A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A BOVESPA E O MERCADO DE AÇÕES. Sistema Financeiro Conjunto de instituições dedicadas a manter um fluxo de recursos dos poupadores para o investimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A BOVESPA E O MERCADO DE AÇÕES. Sistema Financeiro Conjunto de instituições dedicadas a manter um fluxo de recursos dos poupadores para o investimento."— Transcrição da apresentação:

1 A BOVESPA E O MERCADO DE AÇÕES

2 Sistema Financeiro Conjunto de instituições dedicadas a manter um fluxo de recursos dos poupadores para o investimento das empresas e gastos das famílias Mercado bancário: crédito e financiamento bancos comerciais são intermediários das operações Mercado de capitais emissão e negociação de títulos corretoras, distribuidoras e bancos de investimento

3 O que se negocia no mercado de capitais? São considerados valores mobiliários emitidos por companhias abertas: Ações: títulos nominativos, negociáveis, representativos de propriedade de uma fração do capital social de uma sociedade por ações Debêntures: títulos nominativos, negociáveis, representativos de dívida de médio/longo prazos contraída pela companhia

4 O que são ações? Quem tem ações de uma empresa participa do capital da empresa Ações Ordinárias direito a voto opinar sobre as atividades da companhia Ações Preferenciais preferência na distribuição dos lucros se por três anos consecutivos não houver a distribuição dos lucros, as ações preferenciais ganham o direito a voto

5 O Mercado de Capitais no Mundo Nos Estados Unidos, uma parcela expressiva da população tem ações Existem não só investidores individuais, como também organizados em: Clubes de Investimentos Fundos de Investimentos Fundos de Pensão dos mais diversos formatos Na Europa, as privatizações foram realizadas de forma pulverizada. O resultado: Fortalecimento do mercado de capitais Mais transparência nas empresas privatizadas Maior eficiência na economia

6 Mercado Primário X Mercado Secundário Mercado primário: captação de recursos para a empresa abertura de capital documentação legal e contábil registros na CVM e na Bolsa colocação dos papéis e repasse dos recursos para a companhia Mercado Secundário: troca a propriedade do título proporciona liquidez aos títulos e incentiva o mercado primário

7 MERCADO PRIMÁRIO : quem vende as ações é a companhia, usando os recursos para se financiar. Mercado Primário UNDERWRITER (colocador) Corretora de Valores Distribuidora de Valores Banco de Investimentos

8 MERCADO SECUNDÁRIO : o vendedor é um investidor que se desfaz das ações para reaver o seu dinheiro, trocando a propriedade das ações Mercado Secundário

9 As empresas brasileiras na Bolsa O que todas estas empresas têm em comum?

10 As empresas brasileiras na Bolsa Você pode ser sócio delas

11 Empresas que captaram recursos em 2004/2005

12 (*) Aberturas de capital

13 Porque elas abriram o capital? Buscar recursos para o crescimento da empresa Melhorar sua estrutura de capital (ou financeira) Adequação do endividamento redução do custo do capital Proporcionar liquidez patrimonial aos atuais sócios Fortalecer sua imagem institucional

14 Ações x FGTS (Petrobras ON) INVESTIMENTO DO FGTS EM AÇÕES DA PETROBRAS ON Período: 17/08/2000 a 03/01/2006 Rentabilidade PETR ON: 517,13% Rentabilidade FGTS: 36,07% Valorização para um investimento inicial de R$1.000,00: PETR = R$6.711,17 (equivalente a TR + 39% a/a) FGTS = R$1.360,75 (equivalente a TR + 3% a/a)

15 Ações x FGTS (VALE ON) INVESTIMENTO DO FGTS EM AÇÕES DA VALE ON Período: de 21/03/2002 a 03/01/2006 Rentabilidade VALE ON: 536,47% Rentabilidade FGTS: 25,29% Valorização para um investimento inicial de R$1.000,00: VALE ON = R$6.364,71 (equivalente a TR + 58% a/a) FGTS = R$1.252,93 (equivalente a TR + 3% a/a)

16 Carteira Teórica – Ibrx-50 1ª Emissão 26 mil investidores pessoa física 80, 43% de rentabilidade no período (25/07/2004 a 03/01/2006) 2ª Emissão 40,5 mil investidores pessoa física 22,39% de rentabilidade no período (19/10/2005 a 03/01/2006)

17 Organização Criada em 1890 Instituição sem fins lucrativos Organização auto-reguladora sob a supervisão da Comissão de Valores Mobiliários - CVM Pertencente às sociedades corretoras Conselho de Administração com representantes dos investidores, das corretoras e das empresas Patrimônio: R$ 555 milhões

