do retirada das quantidades aumenta quando a procura se aproxima da capacidade máxima instalada, porque: Isabel Soares, CEF.UP/FEP15

16 COMPORTAMENTO ESPERADO Tendo em conta que o efeito do retirada das quantidades aumenta ao longo da curva da oferta, porque: e, estas estratégias são expectáveis: – Nas horas de ponta, quando a retirada de quantidades (nomeadamente quando a capacidade é quase utilizada) pode levar a picos de preços: Mais facilmente detectáveis pelos reguladores. – Nas horas cheias, quando a retirada de capacidade obriga a que que tecnologias mais caras (ou mesmo marginais) satisfaçam procura: Menos detectável. Nas horas de vazio, com curva de oferta mais lisa, as vantagens são mínimas. 16Isabel Soares, CEF.UP/FEP

17 Mercado de preços únicos (UPA) Este tipo de estratégia é parecido com a estratégia de Cournot : – Os produtores diminuem as quantidades para aumentarem os preços. Mesmo considerando os mercados de preços únicos como mercados com jogos de Bertrand, (Armostrong et al, 1994): – Modelo de Kreps e Sheikman (Kreps e Scheinkman, 1983): Numa indústria com restrições de capacidade, se a procura residual for definida com a regra do racionamento eficiente, desenvolve-se um jogo de duas etapas, na qual na primeira define-se a capacidade e na segunda o preço : O resultado é semelhante ao jogo de Cournot. Quando a procura residual não for definida através da regra do racionamento eficiente, mas, por exemplo, através da regra proporcional (mercados eléctricos), o preço de mercado é maior ou igual ao do equilíbrio de Cournot (Tirole, 1988). 17Isabel Soares, CEF.UP/FEP

18 Recordando o Oligopólio… Raramente se observa uma concorrência de preços muito intensa nas indústrias com um reduzido número de empresas. Quando as empresas têm a mesma estrutura de custos, a concorrência em preços conduz os preços para o nível dos custos unitários e as empresas ganham lucros nulos. Assim, o resultado do equilíbrio na industria é independente do número de empresas: P=Cmg mesmo com apenas duas empresas. Isabel Soares, CEF.UP/FEP18

19 Isabel Soares, CEF.UP/FEP19 P>Cmg pode ocorrer com concorrência em preços se: houver diferenciação de produto a procura flutuar de uma forma aleatória se o jogo se repetir indefinidamente Nos modelos de Bertrand e Cournot : diferentes tipos de estruturas conduzem a diferentes equilíbrios de mercado em termos de preços e quantidades. Quando alteramos as variáveis estratégicas preços quantidades as empresas passam lucros nulos lucros positivos. Num jogo estático não há qualquer correspondência entre Bertrand e Cournot.

20 O Mercado Ibérico: resultados de pesquisa Em mercados UPA, tais como o mercado ibérico, podem ser desenvolvidos estratégias anti-competitivas baseadas na retirada de capacidade para aumentar os preços. Estas estratégias são naturalmente desenvolvidas porque: 1)Os mercados spot são jogos dinâmicos nos quais os agentes conhecem as curvas de ofertas dos concorrentes (Puller (2007)). 1)A curva de oferta é côncava face aos custos marginais. 1)O mercado é quase inelástico. 1)Os principais produtores possuem centrais de ponta e de base.. 20Isabel Soares, CEF.UP/FEP

21 21 Assim, nos UPA existem fortes argumentos para que os agentes desenvolvam estratégias dominantes, nomeadamente face aos PABA. Deste modo, as necessidades de monitorização por parte dos reguladores deverão ser menores nos PABA. ………….

22 Esperando não ter sido demasiado controversa…OBRIGADA PELA VOSSA ATENÇÃO! Isabel Soares, CEF.UP/FEP22


Carregar ppt "Isabel Soares, CEF.UP/FEP Vítor Marques, ERSE IV SISEE 24-25 de Agosto 2009 A ORGANIZAÇÃO DOS MERCADOS SPOT DE ENERGIA ELÉCTRICA: O DEBATE CONTINUA Isabel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google