A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Seminário Regional da Cooperação Brasil-Itália sobre Desenvolvimento Local e Regional PROJETOS ORIENTADOS PARA RESULTADOS Araraquara-SP 23.06.2005.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Seminário Regional da Cooperação Brasil-Itália sobre Desenvolvimento Local e Regional PROJETOS ORIENTADOS PARA RESULTADOS Araraquara-SP 23.06.2005."— Transcrição da apresentação:

1 Seminário Regional da Cooperação Brasil-Itália sobre Desenvolvimento Local e Regional PROJETOS ORIENTADOS PARA RESULTADOS Araraquara-SP

2 GEOR – Gestão Orientada para Resultados A Gestão Estratégica Orientada para Resultados no SEBRAE está apoiada em quatro pilares: (1) direcionamento para os beneficiários; (2) foco em resultados finalísticos; (3) adensamento da visão estratégica; e (4) intensidade, prontidão e proximidade da ação gerencial, visando o seguinte objetivo: Alavancar, a curto prazo, a capacidade do Sistema SEBRAE e seus parceiros produzirem e medirem benefícios relevantes para a sociedade e para as micro e pequenas empresas.

3 GEOR – Gestão Orientada para Resultados Etapas do ciclo de elaboração e gestão de projetos orientados para resultados: 1. Etapa de estruturação e contratualização que tem por escopo o planejamento e a organização do projeto mediante a integração de recursos e ações do SEBRAE e parceiros, e pactuação formal de compromissos e resultados;

4 GEOR – Gestão Orientada para Resultados 2. Etapa de gerenciamento que visa transformar as intenções planejadas e pactuadas em ações e resultados reais; 3. Etapa de monitoramento que compreende a coleta e interpretação sistemática de informações sobre a execução do projeto e a efetivação de medidas corretivas ou preventivas; e 4. Etapa de avaliação voltada para verificar se os resultados finalísticos estão sendo alcançados.

5 GEOR – Gestão Orientada para Resultados No nível estratégico, esta abordagem: proporciona maior clareza e visibilidade e amplia a capacidade do SEBRAE demonstrar resultados para a sociedade, beneficiários, parceiros, governos e órgãos de controle externo; assegura maior transparência à atuação da instituição; acentua as possibilidades de transformação da estratégia institucional em resultados concretos; fortalece a integração entre planejamento, alocação de recursos, execução, monitoramento e avaliação.

6 GEOR – Gestão Orientada para Resultados No nível tático, a gestão orientada para resultados: direciona para resultados o esforço das diversas áreas da organização, através de ações integradas; amplia as capacidade de supervisão e controle, na medida em que impõe a mensuração dos resultados, das ações e dos custos; e torna bastante explícitos os compromissos e as responsabilidades; estimula a convergência das parcerias internas e externas para uma agenda concreta de resultados e ações pactuadas.

7 GEOR – Gestão Orientada para Resultados E no nível operacional: amplia a capacidade de resposta do SEBRAE, na medida em que propicia ganhos expressivos de foco nas demandas locais e melhoria nos índices de implementação; melhora a interlocução das equipes locais com os demais níveis da organização; e

8 GEOR – Gestão Orientada para Resultados estimula a valorização e empoderamento dos gerentes de projeto e demais profissionais envolvidos; permite a formulação de projetos que nascem e respondem à demanda local.

9 GEOR – Gestão Orientada para Resultados

10 Acesso ao SIGEOR – Sistema de Gestão Orientada para Resultados do SEBRAE Anibal Sales Bastos – Consultor Sebrae Nacional – (61) Unidade de Agronegócios – UAGRO


Carregar ppt "Seminário Regional da Cooperação Brasil-Itália sobre Desenvolvimento Local e Regional PROJETOS ORIENTADOS PARA RESULTADOS Araraquara-SP 23.06.2005."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google