18 Papel da bolsa de valores Sistema de negociação sistema eletrônico Transparência preços e quantidades negociadas são públicas equalização do nível de informação Formação de Preços proporciona melhor formação de preços Fiscalização regras para negociação fiscalização dos negócios realizados Liquidação atividade de clearing associada à negociação

19 Índice Bovespa IBOVESPA - ÍNDICE BOVESPA 80% do volume total dos negócios índice de preços ponderado pela participação em termos de negócios/ volume no mercado à vista de cada ação

20 Formas de Negociação Terminais nas Corretoras Membros Home Broker

21 O que é Home Broker? Facilitando o acesso ao Mercado Home Brokers sites das corretoras interligados aos sistemas da BOVESPA permitem que o investidor envie, automaticamente, ordens de compra e venda de ações.

22 Participação dos investidores no volume total 2005 Pessoas Físicas 27% Institucionais 28% Estrangeiros 28% Empresas 2% Instituições Financeiras 12% Clubes de Investimento 3%

23 Novo Mercado e Níveis de Governança Corporativa MAIS TRANSPARÊNCIA. MAIS RESPEITO AO ACIONISTA. MAIS TRANSPARÊNCIA. MAIS RESPEITO AO ACIONISTA.

24 Novo Mercado Transparência e Respeito ao acionista Novo Mercado Só ações ON Realização de ofertas públicas que favoreçam a dispersão do capital Free float - manutenção em circulação de uma par-cela mínima de ações representando 25% do capital Câmara de arbitragem Nível 2 Empresa e controladores adotam um conjunto bem mais amplo de práticas de governança corporativa e de direitos adicionais para os acionistas minoritários. Nível 1 Melhoria na prestação de informações ao mercado e dispersão acionária.

25 CORRETORA CADASTRO ?? ?? NEGOCIAÇÃO CBLC GUARDA DAS AÇÕES ordem Como comprar ações

26 O que são as Corretoras Para comprar e vender ações, é necessário ser cliente de uma Corretora de Valores; Corretoras de Valores são instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central e pela CVM. Somente as Corretoras de Valores estão habilitadas, entre outras atividades, a negociar valores mobiliários com exclusividade no pregão eletrônico da BOVESPA.

27 Qual o papel das Corretoras? As corretoras possuem profissionais especializados em análise de mercado, de setores da economia e de cias. Através das Corretoras de Valores, o investidor está sempre orientado sobre as tendências e oportunidades do mercado, alcançando melhores resultados.

28 O que é um Clube de Investimento É uma aplicação financeira criada por um grupo de pessoas que desejam investir seu dinheiro em ações. Eles podem ser criados por empregados ou contratados da mesma empresa ou ainda por um grupo de amigos (colegas da faculdade, vizinhos, parentes etc.). Pessoas com objetivos semelhantes e que respeitem a decisão da maioria.

29 Como criar um Clube de Investimento Para criar um Clube de Investimento você precisa de uma Corretora de Valores Membro da BOVESPA. A Carteira de Ações do Clube pode ser administrada por uma Corretora de Valores, pelos Membros do Clube ou de forma compartilhada; Grupo: mínimo de 3 e máximo de 150 pessoas.

30 INDICADORES

31 FONTE: COAUD/BOVESPA

32 INDICADORES

33

34 FONTE: DPS

35 RESPONSABILIDADE SOCIAL Empresas e Instituições não devem visar apenas o lucro. Têm a obrigação de reverter benefícios para a sociedade

36 Bolsa de Valores Sociais O QUE É? A Bolsa de Valores Sociais (BVS) é a reprodução do ambiente de bolsa de valores. Ao invés de Cias Abertas, são listados projetos sociais de Ongs de todo o país. As Membros da BOVESPA se transformam em Corretoras Sociais. Quem aplica se torna Investidor Social Resultado: Lucro Social

37 Bolsa de Valores Sociais Para participar, o interessado acessa o ou entra em contato com uma Corretora de Valores da BOVESPA. A aplicação dos recursos também pode ser acompanhada pelo site.

38 A importância do Mercado de Ações para a economia, para a sociedade Quem compra ações Faz o melhor investimento de longo prazo Fornece capital para que as empresas possam aumentar a produção Gera empregos Participa e contribui para o desenvolvimento econômico

39 Procure uma Corretora Bovespa Para clubes de investimento Ligue Ombudsman


Carregar ppt "A BOVESPA E O MERCADO DE AÇÕES. Sistema Financeiro Conjunto de instituições dedicadas a manter um fluxo de recursos dos poupadores para o investimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google