A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atratividade do Brasil: avanços e desafios Fórum de Atratividade BRAiN Brasil São Paulo, 03 de junho de 2011 Luciano Coutinho Presidente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atratividade do Brasil: avanços e desafios Fórum de Atratividade BRAiN Brasil São Paulo, 03 de junho de 2011 Luciano Coutinho Presidente."— Transcrição da apresentação:

1 Atratividade do Brasil: avanços e desafios Fórum de Atratividade BRAiN Brasil São Paulo, 03 de junho de 2011 Luciano Coutinho Presidente

2 2 O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia brasileira continuará crescendo firmemente nos próximos anos, o que gerará grandes oportunidades de investimento; O mercado interno viabilizará a expansão da demanda: consumo básico das famílias, habitação e duráveis; O investimento será dinamizado por cinco grandes vetores: petróleo e gás, energia elétrica, logística, construção habitacional e agronegócios; Grandes desafios: i) aumentar a taxa agregada de investimento / PIB, e ii) viabilizar o avanço competitivo da indústria manufatureira.

3 3 Brasil voltou a crescer a taxas expressivas, acima da média mundial Brasil: Taxas de Crescimento do PIB ( % ) Fonte: Ministério da Fazenda. *estimativa

4 4 Mercado interno é o grande motor do crescimento brasileiro... Fonte: IBGE Elaboração: Ministério da Fazenda Decomposição do Crescimento do PIB (% a.a.)

5 5... graças à redução do desemprego... Fonte: IBGE Taxa de desemprego (% a.a.)

6 6... elevação do rendimento do trabalhador... Fonte: IBGE Massa salarial real efetiva dos trabalhadores ocupados – Média dos últimos 12 meses – R$ bilhões

7 7... expansão do crédito para as pessoas físicas... Fonte: IBGE Evolução do crédito para pessoa física – Índice – Base jan/07=100

8 8 Variação acumulada entre 2001 e 2009 Fonte: Desigualdade de Renda na década, FGV/CPS, e melhora na distribuição de renda Na última década, houve redução relevante nas desigualdades sociais...

9 9 Variação acumulada entre 2001 e 2009 Fonte: Desigualdade de Renda na década, FGV/CPS, e regionais.

10 10 Fonte: BCB O governo está comprometido com o combate à inflação Expectativas de mercado – FOCUS – IPCA (mediana) Medidas macroprudenciais e corte de despesas públicas; Aumentos da Taxa de Juros Selic.

11 11 Finanças públicas saudáveis Fonte: Ministério da Fazenda. *estimativa Resultado Nominal (% PIB)

12 12 O investimento mantém trajetória de crescimento Projeções da taxa de investimento (% do PIB) Fonte: IBGE e APE/BNDES.

13 13 Perspectivas do investimento: expectativas positivas Fonte: APE/BNDES Petróleo e Gás e o Mercado Interno comandam os Investimentos na Indústria Petróleo e Gás e o Mercado Interno comandam os Investimentos na Indústria Energia Elétrica comanda os investimentos na Infraestrutura Energia Elétrica comanda os investimentos na Infraestrutura Investimentos em saneamento e logística crescerão a taxas expressivas Investimentos em saneamento e logística crescerão a taxas expressivas

14 14 Pré-sal - Grande oportunidade para o Brasil: demanda crescente e de longo prazo para uma cadeia complexa de bens e serviços; O setor de P&G representará 14,1% da FBCF em Pré-sal e impacto dos investimentos da Petrobrás na cadeia produtiva ( ) BNDES apoiará investimentos em toda a cadeia produtiva de P&G, visando a construção de um fornecedor competitivo e global de bens e serviços associados a P&G Investimentos totais representam 15% do pré-sal. Por isso, esses impactos estão subestimados e têm grande espaço para crescimento. Fonte: Petrobrás, IBGE and APE/BNDES.

15 15 Fonte: Ministério da Fazenda Desafios para o setor de infraestrutura Programa de aceleração do crescimento 2

16 16 Necessidade de expansão frequente da capacidade de geração; Diversificação da matriz energética. Entre 2010 e 2013, as fontes alternativas incrementarão o potencial gerador em MW. Destaque para os projetos de biomassa e os parques eólicos; Projetos hidroelétricos – Capacidade de geração MW MW Destaque: Santo Antônio e Jirau Destaque: Belo Monte e Tapajós De acordo com o BNDES, entre 2011 e 2014 serão investidos R$ 139 bilhões em energia elétrica para superar os gargalos. Fonte: MME. Plano Decenal de Expansão de Energia Desafios para o setor de infraestrutura Investimentos em energia

17 17 O PAC da Mobilidade Urbana vai executar 51 projetos nas cidades da Copa: BRT (Bus Rapid Transit); VLT (Veículo leve sobre trilhos); Expansão de metrôs; Outras obras viárias. Desafios para o setor de infraestrutura Investimentos em mobilidade urbana

18 18 Fonte: McKinsey e Company Desafios para o setor de infraestrutura Investimentos em aeroportos

19 19 Segundo o Ministérios dos Esportes, os impactos econômicos potenciais da Copa do Mundo podem chegar a R$ 183,2 bilhões, sendo R$ 47,5 bi (26%) diretos e R$ 135,7 bi (74%) indiretos : Investimentos em serviços hoteleiros: R$ 2 bilhões ; Investimentos em TICs: R$ 20 bilhões a R$ 30 bilhões na expansão da banda larga; Novos estádios e reformas em já existentes demandarão investimentos em torno de R$ 6,3 bilhões. Os investimentos necessários para a realização das Olimpíadas 2016 são estimados em R$ 12,5 bilhões. Esse número, porém, será revisado em Os investimentos incluem: Despoluição da Baía de Guanabara; Acomodações e instalações esportivas; Segurança; Tecnologia e transporte. Desafios para o setor de infraestrutura Investimentos em hotéis, TICs e estádios Fonte: Portal da Transparência.

20 20 Fonte: BNDES. *acumulado em 12 meses até abril Desembolsos e aprovações se estabilizaram em níveis elevados Desembolsos e aprovações do BNDES - R$ bilhões

21 21 Novas medidas para estimular o crédito de longo prazo para a infraestrutura Incentivos tributários para a emissão primária e negociação de título privados de longo prazo; Diversas medidas sob a coordenação do BNDES: Aquisição de debêntures em ofertas de emissão primárias; Participação complementar no Fundo de Liquidez para Títulos Privados; Emissão de Letras Financeiras; Aluguel de carteira de títulos do BNDES para instituições privadas que desejam atuar como formadores de mercado, para ajudar na formação de um mercado secundário; Elaboração e difusão de indexadores adequados ao financiamento de longo prazo; Acordo de cooperação técnica com a BM&F Bovespa.

22 22 Desafios de longo prazo para o Brasil Avanço persistente da criação de oportunidades de ascensão social (expansão do emprego, ampliação/ melhoria da educação) e da redução das desigualdades de renda; Necessidade de aperfeiçoar e qualificar o planejamento de longo prazo (energia, logística, meio-ambiente, infraestrutura das TI,...) e de coordenar ações; Desenvolvimento da capacidade de inovar e competir da indústria manufatureira e de sua presença internacional; Incentivo à inovação com viés pró-sustentabilidade regional e sócio-ambiental; Aumento da poupança nacional e impulso ao desenvolvimento de fundos de longo prazo para o investimento (bancos e mercado de capitais).

23 23


Carregar ppt "Atratividade do Brasil: avanços e desafios Fórum de Atratividade BRAiN Brasil São Paulo, 03 de junho de 2011 Luciano Coutinho Presidente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google