A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vitória, ES – 13 de maio de 2009 Atuação do SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais Seminário de Arranjos Produtivos Locais – APL Gerando desenvolvimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vitória, ES – 13 de maio de 2009 Atuação do SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais Seminário de Arranjos Produtivos Locais – APL Gerando desenvolvimento."— Transcrição da apresentação:

1 Vitória, ES – 13 de maio de 2009 Atuação do SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais Seminário de Arranjos Produtivos Locais – APL Gerando desenvolvimento em cada canto do Espírito Santo

2 Atuação do Sistema SEBRAE em APL Antecedentes da Ação em APL Definição de APL Gestão Estratégica Orientada para Resultados O caso do APL de Móveis de Ubá - MG Apresentação

3 Antecedentes da Ação em APL Redirecionamento Estratégico – 1999 Desenvolvimento Local e Setorial Projeto SEBRAE / PROMOS / BID – 2000 Projeto Espelhos do Mundo – 2001 Prioridade Arranjos Produtivos Locais

4 Evolução da abordagem do empreendedor para o ambiente da empresa para o território do global para o local e vice-versa setor/território - individual/coletivo

5 Grupo de Empresas Não especializa- do Compartilha -mento pontual de objetivo Algumas ações conjuntas pontuais Núcleos Setoriais Especializa- do Comparti- lhamento de objetivos Ações conjuntas Visão de futuro Encadeamento GR/MPE Hierarquia Uso do poder de compra Desenvolv. de fornecedores Desenvolv. de distribuidores Desenvolv. de clientes estratégicos Integração agro- industrial Rede de Empresas Horizontal Marca comum Ações conjuntas Atendimen- to a padrões de qualidade Arranjos Produtivos Locais Concentra- ção de empresas especializa- das Interação e cooperação Aprendiza- gem coletiva Presença de múltiplos atores Troca de experiências Complemen- taridades Cooperação técnica Fortaleci- mento dos elos da cadeia produtiva Rede de APL Cadeias Produtivas Território Abordagens Coletivas Formas de Organização Franquias Especializada Hierarquia Licenciam. de Marca Padrão de gestão, produtos e processos Promoção conjunta Compartilha- mento de objetivos Visão de futuro

6 Antecedentes da Ação em APL Redirecionamento Estratégico – 1999 Desenvolvimento Local e Setorial Projeto SEBRAE / PROMOS / BID – 2000 Projeto Espelhos do Mundo – 2001 Prioridade Arranjos Produtivos Locais

7 Unidade de Desenvolvimento Setorial Atuar no desenvolvimento de setores, cadeias e arranjos produtivos locais, com expressiva presença de MPE, visando sua inserção competitiva no mercado, superando gargalos em sua estrutura produtiva, organizacional e relacional. Objetivo

8 Antecedentes da Ação em APL Redirecionamento Estratégico – 1999 Desenvolvimento Local e Setorial Projeto SEBRAE / PROMOS / BID – 2000 Projeto Espelhos do Mundo – 2001 Prioridade Arranjos Produtivos Locais

9 Projeto PROMOS/BID/SEBRAE OBJETIVOS Promover o desenvolvimento de setores e regiões, em estágios diferentes de amadurecimento: - emergente - em consolidação - consolidado no modelo italiano de Distrito Industrial

10 Projeto PROMOS/BID/SEBRAE

11 Antecedentes da Ação em APL Projeto SEBRAE / PROMOS / BID Projeto Espelhos do Mundo Prioridade Arranjos Produtivos Locais Redirecionamento Estratégico – 1999 Desenvolvimento Local e Setorial

12 Projeto Espelhos do Mundo Objetivo Aprofundar o conhecimento sobre o modelo de desenvolvimento da Terceira Itália. Entrevistas com especialistas, autoridades governamentais, empresários para identificar os fatores de sucesso de 12 Distritos Industriais da Lombardia, Veneto, Toscana e Emilia Romana. Variáveis Universais: Cooperação; Ambiente Inovativo; Aprendizagem Coletiva; Conhecimento do Negócio, Especialização Produtiva; Competitividade

13 Antecedentes da Ação em APL Projeto SEBRAE / PROMOS / BID Projeto Espelhos do Mundo Prioridade Arranjos Produtivos Locais Redirecionamento Estratégico – 1999 Desenvolvimento Local e Setorial

14 O Termo de Referência foi construído em 2002/2003, com apoio da RedeSist e é a base da atuação do Sistema SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais

15 Arranjos Produtivos Locais são aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva e mantém vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem, entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. Definição de APL

16 Atuação em APL Promover a cultura da cooperação e o aprendizado coletivo Promover processos de geração, aquisição e difusão do conhecimento Estimular a construção e o fortalecimento de governança local Estimular a construção e fortalecimento de identidade local Construir parcerias em âmbito nacional, regional e local

17 Gestão Estratégica Orientada para Resultados - GEOR PILARES: Direcionamento para clientes Foco em resultados Adensamento da visão estratégica Intensidade e proximidade da ação gerencial

18 APL DE MÓVEIS DE UBÁ

19 Localizado na Zona da Mata Mineira Móveis residenciais seriados 320 empresas Predominância de MPE Principais mercados Sudeste e Nordeste

20 APL DE MÓVEIS DE UBÁ PRODER Capacitação de Fornecedores GEOR Mensurações e Avaliações Transferência da Coordenação Fonte: SIGEOR

21

22 Participação em ações do Projeto das Indústrias Moveleiras do APL em Ubá

23 Elevar em 03 % o número de clientes ativos até dez/2007, em 07% até dez/2008 e 10 % até dez/2009 Em relação a 2006, verificou-se uma evolução em 2007 de 12,2%, e de 17,0% em 2008.

24 Aumentar o número de novos empregos na indústria de móveis em 03% até dez de 2007, em 06% até dez de 2008 e em 07% até dez de Em relação a 2006, verificou-se uma aumento de 10,9% em 2007, e de 19,8% em 2008.

25 Reduzir o prazo médio de entrega a partir do pedido até a entrega ao cliente em 10% até dez/2007, em 15% até dez/2008 e 20% até dez/2009. Em relação a 2006, verificou-se uma aumento de 0,9% em 2007, e uma redução de 5,6% em 2008.

26 Outros Resultados Criação do Núcleo de Design Mostra Ubá Móveis de Minas FEMUR Plantio de Eucalipto Promoção comercial – mostra de móveis Logística Redirecionamento estratégico

27 A estrutura do APL se apresenta segmentada, necessitando de atuações mais estratégicas Pólo Moveleiro de Ubá e Região Móveis de Madeira Residenciais Retilíneos de madeira maciça Retilíneos de madeira maciça conjugada com aglomerada Móveis para escritórios Sob encomenda Seriados avulsos Móveis de metal

28 Lições Aprendidas Alianças estratégicas entre os distintos atores Conhecimento do ambiente do arranjo produtivo Intervenção integral de apoio orientada para a demanda das empresas Metas e objetivos comuns a todos os atores envolvidos no projeto Monitoramento das ações e avaliação dos resultados A experiência do Sebrae indica que os projetos para dinamizar a competitividade e o crescimento de arranjos produtivos devem contemplar:

29 Obrigado por sua atenção!


Carregar ppt "Vitória, ES – 13 de maio de 2009 Atuação do SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais Seminário de Arranjos Produtivos Locais – APL Gerando desenvolvimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google